SHOWS

Letras e música

Marina Lima faz pequena temporada no Teatro Rival para festejar a segunda edição de seu livro de estreia, Maneira de Ser

Por: Rachel Sterman - Atualizado em

Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Em 1987, quando gravou Uma Noite e Meia, a cantora carioca de voz rouca dividiu opiniões: de um lado, a crítica especializada torcia o nariz, acusando vulgaridade na composição; de outro, o público levava a faixa ao topo das paradas de rádio, transformando-a no hino do verão daquele ano. Como resultado, Marina Lima entrou para o rol das estrelas do pop rock nacional. Três décadas e dezenove discos depois, ela resolveu reunir memórias, histórias, poemas, letras e cifras no livro Maneira de Ser, nome emprestado de sua primeira música lançada. Para festejar a chegada à segunda edição, Marina volta ao palco. Sob direção de Marcio Debellian, parceiro na organização do livro, a intérprete e compositora se apresenta acompanhada por Alex Fonseca (bateria e programação), Edu Martins (baixo, teclado e vocais), William Magalhães (teclado e vocais) e Jennifer Naemi (backing vocal). Entre os hits, estão garantidas Fullgás e À Francesa. Da safra mais recente, aparecem Não Me Venha Mais com Amor e Partiu.

Teatro Rival (400 lugares). Rua Álvaro Alvim, 33, Cinelândia, ☎ 2240-4469, ? Cinelândia. Quinta (20) a sábado (22), 19h30. R$ 70,00 (setor B) e R$ 80,00 (setor A e mezanino). Bilheteria: 15h/21h (seg. a qua.); a partir das 15h (qui. a sáb.). IC. www.rivalpetrobras.com.br.

Fonte: VEJA RIO