SHOWS

Arraiá de virtuoses

O Cordão do Boitatá celebra Gonzagão e Dominguinhos com convidados ilustres

Por: Thayz Guimarães - Atualizado em

Celso Luiz/divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Estrela do Carnaval de rua carioca, o Cordão do Boitatá acompanha o calendário cultural da cidade - para seus músicos, o ano começa com folia momesca e termina na tradição do pastoril, celebração do nascimento de Jesus, com encenação, canto e dança típicos. Entre um e outro, há o período de festas juninas, que o grupo enfrenta desta vez com o espetáculo Cordão do Boitatá: de Gonzagão a Dominguinhos. No programa estão garantidas Baião, Pau de Arara e Sabiá, do repertório de Luiz Gonzaga, além da clássica Tenho Sede e da menos conhecida Choro pro Miudinho, ambas de Dominguinhos. Entre os integrantes do conjunto há bambas como o acordeonista Kiko Horta, o violonista Luiz Flavio Alcofra e a saxofonista Daniela Spielmann. Nas três apresentações na Caixa, o Cordão conta ainda com a participação ilustre do cantor Pedro Miranda, do violonista Yamandu Costa e do saxofonista pernambucano Spok, líder da Spok Frevo Orquestra. Livre.

Caixa Cultural - Teatro de Arena (230 lugares). Avenida Almirante Barroso, Centro, ☎ 3980-3815, ? Carioca. Quinta (10), 19h; sexta (11), 19h e 20h30. R$ 10,00. Bilheteria: 10h/21h (ter. a sex.); a partir das 10h (sáb. e dom.). www.caixa.gov.br/caixacultural.

Fonte: VEJA RIO