SHOWS

Novo rock carioca

Com letras em inglês e influências que vão do indie aos clássicos, o Tipo Uísque toca no Studio RJ

Por: Rachel Sterman - Atualizado em

Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Em meados de 2009 elas namoravam dois caras da banda carioca R. Sigma. Como não tinham muita vocação para groupies, as tietes no mundo do rock, decidiram criar seu próprio conjunto, só com integrantes femininas. Assim nasceu o Tipo Uísque. Com letras em inglês e um leque de influências, que vão do indie rock a clássicos como Janis Joplin e Led Zeppelin, o grupo vem dando o que falar. Lançou dois EPs, Afague (2011) e o recente Home, pelo selo Slap, celeiro de novos talentos da Som Livre.

Públicos maiores foram alcançados em participações na edição do Lollapalooza em São Paulo, em 2012, e, neste ano, em dois festivais internacionais: o americano Sxsw e o Canadian Music Week. Larissa Conforto, uma das fundadoras, deixou as baquetas há dois meses. A outra dona da ideia, Pin Böner (voz), segue em frente, ao lado de Line Lessa (teclados) e Joana Cid (baixo), da formação original, mais Bianca Godói (bateria) e o penetra masculino Gabriel Salazar (guitarra). É essa a turma que sobe ao palco do Studio RJ na quarta (6).

Ao vivo, ganham novos arranjos If You Go, balada em homenagem ao amigo Rafael Mascarenhas, o filho da atriz Cissa Guimarães morto num estúpido atropelamento em 2010, e todas as cinco músicas do segundo trabalho. ?Essas versões ficaram mais limpas?, diz Line. No repertório também aparecem composições garantidas no primeiro CD, gravado de forma independente e ainda inédito,

a exemplo de Poetry to the Sea, Too Deep, Too Hide e Out Dated.

Tipo Uísque. 18 anos. Studio RJ (300 lugares). Avenida Vieira Souto, 110, 1º andar, Ipanema, ☎ 2523-1204, ? General Osório. Quarta (6), 21h. R$ 30,00. Bilheteria: a partir das 20h (qua.). www.studiorj.org.

Fonte: VEJA RIO