TEATRO

Jim Morrison em horário nobre

Performance de Eriberto Leão como Jim Morrison leva a peça ao horário mais valorizado do Teatro do Leblon

Por: Rafael Teixeira - Atualizado em

Guilherme Forton/divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Projeto pessoal do ator Eriberto Leão, Jim estreou no início de julho, concebido a princípio para enfrentar uma temporada modesta: ocupava a Sala Tônia Carrero, no Teatro do Leblon, às terças e quartas. Ancorado na arrebatadora performance de Leão como Jim Morrison (1943-1971), líder da banda americana The Doors, o musical foi prorrogado duas vezes, depois de conquistar público e crítica. Agora, pertence à nata da programação do mesmo teatro, com sessões de quinta a sábado, às 21h, e no domingo, às 20h. Na peça escrita por Walter Daguerre e dirigida por Paulo de Moraes, Leão se divide entre os papéis de Morrison e de um obcecado fã do cantor. Diante do túmulo do ídolo, ele propõe uma espécie de acerto de contas. Renata Guida completa o elenco enxuto da montagem, que passa por hits como Light My Fire, Riders on the Storm e The End.

Fonte: VEJA RIO