samba da lapa

Teresa Cristina, Pedro Miranda e Semente: da Lapa para o Rio

Egressos do Bar Semente, cantor e cantora prestam homenagem a Vinicius de Moraes e grupo lança primeiro álbum

Por: Rafael Cavalieri

Grupo Semente
Grupo Semente: primeiro CD após 15 anos (Foto: Alfredo Alves)

Dois espetáculos trazem atrações que surgiram juntas no Bar Semente — pioneiro reduto de samba e choro da Lapa. Na segunda (15), Teresa Cristina e Pedro Miranda celebram Vinicius de Moraes na Sala Cecília Meireles. À frente de um quinteto, defendem, juntos, Chega de Saudade (Vinicius e Tom) e Mundo Melhor (Vinicius e Pixinguinha), depois de solos por pérolas como Deixa, parceria do poeta com Baden Powell aos cuidados dele, e Medo de Amar, assinada só por Vinicius e interpretada por ela.

Pedro Miranda Teresa Cristina
Pedro Miranda e Teresa Cristina: parceria nasceu na Lapa (Foto: Divulgação)

Na terça (16), no Teatro Rival, o Grupo Semente, criado há dezesseis anos por Pedro Miranda, entre outros, para acompanhar Teresa Cristina no bar que o batizou, lança seu primeiro CD. Ao vivo, João Callado (cavaquinho), Bernardo Dantas (violão), Mestre Trambique (percussão), Bruno Barreto (voz e pandeiro) e Marcos Esguleba (percussão) vão de Disritmia (Martinho da Vila) a delicados temas instrumentais como Nós e o Luar (João Callado). 16 anos.

Sala Cecilia Meireles (681 lugares). Largo da Lapa, 47, Centro, ☎ 2332-9223. Segunda (15), 20h30. R$ 50,00. Bilheteria: a partir das 12h (seg.). Ingressos, ☎ 4002-0019. IC.

Teatro Rival (458 lugares). Rua Álvaro Alvim, 33, Cinelândia,  ☎ 2240-4469, ↕ Cinelândia. Terça (16), 19h30. R$ 60,00. Bilheteria: 15h/21h (seg.); a partir das 15h (ter.). IC. www.rivalpetrobras.com.br. 

Fonte: VEJA RIO