SHOWS

Sim, vai ter Conceição

Em espetáculo de voz e violão, Cauby Peixoto interpreta seu maior clássico e outras pérolas

Por: Rachel Sterman - Atualizado em

Thiago Marques Luiz
(Foto: Redação Veja rio)

Em São Paulo, para onde se mudou em 1952, o niteroiense Cauby Peixoto começou a se destacar entre os crooners de seu tempo. Lá conheceu Di Veras, o empresário que ajudou a fazer do intérprete talentoso uma estrela nacional. Meio século depois, voltou a ser acolhido pela cidade: em uma década de temporada no Bar Brahma, na capital paulista, já ultrapassou as 1?000 apresentações. O cantor, aos 82 anos, volta ao Rio para ocupar por duas noites o Theatro Net Rio, na segunda (28) e na terça (29). Ele não pisava em um palco carioca desde 2011, quando lançou o disco Cauby Sings Sinatra, no Teatro Oi Casa Grande.

Cauby é uma das últimas estrelas da era do rádio em atividade. Com mais de 100 discos gravados, passeou por sambas-canção, boleros, standards do jazz, bossa nova e até algum rock. No teatro do Shopping dos Antiquários, ele vai dividir o espetáculo A Voz do Violão apenas com Ronaldo Rayol (violão) ? que vem a ser irmão de outra estrela das antigas, o cantor Agnaldo Rayol. Parte do repertório vem do CD mais recente, Minha Serenata, gravado ao vivo no ano passado. As faixas Tarde Fria (Angelo Apolônio e Henrique Lobo), Chão de Estrelas (Orestes Barbosa e Silvio Caldas), Eterno Rouxinol (Sueli Costa e Abel Silva) e De Volta pro Aconchego (Dominguinhos e Nando Cordel) estão garantidas, ao lado de clássicos como Granada, bolero de Agustín Lara, a romântica Unchained Melody e, claro, Conceição.

Cauby Peixoto. 12 anos. Theatro Net Rio ? Sala Tereza Raquel (704 lugares). Rua Siqueira Campos, 143 (Shopping dos Antiquários), sobreloja, ☎ 2147-8060 e 2148-8060. Segunda (28) e terça (29), 21h. R$ 100,00 (balcão) e R$ 150,00 (plateia e frisas). Bilheteria: a partir das 10h (seg. e ter.). IR. www.theatronetrio.com.br.

Fonte: VEJA RIO