SHOWS

Música, circo e poesia

A banda independente O Teatro Mágico volta ao Circo Voador para encerrar a turnê de Segundo Ato

Por: Rafael Sento Sé - Atualizado em

Vinicius Campos / Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Longe do dial e totalmente independente de gravadoras, O Teatro Mágico acumula números impressionantes. Mesmo com todas as músicas disponíveis para download gratuito, os dois primeiros discos do grupo venderam quase 200?000 cópias. Ao vivo, os fãs vão ao delírio com apresentações que misturam teatro, circo e poesia. Completa a receita o repertório de protesto do cantor, compositor e clown Fernando Anitelli, que volta à cidade com sua trupe de dez músicos para fazer o último espetáculo da turnê de Segundo Ato, na sexta (17), no Circo Voador. A banda paulista é a principal atração do festival Fora do Eixo, que também ocupa o palco do Teatro Rival, no sábado (18), com espetáculos da dupla carioca Letuce e da cantora baiana Érika Martins.

Quem vê o grupo em ação mal pode imaginar que a verve artística de Anitelli nasceu na igreja. "Desde então eu já era independente, participava das bandas da 1ª Igreja Presbiteriana Independente de Osasco", lembra o líder do Teatro Mágico. Hoje um religioso não praticante, Anitelli mudou radicalmente depois que começou a participar de saraus na universidade. Esse é o clima que ele tenta reproduzir em cima do palco. Além de apresentar canções de sucesso do trabalho atual, como Xaneu Nº 5 e Cidadão de Papelão, o grupo antecipa uma das dezessete novas faixas do terceiro disco. "Tem uma batida funk no refrão que vai agradar em cheio ao público carioca. Só quem for ao show vai saber o nome da música nova", despista.

O Teatro Mágico. 18 anos. Circo Voador (2?000 pessoas). Arcos da Lapa, s/nº, Lapa, ☎ 2533-0354. Sexta (17), 23h. R$ 25,00. Bilheteria: 12h/19h (ter. a qui.); a partir de 12h (sex.). IC. www.circovoador.com.br.

Fonte: VEJA RIO