ARTE IMITA A VIDA

Episódio real inspira comédia Os Intolerantes

Ação dos chamados "justiceiros", que acorrentaram menor a um poste no início de 2014, está na base do texto

Por: Rafael Teixeira

AVALIAÇÃO ✪✪    

Os Intolerantes
Ivone, Juliana, Eder, Day e Celso: intolerância (Foto: Flavia Fafias/Divulgação)

No início do ano, o episódio em que um grupo de chamados “justiceiros” acorrentou um menor infrator a um poste mobilizou a cidade. Ainda fresco na memória, o fato inspira Os Intolerantes, comédia de Carla Faour e Henrique Tavares (também diretor). O ponto de partida é o assalto a uma idosa (Ivone Hoffmann) cometido por um rapaz (Eder Martins de Souza). Capturado, ele acaba amarrado a um poste pelo pescoço. Carla Faour (alternando-se com Juliana Guimarães), Celso Taddei, Leandro Santanna, Day Mesquita e Sergio Abreu vivem personagens que, de alguma forma, se envolvem com o acontecimento, revelando suas contradições de caráter no processo. Em que pese a pertinência da discussão sobre a hipocrisia da sociedade, o texto não avança muito além de uma exposição de tipos, paradoxalmente chapados em sua dubiedade. Estão lá, por exemplo, a indefectível progressista que, na verdade, não tolera a opinião alheia e a velhinha fofa que defende a ditadura. A montagem investe em uma pegada de crescente surrealismo, o que, de certa forma, evoca o absurdo dos nossos dias (80min). 14 anos. Estreou em 30/10/2014.

Centro Cultural Banco do Brasil — Teatro I(175 lugares). Rua Primeiro de Março, 66, Centro, ☎ 3808-2020. → Quarta a domingo, 19h. R$ 10,00. Bilheteria: a partir das 10h (qua. a dom.). Até o dia 21.

+ Confira outras peças em cartaz na cidade

Fonte: VEJA RIO