SHOWS

Lucas Santtana

Para lançar a versão em vinil de seu quinto disco-solo, Santtana se apresenta na terça (17) e na quarta (18) na Caixa Cultural

Por: Rachel Sterman - Atualizado em

Ariel Martini/divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Lá se vão dezessete anos no Rio e o sotaque baiano ainda é evidente na voz do cantor e compositor. Para lançar a versão em vinil de seu quinto disco-solo, O Deus que Devasta Mas Também Cura, Santtana se apresenta na terça (17) e na quarta (18) na Caixa Cultural. Elogiado no Brasil e lá fora, o álbum traz letras introspectivas, escritas em um período de separação recente, devidamente mitigado nos braços da atriz Camila Pitanga. Embala os versos uma sonoridade inventiva, criada com a ajuda da nata da cena indie nacional: Kassin, Céu, Curumin e os irmãos Rica e Gui Amabis foram alguns de seus parceiros. Dub, afrobeat, ska e ritmos brasileiros misturam-se a bases eletrônicas e sintetizadores, em faixas como a ótima Se Pá Ska S.P., tributo à capital paulista, e Músico, composição de seu tio Tom Zé. Ao vivo, o artista também relembra canções de 3 Sessions in a Greenhouse e Sem Nostalgia, dois lançamentos anteriores,e mostra as inéditas Tanto Faz e Now No One Has Anything. Caetano Malta (baixo e guitarra) e Bruno Buarque (MPC, samplers e pedais) o acompanham no palco.

Caixa Cultural ? Teatro de Arena (226 lugares). Avenida Almirante Barroso, Centro, ☎ 3980-3815, ? Carioca. Terça (17) e quarta (18), 19h. R$ 20,00. Bilheteria: a partir das 10h (ter. e qua.).

Fonte: VEJA RIO