TEATRO

Duas vezes Clarice Lispector

Obra da escritora inspira espetáculos em cartaz na cidade

Por: Rafael Teixeira - Atualizado em

Adriano bastos/divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Nascida na Ucrânia e naturalizada brasileira, a escritora Clarice Lispector (1920-1977) é uma das campeãs de citações nas redes sociais ? assina, inclusive, o que jamais disse ou escreveu. Sua obra serve a propósitos mais elevados em duas produções em cartaz na cidade. Na peça Prazer, no CCBB, os mineiros da companhia Luna Lunera partiram de um fragmento do romance Uma Aprendizagem ou o Livro dos Prazeres (1969) para criar dramaturgia inédita. Atração no Parque das Ruínas, o monólogo Silêncios Claros leva a atriz Ester Jablonski a encarnar quatro mulheres, personagens dos contos O Grande Passeio, Uma Galinha, A Fuga e Uma Tarde Plena.

Prazer (105min). 16 anos. Estreou em 11/4/2013. Centro Cultural Banco do Brasil - Teatro I (175 lugares). Rua Primeiro de Março, 66, Centro, ☎ 3808-2020. Quarta a domingo, 19h. R$ 6,00. Bilheteria: a partir das 10h (qua. a dom.). Até 2 de junho.

Silêncios Claros (50min). 12 anos. Estreou em 29/3/2013. Centro Cultural Municipal Parque das Ruínas (50 lugares). Rua Murtinho Nobre, 169, Santa Teresa, ☎ 2224-3922 e 2215-0621. Sexta a domingo, 21h. R$ 20,00. Bilheteria: a partir das 20h (sex. a dom.). Até 26 de maio.

Fonte: VEJA RIO