SHOWS

Conexão Brasil-Jamaica

O guitarrista e produtor BiD funde ritmos nordestinos e caribenhos no projeto Bambas Dois

Por: Rachel Sterman - Atualizado em

roteiro-shows-abre.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Misturar músicas e músicos é uma especialidade do paulistano BiD. Foi assim nos projetos Funk Como Le Gusta, encontro de amigos que virou banda, em 1998, e Bambas & Biritas, de 2005, com nomes como Elza Soares, Arnaldo Antunes e Rappin? Hood dividindo repertório inédito. O guitarrista, produtor de discos consagrados, a exemplo de Afrociberdelia e CSNZ, do grupo pernambucano Chico Science & Nação Zumbi, volta a experimentar em Bambas Dois, CD lançado em outubro do ano passado. Em uma viagem à Jamaica, ele ouviu um barqueiro local cantarolando uma música de Chico César. Da surpresa, passou à ideia de embolar gêneros musicais do Brasil e do país caribenho.

Como atração do festival Sonoridades, ele mostra, na quarta (28), no Teatro Oi Casa Grande, o resultado bem pop e agradável dessa receita. Inglês e português na mesma canção, além do casamento de instrumentos típicos do forró e do maracatu com a guitarra e o baixo inconfundíveis do reggae, são alguns dos ingredientes. Ao vivo, a faixa Little Johnny será interpretada com participação de Chico César, como no CD. Outras músicas, a exemplo de Brasil (Little Sunday), que no disco é cantada por Kymani Marley e Dominguinhos, World Cry e uma curiosa versão de Something, dos Beatles, ficarão aos cuidados dos cantores jamaicanos Luciano e Jesse Royal. Promete surpreender a inclusão, na apresentação, de um número religioso: o nyahbinghi, conduzido pela banda, ao lado de um sacerdote rastafári.

Bambas Dois. 14 anos. Teatro Oi Casa Grande (926 lugares). Avenida Afrânio de Melo Franco, 290, Leblon, ☎ 2511-0800. Quarta (28), 21h. R$ 30,00. Bilheteria: 15h/20h (ter.); a partir das 15h (qua.). Cc: todos. Cd: todos. IC. Estac. no Shopping Leblon (R$ 4,00 por duas horas).

Fonte: VEJA RIO