cultura negra

Após hiato, festival Back2Black está de volta ao Rio

Programação conta com shows inéditos como Stromae e Damian Marley em evento que exalta união musical entre Brasil e África, ritmos da Jamaica e 450 anos da cidade

Por: Rafael Cavalieri

Stromae
Stromae: destaque do Back2Black (Foto: Divulgação)

Após um hiato em 2014, o festival Back2Black, criado para exaltar a cultura negra, chega à sua sexta edição, com shows na sexta (20) e no sábado (21). Neste ano, dois palcos foram montados na Cidade das Artes, com uma programação dividida em três vertentes: a união entre a África e o Brasil, os ritmos jamaicanos e os 450 anos do Rio. Do primeiro time, destaque para a cantora e compositora Angélique Kidjo, do Benim, que se apresenta no sábado (21).

+ Confira a programação completa do festival

Da terra de Bob Marley quem vem é seu quinto filho, Damian, que, em sua primeira passagem pelo Rio, vai relembrar sucessos do pai no último show da noite de abertura. Já entre os donos da casa, a reunião do grupo Planet Hemp promete agitar os presentes no mesmo dia. Outra atração inédita na cidade, o rapper Stromae nasceu na Bélgica, mas tem ligação com a África: seu pai é de Ruanda e foi uma das vítimas do genocídio que chocou o mundo em 1994. São do cantor sucessos como Alors on Danse e a tocante Papaoutai, presenças certas no setlist de sua apresentação no sábado (21). 18 anos.

+ Veja os demais destaques de shows da cidade

Cidade das Artes (5 000 lugares). Avenida das Américas, 5300, Barra, ☎ 3328-5300. Sexta (20), a partir das 21h, e sábado (21), a partir das 19h30. R$ 150,00 (cada dia) e R$ 200,00 (sex. e sáb.). Bilheteria: 13h/19h (ter. a qui.); a partir das 13h (sex. e sáb.). IR. www.cidadedasartes.org.

Fonte: VEJA RIO