SHOWS

Zubin Mehta e Filarmônica de Israel

Conhecido pela excelência de seu naipe de cordas, o conjunto se apresenta no Theatro Municipal no sábado (17)

Por: Lais Botelho - Atualizado em

Pietro Cinotti/divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Fundada em 1936, a Filarmônica de Israel foi conduzida pelo lendário regente italiano Arturo Toscanini (1867-1957) em seu concerto de estreia. Outro grande nome das batutas, o maestro indiano Zubin Mehta assumiu o posto vitalício de diretor artístico em 1969 e levou a orquestra ao primeiro time da cena erudita internacional. Conhecido pela excelência de seu naipe de cordas, o conjunto se apresenta no Theatro Municipal no sábado (17), às 21h, sob o comando de Mehta. O programa da noite, que terá a renda da bilheteria revertida para projetos sociais, compreende a Sinfonia Nº 40 em Sol Menor, K. 550, de Mozart, e a Sinfonia No 5 em Dó Sustenido Menor, de Gustav Mahler, reconhecida por sua sofisticada escrita contrapontística.

Theatro Municipal do Rio de Janeiro (2?244 lugares). Praça Marechal Floriano, s/nº, Centro, ☎ 2332-9191, ? Cinelândia. Sábado (17), 21h. R$ 60,00 (galeria) a R$ 500,00 (balcão nobre e plateia). Bilheteria: 10h/18h (seg. a sex.); a partir das 10h (sáb.).

Um brasileiro: em 2011, o paulista Elieser Ribeiro disputou com outros dezessete trompetistas uma vaga na Filarmônica de Israel. Aprovado, ele se apresenta com a orquestra pela primeira vez no Brasil

Fonte: VEJA RIO