especial de inverno

Atrações de esportes e natureza nas serras do Rio

De trilhas na mata a esportes de aventura, passeios para quem busca por adrenalina

Por: Thaís Meinicke - Atualizado em

Galpão Caipira
Passeios de bicicleta no Galpão Caipira, no Vale das Videiras (Foto: Felipe Fittipaldi)

2. TRILHA DA PEDRA DO CÃO SENTADO

Principal atração de Nova Friburgo, a formação natural com 111 metros de altura ganhou esse nome por se assemelhar a um cãoem posição de guarda. Para chegar ao mirante mais próximo, os turistas devem percorrer o trajeto de nível leve, de 35 minutos, que passa por grutas e cavernas (9 reais a entrada). RJ 116, km 91,2, Furnas do Catete, Nova Friburgo, ☎ (22) 2527-2571.

3. RAPEL NO POÇO AVENTURA

Após uma caminhada de dez minutos, chega-se ao ponto de descida, um paredão de 25 metros de altura com visual exuberante da Mata Atlântica, em Lumiar. Ideal para iniciantes devido ao fácil acesso, a atividade pode ser feita por pessoas a partir de 12 anos (60 reais). ☎ (22) 98131-6768 e www.lumiaraventura.com.br.

4. BRINCANDO DE TARZAN

Os turistas que querem contato com a natureza podem se esbaldar no canopy, uma espécie de arvorismo com tirolesas e pontes que interligam grandes árvores na floresta nos arredores de Friburgo. O passeio custa 80 reais por pessoa e é permitido a partir dos 6 anos. ☎ (22) 98131-6768 e www.lumiaraventura.com.br.

5. CAMINHADAS NO MEIO DO MATO

Adeptos de programas mais leves, mas que garantam contato com a natureza, têm boas opções de passeio por Lumiar. Pelo menos três roteiros de trilhas estão à disposição dos interessados: Grota Funta, Serra Queimada e Cabana (a partir de 45 reais por pessoa). ☎ (22) 98131-6768 e www.lumiaraventura.com.br.

6. CAVALGADAS NA FLORESTA

Partindo da Pousada Recanto da Serra, os visitantes podem fazer passeios a cavalo de até três dias pela mata, passando pelo Parque Nacional de Itatiaia e arredores. É preciso ter disposição para encarar até oito horas de montaria por dia. Os pacotes custam a partir de 450 reais, com cavalo e guia inclusos. ☎ (24) 3387-1498 e www.maua recantodaserra.com.br.

7. AVENTURA SOBRE RODAS

A região de Visconde de Mauá tem vários pontos que alugam veículos para aventuras. Na Pousada Santa Clara, ☎(24) 3387-1275 e www.pousadasantaclaramaua.com.br, o aluguel da moto sai por 50 reais (por 1h30), enquanto o do quadriciclo custa 70 reais (a hora). Para passeio de jipe, procure o Guia Valdeci, ☎ 9340-3178 e (24) 3387-1469, que realiza programas para grupos (70 reais por pessoa), passando por cinco cachoeiras.

8. PARAÍSO DOS ALPINISTAS

Excelente escolha para escaladas, o Parque Nacional da Serra dos Órgãos conta com alguns dos mais desafiadores percursos do país, a exemplo da via Dedo de Deus, com 1 692 metros de altitude. O próprio parque (14 reais a entrada) tem guias credenciados, que estão relacionados no site. www.parnaso.tur.br.

9. TRAVESSIA  PETRÓPOLIS-TERESÓPOLIS

Para os mais bem dispostos adeptos do trekking, existe uma trilha dentro do Parque Nacional da Serra dos Órgãos que liga as duas cidades.A distância de 30 quilômetros pode ser percorrida em até três dias de subidas e descidas pela parte alta das montanhas (a partir de 76 reais com dois pernoites). No trajeto há dois abrigos e áreas de camping, onde é possível alugar barracas. www.parnaso.tur.br.

10. NO TOPO DA PEDRA DO SINO

Bela atividade para os visitantes bem preparados, a trilha de 11 quilômetros leva ao ponto culminante da Serra dos Órgãos, com mais de 2 000 metros de altura. Lá de cima, a vista alcança toda a Baía de Guanabara, a cidade do Rio de Janeiro e parte do Vale do Paraíba. As duas cachoeiras no caminho são boas opções de parada. O parque oferece pacotes com e sem pernoite (a partir de 56 reais e 36 reais, respectivamente). www.parnaso.tur.br.

