pai e filho

Davi Moraes e Moraes Moreira celebram os Novos Baianos

Para comemorar os 40 anos de Acabou Chorare, disco histórico da banda comandada por Moraes, dupla se junta em grande show

Por: Rafael Cavalieri - Atualizado em

Moraes Moreira e Davi Moraes
Pai e filho juntos: celebração aos Novos Baianos (Foto: Marcos Hermes)

Brasil Pandeiro, de Assis Valente (1911-1958), ao lado de composições então inéditas que são assobiadas até hoje, como A Menina Dança e Preta Pretinha, garantiu o lugar do LP na história. Para comemorar os quarenta anos do lançamento de Acabou Chorare (1972), do grupo Novos Baianos, Moraes Moreira juntou-se ao filho Davi Moraes em uma apresentação a princípio única, no Instituto Moreira Salles, e vem repetindo-a diante de plateias cheias há mais de dois anos.

+ Veja os demais destaques de shows da cidade

Um dos fundadores da banda — e autor, ao lado de Galvão, Paulinho Boca de Cantor ou Pepeu Gomes, de todas as músicas do disco (exceto, claro, o samba de Assis Valente) —, Moraes volta ao Circo Voador no sábado (27). Além do filho guitarrista, sobem ao palco Augusto Albuquerque (baixo), Marcos Molleta (guitarra, guitarra baiana e cavaquinho), Cesinha (bateria) e Repolho (percussão). Ao vivo, as canções do álbum dividem espaço com animados sucessos de Moraes Moreira, como Pombo Correio (dele com Dodô e Osmar) e Lá Vem o Brasil Descendo a Ladeira (com Pepeu). 18 anos.

Circo Voador (2 000 lugares). Arcos da Lapa, s/nº, Lapa, ☎ 2533-0354. Sábado (27), a partir das 22h. R$ 80,00 (2º lote). Desconto de 50% com a apresentação do e-flyer ou 1 quilo de alimento não perecível. Bilheteria: 12h/19h (ter. a qui.); 12h/0h (sex.); a partir das 14h (sáb.). IC. www.circovoador.com.br.

Fonte: VEJA RIO