SHOWS

Erasmo Carlos

Tremendão encerra a programação do Projeto Inusitado na Cidade das Artes

Por: Rachel Sterman - Atualizado em

Gilda Midani/divulgaçÃo
(Foto: Redação Veja rio)

Ideia original para levar o público à Cidade das Artes, o Projeto Inusitado reuniu cantores e compositores em espetáculos inesperados. Lenine abriu a série apresentando nomes da nova geração da música brasileira, Elza Soares dividiu o palco com o DJ Muralha e Arnaldo Antunes misturou texturas de sons e imagens em performance inédita. Para encerrar em grande estilo, o Tremendão, o último nome da programação, defende o show Meus Lados B. Em meio às mais de 500 composições que assinou ao longo de meio século de estrada, muitas pérolas foram ofuscadas por hits como Festa de Arromba e Sentado à Beira do Caminho, entre tantos outros. Ao ser convidado pelo curador André Midani, o roqueiro viu a chance de resgatar essas canções menos conhecidas. Escoltado por José Lourenço (teclados), Ronaldo Silva (percussão), Billy Brandão, Rogério Percy, Luiz Lopes (guitarras, violões e voz), Pedro Dias (baixo e voz) e Alan Fontenele (bateria), Erasmo defende músicas como Maria Joana, Estou Dez Anos Atrasado e Cachaça Mecânica, todas compostas com seu maior parceiro, Roberto Carlos. 12 anos.

Cidade das Artes ? Teatro de Câmara (439 lugares). Avenida das Américas, 5300, Barra, ☎ 3328-5300. Terça (10) e quarta (11), 21h. R$ 80,00. Bilheteria: a partir das 13h (ter. e qua.). www.cidadedasartes.org. www.ticketsforfun.com.br.

Fonte: VEJA RIO