música

Confira a lista dos melhores shows no Rio

Atrações vão desde o experimentalismo de Tom Zé até um time de 50 nomes no Samba in Rio

Por: Rafael Cavalieri

Tom Zé
Tom Zé: disco novo no Circo (Foto: André Conti)
  • Neta de Dorival Caymmi (1914-2008), a cantora defende o repertório de seu segundo e elogiado disco, Rainha dos Raios. Nele, empresta a voz poderosa a criativas versões de Homem, de Caetano Veloso, e Princesa, de MC Marcinho.
    Saiba mais
  • Com dezoito integrantes, o grupo vocal mostra o repertório do CD Cores do Brasil. O programa passa por Milton Nascimento, Chico Buarque, Edu Lobo e Lenine, além de Vovó Teresa, do Jongo da Serrinha, e da folclórica Lua Girou.
    Saiba mais
  • Liderado por Daniel “Pipi” Piazzolla, neto de Astor Piazzolla (1921-1992), o grupo traz ao Rio a turnê Jazz Del Sur, baseada no disco Las Cuatro Estaciones Porteñas.
    Saiba mais
  • Próxima atração do projeto Trajetórias, com sessões aos domingos pela manhã, o músico senta ao piano para interpretar canções autorais como Guanabara.
    Saiba mais
  • A banda que mistura hardcore com country apresenta novo disco, Pior Cenário Possível. Norte Cartel e Zumbis do Espaço abrem os trabalhos.
    Saiba mais
  • O trio defende ao vivo o repertório do disco Silêncio — Um Tributo a João Gilberto. Renato Braz (voz), Nailor Proveta (sax e clarinete) e Edson José Alves (violão) revisitam canções como Eu Vim da Bahia e Caminhos Cruzados.
    Saiba mais
  • Uma brincadeira com o Rock in Rio, o nome deixa claro que gênero musical vai dominar a Praça da Apoteose por dois dias. Mais de cinquenta atrações vão passar pelo palco. Bambas como Arlindo Cruz, Beth Carvalho e Monarco dividem espaço com nomes da nova geração, a exemplo de Casuarina e Mart’nália. O pagode tem vez na voz de Sorriso Maroto e Raça Negra, entre outros.
    Saiba mais
  • O quarteto mineiro começou emprestando a voz para clássicos de Caetano Veloso. Mas Julia Branco (voz), Luiz Rocha (guitarra e voz), Thiago Braga (baixo) e Adriano Goyatá (bateria) foram além e lançaram no mês passado Pega a Melodia e Engole, o primeiro disco do grupo, com dez canções próprias.
    Saiba mais
  • Um dos fundadores do Tropicalismo, o baiano de Irará reúne clássicos como Nave Maria e canções mais recentes, como a deliciosa marchinha Papa Francisco Perdoa Tom Zé, no show Eu Cantando para os Meus. Abrindo o caminho, o trio instrumental carioca Chinese Cookie Poets mistura rock e free jazz.
    Saiba mais
  • Indicada cinco vezes ao Grammy Latino (e vencedora de uma estatueta em 2013), a popular dupla mineira volta ao Rio na turnê de Irmãos, DVD lançado neste ano.
    Saiba mais
  • No show Bebedouro, o compositor e cantor de afinação ímpar apresenta canções inéditas, feitas em parceria com Joyce Moreno, João Cavalcanti, Nei Lopes e Paulo César Pinheiro, entre outros. Acompanham o músico o baixista e cantor Rômulo Gomes, o guitarrista João Pedro Moschkovich, o cantor e violonista Marcelo Delamare e o grupo vocal Subversos. Casa do Choro (100 lugares). Rua da Carioca, 38, Centro, ☎ 2242-9947. Sexta (9) e sábado (10), 18h30. R$ 30,00. Bilheteria (somente dinheiro): a partir das 17h30 (sex. e sáb.).
    Saiba mais
  • Figurinha carimbada nas rodas do bar Bip Bip e no bloco Simpatia É Quase Amor, que tem seu pai como um dos fundadores, o cantor e compositor lança Os Sambas que Me Dizem, seu primeiro disco.
    Saiba mais

Fonte: VEJA RIO