SHOWS

Orquestra Sinfônica da Rádio da Baviera

A prestigiada orquestra alemã criada em Munique, em 1949, se apresenta no Theatro Municipal no domingo (11)

Por: Lais Botelho - Atualizado em

recomenda-concertos-abre.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

O prestígio da orquestra alemã criada em Munique, em 1949, pode ser avaliado pelos nomes

de alguns dos muitos maestros que já a regeram. Entre os titulares figuram o fundador Eugen Jochun (de 1949 a 1960), sir Colin Davis (1983 a 1992) e Lorin Maazel (1993 a 2002). Também assumiram a batuta, na execução de suas próprias obras, compositores do porte de Stravinsky, Milhaud e Stockhausen. Longa, essa lista inclui ainda convidados, a exemplo de Georg Solti, Claudio Abbado e Seiji Ozawa, além de uma estreita e duradoura colaboração com Leonard Bernstein. Desde 2003 conduzido pelo letão Mariss Jansons, o conjunto se apresenta no Theatro Municipal no domingo (11). Dividido em dois atos, o programa é uma longa viagem através do tempo. Começa por Slonimsky?s Earbox, peça contemporânea de John Adams, inspirada em O Canto do Rouxinol, de Stravinsky, e Don Juan, Op. 20, criação de 1888, do alemão Richard Strauss. Na segunda parte da apresentação, o público vai acompanhar os cinco movimentos da Sinfonia Fantástica, Op. 14, composta por Hector Berlioz em 1830.

Theatro Municipal (2?244 lugares). Praça Marechal Floriano, s/nº, Centro, ☎ 2332-9005 ? Cinelândia. Domingo (11), 18h30. R$ 50,00 (galeria, filas H a K) a R$ 700,00 (plateia e balcão nobre). Bilheteria: 10h/18h (seg. a sáb.); a partir das 10h (dom.). IC.

Fonte: VEJA RIO