TEATRO

Uma peça feita com o coração

Problema cardíaco serviu de inspiração para comédia em cartaz no Teatro Maison de France

Por: Rafael Teixeira - Atualizado em

Beti Niemeyer/divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Há três anos, o autor e diretor Flavio Marinho enfrentou um grave problema cardíaco: um entupimento da artéria coronária esquerda, conhecida entre os especialistas como widow-maker (algo como ?criadora de viúvas?). A difícil experiência serviu de inspiração para Academia do Coração, comédia em cartaz no Teatro Maison de France que ele assina e dirige. A história se passa numa clínica de medicina esportiva, frequentada por alunos meio pessimistas em relação à vida (Cristina Pereira, Ernani Moraes e Sandro Christopher), um professor de educação física (Renato Reston) e comandada por uma médica durona (Bia Nunnes). O clima muda quando chega um novo paciente, o jovem Lucas (Arlindo Lopes). ?Transformar a dor em humor depende da forma como você encara as coisas. O riso sempre pode nascer da tristeza?, diz Marinho.

Fonte: VEJA RIO