SHOWS

Cordas para que te quero

Na oitava edição, o Rio Harp Festival ocupa o mês de maio com apresentações de quarenta harpistas de 26 países

Por: Bruna Talarico - Atualizado em

DIVULGAÇÃO
(Foto: Redação Veja rio)

Fundador e incansável coordenador da série Música no Museu, de concertos gratuitos em centros culturais, Sergio da Costa e Silva criou, em 2006, programação dedicada a um instrumento específico. Bem acolhido pelo público, o Rio Harp Festival chega à oitava edição. Ao longo de maio, a partir de quarta (1º), quarenta harpistas de 26 países apresentam-se em onze cidades brasileiras ? o Rio concentra a maioria das apresentações. São esperados nomes importantes, a exemplo de Ronith Mues, primeira harpista da Orquestra da Alemanha, escalada para sábado (4), às 12h30, no CCBB, e do russo Alexander Boldachev, que toca no mesmo dia e no mesmo espaço, às 20h. O gracioso Atlantic Harp Duo, das americanas Marta Power Luce e Elizabeth Jaxon, tem três datas: a primeira, com programa que inclui Granados e Chopin, acontece no domingo (5), às 18h, no Parque das Ruínas.

Rio Harp Festival. CCBB ? Teatro II (155 lugares). Rua Primeiro de Março, 66, Centro, ☎ 3808-2020. Sábado (4), 12h30 (Ronith Mues) e 20h (Alexander Boldachev). Grátis. Parque das Ruínas (150 lugares). Rua Murtinho Nobre, 169, Santa Teresa, ☎ 2224-3922. Domingo (5), 18h (Atlantic Harp Duo). Grátis.

Fonte: VEJA RIO