SHOWS

Claudio Botelho

Festejado diretor de teatro musical no país, Botelho cumpre temporada como cantor até 18 de agosto no Bar do Copa

Por: Rafael Teixeira - Atualizado em

AVALIAÇÃO ✪✪✪✪

Ernani D'Almeida
(Foto: Redação Veja rio)

Muito antes de montar As Malvadas (1997), seu primeiro espetáculo com Charles Möeller, dando início à dupla mais festejada do teatro musical no país, o mineiro de Araguari gramou um bocado soltando a voz. Com a cantora Claudia Netto, dividiu o palco inúmeras vezes, apresentando clássicos do cancioneiro americano ? George Gershwin, Irving Berlin, Stephen Sondheim e outros. No imperdível Cole Porter & Meus Musicais de Estimação, show que cumpre temporada até 18 de agosto no Bar do Copa, ele volta àqueles tempos. São 26 canções, seis delas de Cole Porter, algumas originais e outras vertidas para o português por Claudio. Entre uma e outra, ele aproveita para contar causos e relembrar histórias de sua carreira, na melhor tradição dos cabaret singers. Acompanhado por Thiago Trajano (violão, guitarra e banjo), Marcio Castro (piano) e Edgar Duvivier (sopros), ele mostra não apenas a voz afinada mas um talento de intérprete só possível quando se tem total entendimento das intenções da letra. Assim, vai da paixão desbragada de So in Love (de Kiss Me Kate) à tristeza de

I Dreamed a Dream (Os Miseráveis), da esperança de Over the Rainbow (O Mágico de Oz) à galhofa de It?s a Business (Curtains). A ala bem-humorada do repertório reserva ainda antigas, e impagáveis, versões em inglês de Tico-Tico no Fubá e Mamãe, Eu Quero.

Bar do Copa (70 lugares). Avenida Atlântica, 1702 (Copacabana Palace), Copacabana, ☎ 7246-6606 (reservas). R$ 100,00. Sexta e sábado, 21h; domingos, 19h. Até 18 de agosto.

Fonte: VEJA RIO