TEATRO

Sonhos de um Sedutor

George Sauma e Luana Piovani dividem o palco na peça de Woody Allen, em cartaz no Teatro Ipanema

Por: Rafael Teixeira - Atualizado em

AVALIAÇÃO ✪✪✪✪

Matheus Cabral/divulgaçÃo
(Foto: Redação Veja rio)

Inicialmente escrito para o teatro por Woody Allen, Play It Again, Sam (no original) estreou em 1969, com o próprio autor como Allan Felix, o crítico de cinema abandonado pela mulher que se apaixona pela namorada do melhor amigo. Três anos depois, ele voltaria ao papel na versão da peça para o cinema. Como tantos personagens da lavra de Allen, este também é seu alter ego: inseguro, hipocondríaco, sem jeito com as mulheres, mas dono de inteligência privilegiada e humor peculiar. O que poderia ser uma armadilha vira um deleite nas mãos de George Sauma, estrela da montagem dirigida com competência por Ernesto Piccolo. Em vez de optar pela solução fácil (e temerária) de emular a interpretação de Allen, o ator molda seu próprio Allan Felix, preservando a essência de seu criador. O restante do elenco também se mostra afiado: Heitor Martinez, dividindo-se entre os papéis do melhor amigo e de Humphrey Bogart (o galã aparece para dar conselhos amorosos a Allan), Luana Piovani, como a moça por quem o protagonista se apaixona, e Georgiana Góes, impagável na pele de várias mulheres que cruzam sua vida. Diversão garantida (75min). Livre. Estreou em 24/10/2013.

Teatro Ipanema (222 lugares). Rua Prudente de Morais, 824, Ipanema, ☎ 2267-3750. → Quinta a sábado, 21h; domingo, 20h. R$ 50,00. Bilheteria: a partir das 15h (qui. a dom.). Até 15 de dezembro.

Fonte: VEJA RIO