11. PEDALADAS NA MONTANHA

A região do Vale das Videiras conta com um vasto circuito ecoturístico para adeptos do ciclismo. No Galpão Caipira, é possível alugar bicicletas e escolher entre roteiros variados, com distâncias entre 13 e 56 quilômetros (a partir de 50 reais). O local tem ainda loja de móveis, spa com massagens relaxantes, delicatessen com produtos típicos e restaurante para que os aventureiros recuperem a energia e descansem após a atividade. Estrada Almirante Paula Meira, 8320, Vale das Videiras, ☎ (24) 2225-3072. www.ogalpaocaipira.com.br.

12. PASSEIO PELO TÚNEL

Iluminado por lampiões antigos, o Túnel que Chora foi construído em 1880 para o escoamento da produção de café. Dele também foram extraídas por escravos as pedras utilizadas no calçamento da cidade. Possui, em seu interior, uma nascente de água pura chamada Fonte da Saudade. Rua das Flores, s/nº, Conservatória.

13. MIRANTE DO CRISTO

Localizado próximo à chegada de Petrópolis, é um bom ponto para contemplação da natureza, com uma bela vista panorâmica da serrae da cidade do Rio. O monumento original foi inaugurado em 1941. BR-040, km 39,5, Petrópolis.

14. TIRO, CORRIDA E TINTA

Sucesso entre os visitantes mais animados, a atividade promete muita adrenalina aos participantes. O pacote no Itaipava Paintball é fechado para grupos de quatro a dez integrantes, que são divididos em dois times. A brincadeira custa 40 reais por pessoa. Estrada do Catobira,100, Itaipava, ☎ (24) 2221-3111.

15. CORREDEIRAS ABAIXO

O Rio Paraibuna nasce na Serra da Mantiqueira, a 1 180 metros de altitude e, após 172 quilômetros de percurso, deságua no Rio Paraíba do Sul próximo a Três Rios. Os últimos 20 quilômetros são ideais para a prática do rafting, com um trecho de grande volume de água e dezessete corredeiras (120 reais por pessoa). Clube Campestre, Três Rios, ☎(21) 3217-6421. www.tuaregrafting.com.br.

16. UM CASTELO PARA CHAMAR DE SEU

A trilha de fácil acesso para o Morro Castelinho, em Petrópolis, é boa opção para uma caminhada mais leve. O nome se deve à curiosa formação rochosa do cume, que lembra um castelo de pedras e de onde se descortina o visual do Rio de Janeiro e da Baía de Guanabara, além das montanhas do entorno. Guia Luciano Mateiro ☎ (24) 99902-7885.

♦ 5 CACHOEIRAS IMPERDIVEIS PARA APRECIAR E RELAXAR

Véu da Noiva Itatiaia
Cachoeira do Véu da Noiva, no Parque Nacional do Itatiaia (Foto: Divulgação)

17. ANDORINHAS

Com uma queda-d’água de 15 metros e cercada pela rica vegetação da Mata Atlântica, está localizada no Parque Nacional da Serra dos Órgãos, que tem a maior rede de trilhas do país (14 reais a entrada no parque). Também é usada para a prática de rapel e tirolesa. Estrada do Bonfim, s/nº,Petrópolis, ☎ (21) 2152-1100. www.parnaso.tur.br.

18. SERRINHA DO ALAMBARI

Como no local ficam as nascentes dos rios Alambari, Santo Antônio e Pirapitinga, há vários poços e cachoeiras, como a Esmeralda e a do Escorrega. Entre os meses de agosto e outubro, milhares de borboletas colorem ainda mais as trilhas nas matas. RJ 163, km 15, Resende.

19. FRADES

A queda de 10 metros de altura forma uma piscina natural, de água límpida e perfeita para o banho (gelado!). em seu entorno há um grande gramado, onde os visitantes aproveitam para tomar sol e as crianças podem brincar à vontade. Próximo à atração, também é possível fazer caminhadas e escaladas. RJ 130, km 19,Teresópolis.

20. ALCANTILADO

É uma sequência com nove quedas-d’água, lindas e perfeitas para um mergulho sem pressa nos dias mais quentes. O percurso, por dentro de uma propriedade particular (14 reais a entrada), tem 1,5 km, mas em cinco minutos de caminhada já é possível chegar à primeira cachoeira. Estrada Mauá–Maringá,Visconde de Mauá. www.cachoeirasdoalcantilado.com.br.

21. VÉU DA NOIVA

Com 40 metros de queda, tem poço natural de águas transparentes, perfeito para apreciar a paisagem e se refrescar depois da trilha, que leva 15 minutos (14 reais a entrada no parque). Estrada Parque Nacional, km 8,5, Itatiaia, ☎ (24) 3352-1292.

Fonte: VEJA RIO