CENAS DE UM CASAMENTO

As Bodas de Fígaro ganha versão abrasileirada

Músicas que embalam a ópera de Mozart inspirada na comédia francesa têm arranjos com pegada nacional

Por: Rafael Teixeira

As Bodas de Fígaro
Carol Garcia e Leandro Castilho: na Casa de Cultura Laura Alvim (Foto: Paula Kossatz)

Criados do conde e da condessa de Almaviva (Ernani Moraes e Solange Badim, respectivamente), Fígaro (Leandro Castilho) e Suzana (Carol Garcia) estão em via de se casar. Mas o noivo está preocupado: segundo a tradição, o patrão tem direito a uma primeira noite com as empregadas antes que elas se entreguem ao marido. As confusões deflagradas a partir daí compõem a trama de As Bodas de Fígaro, comédia musical com estreia programada para sábado (22). Dirigida por Daniel Herz, a montagem bebe em duas fontes: a peça escrita pelo francês Pierre-Augustin Caron de Beaumarchais no fim do século XVIII e as músicas da ópera homônima de Mozart, inspirada no texto. Aqui, porém, sob direção musical do próprio Castilho, as melodias do compositor austríaco ganham tintas brasileiras (120min). 12 anos.

Casa de Cultura Laura Alvim — Teatro (245 lugares). Avenida Vieira Souto, 176, Ipanema, ☎ 2332-2015. → Sexta e sábado, 21h; domingo, 20h. R$ 40,00. Bilheteria: a partir das 16h (sex. a dom.). CI. Até 8 de fevereiro de 2015. Estreia prometida para sábado (22).     

+ Confira outras peças em cartaz na cidade

Fonte: VEJA RIO