TEATRO

Um programa atraente

Com treze atrizes em cena, Sarau das P..., em cartaz no Teatro Poeira, vale-se da prostituição para falar da condição da mulher

Por: Rafael Teixeira - Atualizado em

COTAÇÃO ✪✪✪

Thiago Ristow/divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Entre setembro e novembro de 2012, o diretor Ivan Sugahara coordenou um projeto de residência artística no Teatro Poeira. Em conjunto com treze atrizes, dedicou-se a pesquisas em torno da prostituição. O que era para ser apenas um workshop deu origem a Sarau das P..., em cartaz no próprio Poeira. Sugahara assina a montagem ao lado de Renata Miz­rahi e Vitor Barbarisi. Todas as atrizes que participaram da experiência inicial estão no elenco, vivendo prostitutas, com direito a cenas de nudez e palavreado chulo. A rigor, não existe uma ação dramática convencional. Em vez de apresentar uma história única, a encenação se divide em treze monólogos ? há humor rasgado, drama pungente e, por vezes, um tom poético. Com um tema já exaustivamente abordado em mãos, o espetáculo por vezes traz uma sensação de déjà vu. Passam pelo palco garotas de programa indefectíveis: a estudante de uma universidade cara, a mulher entrando na meia-idade, em crise com a rejeição de seu amante, a moça ingênua que parece não perceber o efeito que sua profissão causará na família do noivo. O mérito da peça está na forma como seu discurso sobre a prostituição se revela um artifício para falar da condição da mulher. O desempenho das atrizes também conta pontos a favor. O time de meninas: Carol Garcia, Carolina Ferman, Gisela de Castro, Juliana Terra, Laila Garin, Laura Limp, Lívia Paiva, Nara Parolini, Nathália Mello, Renata Guida, Rita Fischer, Rose Lima e Tatyane Meyer (120min, com intervalo). 18 anos. Estreou em 27/3/2013.

Teatro Poeira (150 lugares). Rua São João Batista, 104, Botafogo, ☎ 2537-8053. → Terça e quarta, 20h. R$ 40,00. Bilheteria: a partir das 15h (ter. e qua.). IC. Até dia 29.

Fonte: VEJA RIO