SHOWS

De volta a Ipanema

Inglesa que despontou cantando nas calçadas do bairro há um ano, Jesuton celebra o sucesso meteórico no Studio RJ

Por: Rachel Sterman - Atualizado em

Javy Larroquet
(Foto: Redação Veja rio)

Há um ano, Jesuton chegou ao Rio. Filha de mãe jamaicana e pai nigeriano, formada em Oxford, a londrina aspirante a cantora instalou-se na favela Chapéu Mangueira. Incentivada por um francês que fazia o mesmo, começou a soltar a voz nas ruas de Ipanema, munida de um amplificador. O resto é história: as interpretações cheias de sentimento, aliadas ao vozeirão, chamaram a atenção de passantes, produtores de programas de TV e da gravadora Som Livre, que, quatro meses depois da estreia nas calçadas, a levou ao estúdio para gravar seu primeiro CD. O disco Encontros abastece o repertório de sua primeira apresentação no Studio RJ. Além das canções que mostrava ao ar livre, a exemplo de Someone Like You, da conterrânea Adele, e de covers de Jeff Buckley e Rolling Stones, ela apresenta Us, versão própria para Nós, sucesso de Cássia Eller. Jesuton divide o palco com Juliano Cortuah (guitarras, violão e voz), André Rodrigues (baixo), Humberto Barros (teclados) e João Vianna (bateria).

Studio RJ (300 pes­soas). Avenida Vieira Souto, 110, 1º andar, Ipanema, ☎ 2523-1204, ? General Osório. Sexta (12), 22h. R$ 60,00. Bilheteria: a partir das 21h (sex.). www.studiorj.org.

Fonte: VEJA RIO