música

Confira a lista dos melhores shows da cidade

São seis atrações que vão do samba de Mart'nalia ao animado tributo a Celso Blues Boy. Veja as sugestões

Por: Rafael Cavalieri

Henrique Cazes

Ao lado dos craques Joel Nascimento (bandolim), Moraes Moreira (voz), Zé da Velha (trombone) e Silvério Pontes (trompete), o cavaquinista Henrique Cazes comanda o espetáculo Waldir Azevedo, do Méier para o Mundo. Ao vivo, os músicos interpretam a obra de Waldir (1923-1980), autor do clássico Brasileirinho, além de pérolas como Delicado e Pedacinho do Céu. 16 anos. Imperator — Centro Cultural João Nogueira(642 lugares). Rua Dias da Cruz, 170, Méier, ☎ 2596-1090 e 2597-3897. Quinta (8), 21h, R$ 50,00. Bilheteria: 13h/20h (ter. e qua.); a partir das 13h (qui.). IC. www.imperator.art.br.

João Bosco

Atração do Festival Rival 80 Anos, e habitué no palco da casa, o cantor, compositor e exímio violonista montou um show acústico e inédito. O repertório ele mantém em sigilo, para preservar as surpresas, mas estão garantidos clássicos como Kid Cavaquinho, O Bêbado e o Equilibrista e Quando o Amor Acontece. 16 anos. Teatro Rival (458 lugares). Rua Álvaro Alvim, 33, Cinelândia, ☎ 2240-4469, ↕ Cinelândia. →Sexta (9) e sábado (10), 19h30. R$ 100,00 (setor B) e 120,00 (setor A e mezanino). Bilheteria: 15h/21h (seg. a qui.); a partir das 15h (sex.); a partir das 16h (sáb.). IC. www.rivalpetrobras.com.br.

Martnalia-mauricio-melo.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Mart’nália

Lançado no ano passado, o CD e DVD ao vivo Mart’nalia em Samba reuniu obras de compositores que sempre influenciaram a cantora. O registro, feito no Imperator, contou com a direção de seu pai, Martinho da Vila. De volta ao Circo, Mart’nália mostra o novo show, que contém um pot-pourri de sambas eternizados por Dona Ivone Lara, incluindo Mas Quem Disse que Eu Te Esqueço, Acreditar e Sorriso Negro. Completam o clima de festa Maracangalha, de Dorival Caymmi, Quem Te Viu, Quem Te Vê, de Chico Buarque, e Madalena do Jucú, do próprio Martinho. 18 anos. Circo Voador (2 000 lugares). Arcos da Lapa, s/nº, Lapa, ☎ 2533-0354. Sexta (9), a partir das 22h. R$ 120,00 (2º lote). Desconto de 50% com a apresentação do e-flyer ou 1 quilo de alimentonão perecível. Bilheteria: 12h/19h (ter. a qui.); a partir das 12h (sex.). IC. www.circovoador.com.br.

Sandra de Sá

Lançado no ano passado, o álbum Lado B apresentou canções menos conhecidas da cantora de voz suingada. Neste show, algumas delas serão executadas para o público. Mas Sandra de Sá não esquece os hits Olhos Coloridos (Sarará Criolo) e Bye Bye Tristeza. 16 anos. Imperator — Centro Cultural João Nogueira (642 lugares). Rua Dias da Cruz, 170, Méier, ☎ 2596-1090 e 2597-3897. Sexta (9), 21h, R$ 50,00 (pista) e R$ 60,00 (plateia sentada). Bilheteria: 13h/20h (ter. e qua.); 13h/21h30 (qui.); a partir das 13h (sex.). IC. www.imperator.art.br.

+ Veja os demais destaques de shows na cidade

Simone Lial

A carioca nascida em Ramos segue com o espetáculo Simone e o Samba. Além de composições que estarão no seu próximo disco, E Toda Dor que Sofri Será Canção, com previsão de lançamento ainda para este começo de ano, Simone visita sambas como Lucidez, de Cle­ber Augusto e Jorge Aragão, e Casa de Edith, de Roque Ferreira e Paulo Cesar Pinheiro. 18 anos. Centro Cultural Carioca (200 pessoas). Rua do Teatro, 37, Centro, ☎ 2252-6468/2242-9642. Sábado (10), 22h. R$ 30,00. Bilheteria: a partir das 21h (sáb.). www.centroculturalcarioca.com.br.

+ O filho de uma lenda da música mundial toca no Rio. Saiba quem é 

Tributo a Celso Blues Boy

Morto aos 56 anos, em decorrência de um câncer na garganta, Celso Blues Boy (1956-2012) é lembrado por antigos companheiros. Neste tributo, o “Mago da Fender” é homenageado por uma banda que reúne Sérgio Rocha Blues (voz e guitarra), Big Joe Manfra (guitarra), Roberto Lly (baixo), Marcos Amorim (guitarra) e Márcio Saraiva (bateria). Clássicos como Quem foi que Falou que o Rock’n Roll Acabou?, Brilho da Noite e o sucesso maior, Aumenta que Isso aí é Rock’n Roll, serão executados pela turma com o auxílio de convidados especiais, a exemplo de Renato Barros (Renato & Seus Blue Caps), Guto Goffi (Barão Vermelho), Tico Santa Cruz (Detonautas) e Arnaldo Brandão (Hanoi Hanoi). 16 anos. Teatro Rival (458 lugares). Rua Álvaro Alvim, 33, Cinelândia,☎ 2240-4469, ↕ Cinelândia. →Quarta (7), 19h30. R$ 50,00. Bilheteria: 15h/21h (seg. e ter.); a partir das 15h (qua.). IC.  www.rivalpetrobras.com.br.

Fonte: VEJA RIO