SHOWS

Um caso de amor

À frente do Trio Corrente, a cantora Stacey Kent mostra ao vivo sua paixão pela cultura brasileira

Por: Rachel Sterman - Atualizado em

Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Quando lançou seu primeiro disco-solo, Close Your Eyes, em 1997, Stacey Kent foi apontada como a nova estrela do jazz contemporâneo. Oito álbuns e muitos prêmios depois, a cantora americana justificou a aposta com sobras. Intérprete de voz suave, investe em um repertório sofisticado e eclético ? no bom sentido. Além dos clássicos de sua terra natal, costuma passear pelo cancioneiro francês e dedica especial atenção a clássicos da MPB. Com as coisas nossas, aliás, a relação é cada vez mais íntima. Apaixonada por música e literatura brasileiras, admiradora da obra de Machado de Assis e Lima Barreto, ela não perde a oportunidade de praticar o português em entrevistas. Ao lado do marido, o saxofonista inglês Jim Tomlinson, aprimora o idioma em aulas com o poeta lusitano António Ladeira. De volta ao Rio, Stacey Kent vai dividir o palco do Citibank Hall, na terça (27), com o marido e o Trio Corrente, formado por Fábio Torres (piano), Paulo Paulelli (baixo) e Edu Ribeiro (bateria).

Criado em 2005, o grupo instrumental paulistano já tocou ao lado de artistas renomados, a exemplo da cantora e violonista Rosa Passos, do saxofonista cubano Paquito D?Rivera e do guitarrista americano Mike Stern. No ano passado, acompanhou Stacey Kent pela primeira vez em uma apresentação da temporada internacional da Associação para Crianças e Adolescentes com Câncer (Tucca), em São Paulo. A tarefa, agora, é defender as faixas de Dreamer in Concert, o primeiro disco ao vivo da estrela americana.

No programa estão previstas versões em francês para canções brasileiras, a exemplo de Samba da Bênção, de Baden Powell e Vinicius de Moraes, e em inglês, caso de Águas de Março e Corcovado, dois hinos de Tom Jobim. Chegou a hora, também, de pôr à prova o aprendizado nas aulas. O público vai ouvir a inédita O Comboio, musicada por Stacey e Tomlinson, com letra composta pelo professor António Ladeira. They Can?t Take That Away from Me e outros standards americanos completam a apresentação.

Stacey Kent. 15 anos. Citibank Hall (1?803 lugares). Avenida Ayrton Senna, 3000 (Shopping Via Parque), Barra, ☎ 4003-5588 (venda de ingressos). → Terça (27), 21h30. R$ 260,00 (cadeira) a R$ 350,00 (camarote). Bilheteria: 12h/20h (seg.); a partir das 12h (ter.). Estac. (R$ 7,00). www.ticketsforfun.com.br. www.citibankhall.com.br.

Fonte: VEJA RIO