SHOWS

Nouvelle Vague

O espetáculo do projeto francês Nouvelle Vague mistura gêneros como new wave, bossa nova e punk rock em clima de cabaré contemporâneo

Por: Rachel Sterman - Atualizado em

Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Um espetáculo do projeto francês comandado pelos produtores Marc Collin e Olivier Libaux vai além da música. O visual retrô dos figurinos, o charme das belas cantoras (que variam, mas continuam belas) e a mistura de gêneros, como new wave, bossa nova e punk rock, criam, ao vivo, o clima de cabaré contemporâneo. Menos de um ano depois de concorrida apresentação no Circo Voador, o Nouvelle Vague volta ao Rio. No Imperator, a trupe vai mostrar o repertório dos discos Bande à Part, 3 e Couleurs sur Paris. Os produtores conceberam um formato acústico, mais intimista, com Liset Alea e Elodie Frege à frente dos microfones, além de Collin (teclados), Tanel Derard (guitarra), Julien Boye (percussão) e o brasileiro Diogo Brown (baixo). Entram na lista versões sexy para os hits Master and Servant, do Depeche Mode, e The American, do Simple Minds. As canções de Couleurs sur Paris são de estrelas francesas contemporâneas, a exemplo de Vanessa Paradis, Soko e Camille, que iniciou sua carreira no grupo. 16 anos.

Centro Cultural João Nogueira ? Imperator (1?500 lugares). Rua Dias da Cruz, 170, Méier, ☎ 3259-1998. Quinta (5), 21h. R$ 100,00. Bilheteria: 13h/20h (ter. e qua.); a partir das 10h (qui.). IC. www.imperator.art.br.

Fonte: VEJA RIO