SHOWS

Ao maestro, com carinho

Na Praia de Ipanema, um tributo a Tom Jobim estrelado por Vanessa da Mata tem participação de Caetano Veloso e Eumir Deodato

Por: Rachel Sterman - Atualizado em

Jaqueline Machado/divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

O lugar para uma homenagem a Tom Jobim (1927-1994) não poderia ser mais apropriado: as areias de Ipanema, bairro onde o maestro foi morar com a família, aos 4 anos, e passou boa parte da vida, além de ter sido fonte de inspiração do hino bossa-novista Garota de Ipanema. Na praia, na altura da Rua Paul Redfern, seu repertório será celebrado ao vivo por Vanessa da Mata. Atração do projeto Nivea Viva Tom Jobim, a cantora foi convidada para comemorar os cinquenta anos do primeiro disco-solo do maestro, The Composer of Desafinado Plays, gravado nos Estados Unidos e lançado no Brasil pelo selo Elenco. Em espetáculo sob a direção artística de Kassin, Vanessa interpreta composições arranjadas por Eumir Deo­dato. O experiente instrumentista, que também a acompanha ao piano, entende do riscado: gravou, em 1964, o LP Inútil Paisagem, dedicado à obra de Jobim. Na seleção de 25 músicas, as menos conhecidas Caminhos Cruzados e Correnteza dividem espaço com clássicos como Wave, Sabiá, Eu Sei que Vou Te Amar e Por Causa de Você. Além da participação de Caetano Veloso, sobe ao palco uma superbanda formada por Stephane SanJuan (bateria), Alberto Continentino (contrabaixo), Danilo Andrade (teclado), Guilherme Monteiro (guitarra e violão) e Gustavo Ruiz (guitarra), mais um naipe de oito cordas, entre violinos, violas e celos.

Praia de Ipanema. Avenida Vieira Souto (altura da Rua Paul Redfern), entre os postos 10 e 11. Domingo (9), 17h. Grátis.

Fonte: VEJA RIO