SHOWS

Roqueiro setentão

Erasmo Carlos celebra seu aniversário ao lado de Roberto Carlos e Marisa Monte

Por: Rafael Sento Sé - Atualizado em

Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Lançado em 2009, Rock?n?Roll marcou o retorno de Erasmo Carlos ao gênero que o consagrou e foi um de seus trabalhos mais bem-sucedidos nos últimos anos. Com ele, o músico conquistou o Prêmio da Música Brasileira de melhor disco de rock e recebeu indicação ao Grammy latino na categoria de melhor álbum brasileiro de rock. Depois de dois anos na estrada e de oitenta shows pelo país, o Tremendão encerra a turnê em grande estilo no Theatro Municipal, no sábado (2), e aproveita para comemorar os recém-completados 70 anos de vida.

O espetáculo, que terá a renda revertida para o projeto Criança Esperança, marca o reencontro no palco de Erasmo com Roberto Carlos ? o último dueto aconteceu no show comemorativo de cinquenta anos de carreira do rei, no Maracanã ? e com a cantora Marisa Monte. A festa de arromba traz canções do trabalho novo, como Jogo Sujo e Cover, e sucessos. "A sequência final é apoteótica. Tem É Preciso Saber Viver, Vem Quente, Minha Fama de Mau, É Proibido Fumar e Festa de Arromba", revela o cantor.

Com arranjos para três guitarras, bateria e baixo, esses e outros clássicos ganham ainda mais peso ao vivo. O ídolo não pretende fazer concessões: Sexo, seu próximo disco, já em processo de gravação, segue a mesma linha. "Durante um período flertei com outros gêneros, mas estava com saudade. Tive uma recaída roqueira braba", reconhece.

Erasmo Carlos. 14 anos. Theatro Municipal (2?361 lugares). Praça Floriano, s/nº, Centro, ☎ 2332-9191, ? Cinelândia. Sábado (2), 21h. R$ 60,00 (galeria) a R$ 200,00 (plateia e balcão nobre). Bilheteria: 10h/18h (seg. a sex.); a partir das 15h (sáb.). TT.

Fonte: VEJA RIO