SHOWS

Ao mestre, com carinho

No ano de seu centenário, Dorival Caymmi é reverenciado em duas apresentações

Por: Rafael Cavalieri

Vitor Sá/divulgaçÃo
(Foto: Redação Veja rio)

MPB & Jazz

Na 11ª edição da série que engalana a música popular com roupagem sinfônica - aos cuidados da Orquestra Petrobras, sob a regência de Carlos Prazeres -, as atrações principais são o pianista André Mehmari e Rosa Passos. A violonista e cantora, baiana como o homenageado, vai enfileirar clássicos: Maracangalha, O que É que a Baiana Tem?, Dora, Marina e Só Louco estão no programa. Antes, o virtuoso Mehmari abre os trabalhos tocando uma composição própria, e inédita, Fantasia Caymminiana para Piano e Orquestra. No final, todos no palco interpretam Suíte dos Pescadores.

Theatro Municipal (2?244 lugares). Praça Floriano, s/nº, Centro, ☎ 2332-9191, Cinelândia. Sábado (24), 20h. R$ 20,00 (galeria) a R$ 80,00 (frisas, camarotes, plateia e balcão nobre). Bilheteria: a partir das 10h (sáb.).

Mar de Algodão

O nome do espetáculo, uma referência ao apelido que Caymmi ganhou junto com seus cabelos brancos, foi emprestado de um CD lançado por Olívia Hime em 2002. A cantora revisita esse repertório ao lado do marido, Francis Hime (piano e voz), e de Danilo Caymmi (violão e voz), filho caçula do compositor baiano. Ao vivo, ganham destaque as faixas de Canções Praieiras, o primeiro LP de Dorival, lançado em 1954: entre outras, Saudade de Itapoã, O Bem do Mar, Cantiga da Noiva, O Mar, Pescaria, Milagre e Quem Vem pra Beira do Mar.

Miranda (350 lugares). Avenida Borges de Medeiros, 1424 (2º piso), Lagoa, ☎ 2239-0305. Quinta (22), 21h30. R$ 60,00 a R$ 100,00. Bilheteria: 12h/18h (dom. e seg.); 12h/21h (ter. e qua.) a partir das 12h (qui.). IC. www.mirandabrasil.com.br.

Fonte: VEJA RIO