INTERCÂMBIO TEATRAL

Festival Dois Pontos começa na sexta (13)

Nesta nova rodada de intercâmbio artístico, de sexta (13) até o dia 29, seis espaços da cidade receberão onze espetáculos, oito argentinos e os restantes coisas nossas

Por: Rafael Teixeira

Melancolia y Manifestaciones
Melancolía y Manifestaciones: a peça é escrita e dirigida pela argentina Lola Arias (à esq.), também no elenco (Foto: Divulgação)

Dois anos depois de sua primeira edição, quando os pontos que dão nome ao evento foram representados por Brasil e Portugal, o festival troca o país europeu pela vizinha Argentina. Nesta nova rodada de intercâmbio artístico, de sexta (13) até o dia 29, seis espaços da cidade receberão onze espetáculos, oito dos hermanos (dois deles estreias mundiais) e os restantes coisas nossas. O primeiro dia já reserva um dos destaques: Melancolía y Manifestaciones (70min, 14 anos), de Lola Arias, nome incensado no teatro contemporâneo argentino. Com sessão marcada para as20h30 no Teatro Ipanema — além de sábado (14), no mesmo horário, e domingo (15), às 20h —, a encenação é autobiográfica: a dramaturgia foi criada pela própria Lola a partir de sua convivência com a mãe, diagnosticada com depressão no mesmo ano de 1976 em que nasceu a filha. Acompanhada por um músico, a autora e diretora também está em cena, narrando históriasque são interpretadas por atores com pelo menos 70 anos de idade. No sábado (14) e no domingo (15), às 20h, no Teatro Maria Clara Machado, a também argentina Companhia Sombras de Arena encena Bambolenat (60min, 14 anos), que combina atores, sombras e música executada ao vivo. Único espetáculo de dança na grade, Mordedores (50min, 14 anos), de Marcela Levi e Lucia Russo, é a atração brasileira inaugural, com sessões programadas para sábado (14), às 21h, e domingo (15), às 20h, no Espaço Cultural Sérgio Porto. Uma mostra de esquetes,quatro shows e oficinas completama extensa lista de atrações.

+ Confira a programação completa

Fonte: VEJA RIO