SHOWS

Noite de estreias

Gal Costa inaugura a casa de espetáculos Miranda com o repertório de seu novo CD, Recanto

Por: Rachel Sterman - Atualizado em

roteiro-shows-abre.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Caetano Veloso e Gal Costa estrearam em LP com Domingo, de 1967. Há mais de quarenta anos na linha de frente da MPB, os dois voltam a dividir um álbum. Recanto, lançado em dezembro do ano passado, traz composições inéditas dele interpretadas por ela e motiva a temporada de apresentações que a cantora faz, a partir de sexta (23), na nova casa de espetáculos Miranda, na Lagoa. A longeva parceria dos artistas baianos entrega agora um trabalho cheio de surpresas, concebido com a colaboração da nova geração. Quem assina a coprodução é Moreno, filho de Caetano e afilhado de Gal. Outro filho do músico, Zeca, criou a base da canção Neguinho, e a programação ficou a cargo de Kassin.

A série de shows é a primeira empreitada de fôlego assumida pela intérprete desde 2010, quando o lançamento da caixa Gal Total, com sua obra completa até então, inspirou uma turnê nacional. Nas onze faixas de Recanto, sua voz impecável e precisa, indissociável de hinos tropicalistas como Divino, Maravilhoso, Baby e Vapor Barato, aparece sobreposta a tramas eletrônicas, trabalhadas em softwares de sonorização ? uma tentativa de Veloso de mostrar a amiga em um contexto completamente renovado. "A grande plasticidade de seu estilo de cantora se deve ao entendimento instintivo do cool que ela teve desde o início", afirma o compositor. No palco, Gal apresentará pela primeira vez ao vivo o novo repertório. Estão no programa, entre outras,

Miami Maculelê, mistura inusitada da batida funk carioca com percussão baiana e base eletrônica, a monótona Recanto Escuro, primeira do disco, Tudo Dói e a melódica Mansidão.

Os espetáculos marcam, ainda, a inauguração do novo espaço multicultural Miranda, no Complexo de Remo da Lagoa. Na eclética programação do endereço estão previstos shows nacionais e internacionais, palestras e exposições. Nomes como Maneco Quinderé (iluminação), Ciça Roxo (gastronomia) e Carlos Boeschenstein (arquitetura) estão por trás do imponente complexo de 750 metros quadrados, que tem como pano de fundo a Lagoa Rodrigo de Freitas e o Cristo Redentor.

Gal Costa. 16 anos. Miranda (225 lugares). Avenida Borges de Medeiros, 1424 (2º piso), Lagoa. Sexta (23) e sábado (24), 22h. R$ 400,00 a R$ 800,00. Bilheteria: 14h/20h (seg. a qui.); a partir das 14h (sex. e sáb.). IC. www.mirandabrasil.com.br. Até dia 31.

Fonte: VEJA RIO