SHOWS

Regina Spektor

A cantora e pianista faz sua estreia no Rio com um desfile de hits da curta carreira

Por: Rachel Sterman - Atualizado em

Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Nascida na Rússia em 1980, mas nos Estados Unidos desde os 9 anos, a cantora e compositora desenvolveu um estilo musical bastante particular. Intérprete, pianista e autora de igual talento, ela passeia à vontade por baladas emocionadas e canções gaiatas, sempre com letras de inteligência superior à da média produzida pelo abecedário pop. Em 2006 veio o sucesso, provocado pelo disco Begin to Hope ? mais especificamente pela faixa Fidelity, seu maior hit. No Rio pela primeira vez, ela mostra, na quinta (11), o repertório de What We Saw from the Cheap Seats, seu sexto disco. Na leva mais recente destacam-se Call Them Brothers, gravada com a banda Only Son, do maridão, Jack Dishel; as melancólicas How e Small Town Moon e a animada Don?t Leave Me (Ne Me Quitte Pas). Completam o programa Us, da trilha sonora do filme 500 Dias com Ela (2009), Samsom, Better e The Call. 15 anos.

Citibank Hall (3?093 lugares). Avenida Ayrton Senna, 3000 (Shopping Via Parque), Barra. Informações e vendas, ☎ 4003-5588 (9h/21h seg. a sáb.). Quinta (11), 21h30. R$ 120,00 (cadeira lateral) a R$ 350,00 (cadeira vip e camarote). Bilheteria: 12h/20h (dom. a qua.); a partir das 12h (sex.). TF. www.citibankhall.com.br.

Melhor assim: na primeira visita ao Brasil, Regina apresentou-se ao ar livre, em São Paulo, diante de 50?000 pessoas. O Citibank Hall, fechado e menor, é mais adequado ao seu estilo musical.

O amor é lindo: na hora de cantar a bela Call Them Brothers, Regina chama ao palco o marido, Jack Dishel, para dividir os vocais com ela.

Fonte: VEJA RIO