bela dupla

Leny Andrade e Miele se juntam e cantam Tom Jobim

Amigos de longa data, dupla prestam nova homenagem ao cantor e compositor

Por: Rafael Cavalieri

Leny Andrade e Miele
Leny Andrade e Miele: juntos novamente (Foto: Cloves Louzada)

Os dois começaram no showbiz ali pelo fim dos anos 50. Ela, com a voz potente, à vontade em repertório que vai do samba ao jazz, ainda cumpre agenda na prestigiada casa de espetáculos Blue Note, em Nova York — e tem o crooner Tony Bennet entre seus admiradores. Ele, um talento múltiplo, é ator, humorista, produtor de espetáculos históricos e um tremendo contador de histórias.

+ Saiba detalhes da gravação do DVD de Zé Paulo Becker

Em novo encontro no Teatro Rival, Leny Andrade e Miele unem música e bom humor ao vivo. No espetáculo Um Brasileiro Chamado Jobim, celebram o maestro Tom Jobim ao lembrar clássicos como Garota de Ipanema e Águas de Março, além das mais recentes Piano na Mangueira e Ana Luiza. Entre uma canção e outra, Miele entretém a plateia com divertidos causos. 16 anos.

+ Confira uma lista com os melhores shows da cidade

Teatro Rival (458 lugares). Rua Álvaro Alvim, 33, Cinelândia, ☎ 2240-4469, ↕ Cinelândia. → Sexta (20) e sábado (21), 19h30. R$ 70,00 (setor B) e 80,00 (setor A e mezanino). Bilheteria: 15h/21h (seg. a qui.); a partir das 15h (sex.); a partir das 16h (sáb.). IC. www.rivalpetrobras.com.br.

Fonte: VEJA RIO