SHOWS

Jogada aos pés de Cazuza

Em espetáculo que é um tributo ao seu grande ídolo, Maria Gadú não se limita ao repertório óbvio do cantor

Por: Rachel Sterman - Atualizado em

Rodrigo Schmidt/Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Convidada a integrar o time da segunda edição do projeto Banco do Brasil Covers, a cantora Maria Gadú fez uma série de apresentações entre setembro e dezembro de 2013 com repertório inteiramente dedicado a Cazuza (1958-1990) ? assumidamente uma de suas maiores influências musicais. Quem não pôde conferir os shows na época tem duas novas oportunidades, na sexta (24) e no sábado (25), quando ela volta a interpretar temas do cantor na Miranda. Ao lado dos inseparáveis Cesinha (bateria), Gastão Villeroy (baixo), Fernando Caneca (guitarra) e Doga (percussão), ela mergulha na vasta produção de Cazuza ? que, em apenas oito anos, compôs 234 canções ?, priorizando músicas menos conhecidas. Mas não ficam de fora da seleção os maiores sucessos, como Brasil, Todo Amor que Houver Nessa Vida, Exagerado e Codinome Beija-Flor. 16 anos.

Miranda (225 lugares). Avenida Borges de Medeiros, 1424 (2º piso), Lagoa, ☎ 2239-0305. Sexta (24) e sábado (25), 21h30. R$ 120,00 a R$ 240,00. Bilheteria: 12h/18h (seg.); 10h/21h (ter. a qui.); a partir das 12h (sex. e sáb.). IC. www.mirandabrasil.com.br.

Fonte: VEJA RIO