SHOWS

Crescendo juntos

Diogo Nogueira e Hamilton de Holanda exibem maturidade no disco Bossa Negra, que lançam em duas noites no Theatro Net Rio

Por: Rafael Cavalieri

Rafael Silva/ Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

O projeto nasceu de um estalo. Em 2009, o cantor Diogo Nogueira e o bandolinista Hamilton de Holanda dividiram o palco em Miami. Após a apresentação de improviso, decidiram que tinham de gravar juntos. Ali foi plantada a semente que germinou neste ano com o lançamento do álbum Bossa Negra. As treze faixas do disco são inspiradas nos magistrais afro-sambas de Baden Powell e Vinicius de Moraes. Com o auxílio luxuoso do baixista André Vasconcellos e do percussionista Thiago da Serrinha, clássicos como Risque, de Ary Barroso, dividem espaço com composições atuais, a exemplo do Samba de Arerê, de Arlindo Cruz e Xande de Pilares, em novos arranjos. Um dos pontos altos, Salamandra, parceria inédita de João Nogueira e Paulo César Pinheiro, mostra Diogo, filho de João, em grande forma e Hamilton solando com a habitual classe. Há ainda canções autorais como a que dá nome ao projeto, Tá e Até a Volta, esta interpretada apenas pelos dois.

Theatro Net Rio - Sala Tereza Rachel (623 lugares). Rua Siqueira Campos, 143 (Shopping dos Antiquários), sobreloja, ☎ 2147-8060 e 2148-8060. Terça (26) e quarta (27), 21h. R$ 140,00 (balcão) e R$ 180,00 (plateia). Bilheteria: 10h/22h (seg.); a partir das 10h (ter. e qua.). IR. www.theatronetrio.com.br.

Fonte: VEJA RIO