SHOWS

Nivea Viva o Samba

Marca de cosméticos agora celebra o samba na Praia de Copacabana em show gratuito

Por: Rachel Sterman - Atualizado em

LEO AVERSA/divulgaçÃo
(Foto: Redação Veja rio)

O investimento em marketing e música já rendeu homenagens de Maria Rita à mãe, Elis Regina, e de Vanessa da Mata ao maestro Tom Jobim. No domingo (23), a marca de cosméticos agora celebra o samba na Praia de Copacabana. Sob a direção de Monique Gardenberg, quatro estrelas de diferentes gerações ocupam o palco ao ar livre para, no repertório, enfileirar clássicos do gênero. Diogo Nogueira lembra Poder da Criação, conhecida composição do pai, João Nogueira, e de Paulo César Pinheiro. Roberta Sá empresta toda a sua afinação a Eu Sambo Mesmo, pérola de 1946, assinada por

Janet de Almeida, que ela gravou no disco de estreia. Completando o time, dois craques, Martinho da Vila e Alcione, recorrem a seus respectivos sucessos ? ele vai de Casa de Bamba e ela, de Não Deixe o Samba Morrer (Edson e Aloisio). Para começar, o quarteto entra em cena dividindo A Voz do Morro, de Zé Keti. Além de terem os momentos-solo, os artistas se revezam em duetos que prometem. As meninas ensaiaram Conto de Areia (Toninho e Romildo Bastos), imortalizada na voz de Clara Nunes. Martinho e Diogo Nogueira ainda defendem juntos Sou Eu, composta por Chico Buarque e Ivan Lins para o segundo. Caymmi, Cartola e Noel Rosa são alguns outros grandes autores garantidos no programa, embalado por banda com dezenove músicos.

Praia de Copacabana. Avenida Atlântica (altura da Avenida Princesa Isabel). Domingo (23), 17h. Grátis.

Fonte: VEJA RIO