SHOWS

Pequena notável

Dom La Nena, 23 anos, toca violoncelo, já gravou com Jane Birkin e lança seu primeiro CD-solo, Ela, no Solar de Botafogo

Por: Rachel Sterman - Atualizado em

Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Amovimentada trajetória da cantora, compositora e violoncelista Dom La Nena não condiz com seus 23 anos. Nascida no Rio Grande do Sul, ela passou grande parte da vida fora do Brasil. Morou em Paris, com os pais, e em Buenos Aires, sozinha, onde, aos 13 anos, aprendeu a tocar violoncelo no conservatório. De volta à capital francesa, concluiu os estudos musicais, radicou-se por lá e seguiu carreira. Ao acompanhar a atriz e cantora Jane Birkin ? mulher do francês Serge Gainsbourg (1928-1991) e parceira do compositor nos famosos vocais de Je T?Aime... Moi Non Plus ?, Dominique Pinto descobriu um insuspeitado caminho pop para seu instrumento. Com a diva inglesa, gravou CD e excursionou por dois anos, antes de partir para carreira-solo. Seu primeiro disco, Ela, ganha lançamento no Brasil na quarta (4), no Solar de Botafogo. Sozinha no palco, munida do cello, além de um pedal e um uquelele, Dom La Nena empresta sua voz delicada a treze canções próprias e algumas releituras. Em português, inglês e às vezes em espanhol, passeia por referências variadas para construir baladas bem peculiares, elogiadas na revista francesa Les Inrockuptibles e no jornal The New York Times. No repertório, sobressaem Batuque e Buenos Aires, gravada no álbum com o paulistano Thiago Pethit. 16 anos.

Solar de Botafogo (180 lugares). Rua General Polidoro, 180, Botafogo, ☎ 2543-5411. Quarta (4), 21h30. R$ 50,00. Bilheteria: 16h/22h (seg. e ter.); a partir das 16h (qua.). IC. www.solardebotadfogo.com.br.

Fonte: VEJA RIO