Dia de rock

De volta ao Rio, Foo Fighters faz show no Maracanã

Banda liderada pelo carismático Dave Grohl retorna à cidade após apresentação no Rock in Rio 2001. Raimundos e Kaiser Chiefs abrem a noite

Por: Rafael Cavalieri

Foo Fighters
Foo Fighters: banda faz show no Maraca (Foto: Divulgação)

Dave Grohl é considerado por muitos o sujeito mais legal do rock nos dias de hoje. Pode ser papo de fã, mas seu carisma é inegável. Ao vivo, o músico americano segue à risca a cartilha do roqueiro boa-praça: capricha nas piadas, nos pulinhos, nos solos e na gritaria. Há vinte anos, o ex-baterista do Nirvana encarna, muito à vontade, o papel de líder do Foo Fighters. Em 2001, no Rock in Rio, o grupo aqueceu o público para o R.E.M.

+ Veja os demais destaques de shows da cidade

Agora, a história é outra. No domingo (25), Dave (voz e guitarra), Taylor Hawkins (bateria e voz), Nate Mendel (baixo), Chris Shiflett e Pat Smear (guitarras) estrelam o primeiro show do novo Maracanã. No repertório, que costuma ter cerca de trinta músicas, espere por novidades como Something from Nothing, do disco Sonic Highways, lançado no ano passado. Para o auge estão reservados hits do porte de This Is a Call, Times Like These, Best of You e a pesada All My Life. Os Raimundos abrem a noite às 18h55, seguidos pelo indie rock inglês do Kaiser Chiefs, que vai defender os sucessos Ruby e I Predict a Riot. 16 anos. 

Maracanã (64 081 lugares). Rua Professor Eurico Rabelo, s/nº, Maracanã. Domingo (25), a partir das 17h. R$ 200,00 (cadeira superior nível 5) a R$ 600,00 (pista premium verde ou amarela). Bilheteria Citibank Hall (Avenida Ayrton Senna, 3000): 12h/20h. TF.

No cinema: como documentarista, Grohl já dirigiu o filme Sound City, homenagem ao lendário estúdio de Los Angeles, e Sonic Highways, série em oito capítulos sobre música americana

Fonte: VEJA RIO