Roteiro da Semana

Crianças

Por: Rafael Teixeira - Atualizado em

TEATRO

ERA UMA VEZ NA FLORESTA, dos Estúdios Mauricio de Sousa. Montado pela primeira vez em 2010, em São Paulo, o musical da Turma da Mônica passou por várias cidades do interior paulista, além de Brasília, Curitiba e Manaus, atraindo um público de mais de 60?000 pessoas. No palco, a pedido do elefante verde Jotalhão, Mônica, Cebolinha, Cascão, Magali e Chico Bento fazem um alerta sobre o perigo de extinção que correm várias espécies do planeta. Enquanto conscientiza o público, a turma de atores-bailarinos, dublados em cena, desfia repertório composto especialmente para o espetáculo. Direção de Mauro Sousa (55min). Livre. Estreou em 3/9/2011. Teatro das Artes (457 lugares). Rua Marquês de São Vicente, 52 (Shopping da Gávea), Gávea, ☎ 2540-6004. Sábado, domingo e feriado, 15h e 17h. R$ 60,00. Bilheteria: 15h/20h (ter. a sex.); a partir das 14h (sáb. e dom.). Cc: M. Cd: R. IC. Estac. (R$ 6,00 por duas horas). Até 15 de novembro.

✪✪✪ CLUBE DOS PALHAÇOS, de Nehemias Rezende e Evandro Mesquita. Na produção da trupe Irmãos Brothers, o clube do título é o local onde tudo acontece: números de acrobacia, contorcionismo, malabarismo, monociclo, perna de pau, ilusionismo... A peça é embalada por boa música, incluindo sucessos de Elvis Presley, The Temptations, Tom Waits e Celly Campelo ? com direito a intervenções ao vivo. Exibindo figurinos extravagantes e muito vigor físico, os sete palhaços em cena hipnotizam as crianças, em que pese uma ou outra falha na execução de alguns números. Como já virou tradição em se tratando dos Irmãos Brothers, o espetáculo é repleto de humor. Mesmo os adultos não seguram o riso no número do palhaço que imita Beethoven, vivido por Nehemias Rezende, diretor do grupo. Direção de Evandro Mesquita (60min). Livre. Estreou em 30/7/2011. Centro de Referência Cultura Infância ? Teatro do Jockey (150 lugares). Rua Bartolomeu Mitre, 1?110, Gávea, ☎ 3114-1286. Sábado e domingo, 16h30. R$ 20,00. Bilheteria: a partir das 15h (sáb. e dom.). Estac. na Rua Mário Ribeiro, 410 (grátis). Até 6 de novembro.

✪✪✪ O FANTASMA DA MÁSCARA, adaptação de Victor Louis Stutz. O romance O Fantasma da Ópera, do francês Gaston Leroux, ganha versão musical infantil baseada na superprodução de Andrew Lloyd Webber que fez história na Broad­way. Na trama, a cantora de ópera Belinha (Lissah Martins) ganha dois objetos que pertenceram a um maestro: um livro e uma gaiola mágica. Interessado nos presentes, o personagem do título (Beto Marden) sequestra a mocinha. A luxuosa produção encanta os pequenos, com figurinos chamativos e projeções dinâmicas no cenário. O elenco também diverte, mas às vezes abusa da gritaria. Nas músicas compostas para a peça, os atores soltam a voz em bom desempenho. Direção de Rosi Campos (70min). Livre. Estreou em 13/8/2011. Teatro Clara Nunes (527 lugares). Rua Marquês de São Vicente, 52 (Shopping da Gávea), Gávea, ☎ 2274-9696. Sábado e domingo, 17h. R$ 50,00. Bilheteria: a partir das 14h (sáb. e dom.). IC. Estac. (R$ 6,00 por duas horas). Até dia 25.

✪✪ FRANCISCO E O MUNDO, de Renata Mizrahi. A autora e o diretor de Joaquim e as Estrelas reencontram-se nesta produção. João Vithor Oliveira vive Francisco, filho único que tem tudo o que quer, mas sente falta da presença dos pais, com quem só se comunica através de um interfone. Solitário, o garoto acaba criando um mundo particular habitado por seus brinquedos. E são justamente um cachorro de pelúcia (Paulo Giardini), um boneco (Alexandre Barros), um caminhãozinho e um sapo de pano (ambos vividos por Marino Rocha) que vão ajudá-lo a se reaproximar dos pais. A boa premissa, infelizmente, é prejudicada pela falta de carisma do protagonista. Os atores que interpretam os brinquedos, então, roubam a cena ? especialmente Marino Rocha, divertidíssimo. Direção de Diego Molina (60min). Livre. Estreou em 13/8/2011. Centro de Referência Cultura Infância ? Teatro do Jockey (150 lugares). Rua Bartolomeu Mitre, 1110, Gávea, ☎ 3114-1286. Sábado e domingo, 18h30. R$ 20,00. Bilheteria: a partir das 15h (sáb. e dom.). Estac. na Rua Mário Ribeiro, 410 (grátis). Até dia 25.

✪✪ KEKA TÁ NA MODA, adaptação de Helen Pomposelli e Eduardo Lyra. Baseada nos livros infantis Keka Tá na Moda e As Saias Voadoras de Keka, da consultora de moda Helen Pomposelli, a peça mostra como evoluiu a moda. Juliana Martins vive a protagonista, que vai até o armário da avó em busca de roupas antigas para levar para os amigos se divertirem em sua festa de aniversário de 10 anos. A cada modelito que retira do móvel, ela é transportada para a época correspondente. A ideia esbarra na ausência de dramaturgia: tudo se resume a uma sucessão de esquetes que não compõem uma história interessante. Além disso, o tema (e o tratamento dispensado a ele) é quase exclusivamente do interesse de meninas. A produção, porém, é bem cuidada, incluindo aí os figurinos da própria Helen. No elenco, destaque para os impagáveis Eliane Costa e Eduardo Andrade, desdobrando-se entre as figuras que aparecem nas viagens de Keka ao passado. Direção de Ernesto Piccolo (50min). Livre. Estreou em 27/8/2011. Oi Futuro Ipanema (120 lugares). Rua Visconde de Pirajá, 54, 3º andar, Ipanema, ☎ 3201-3010, ? General Osório. → Sábado e domingo, 16h. R$ 10,00. Bilheteria: 15h/21h (ter. a sex.); a partir das 15h (sáb. e dom.). Até 9 de outubro.

✪✪ LOJA DE BRINQUEDOS, de Claudio Figueira. Menina (Yara Sardenberg) é uma garotinha rica. À procura de algum presente que ainda não tenha recebido, ela conhece, na loja do título, o carente Urso Feliz (Carlos Viegas), o sabido Robô (Marcelo Klein) e outros tipos inventados pelo Criador de Brinquedos (Gabriel Titan). Entre as cenas que arrancam risos dos pequenos sobressaem as palhaçadas da Bola Cansada (a ótima Daniele Falcone). Por outro lado, há coreografias tumultuadas, além da trilha sonora de letras e arranjos óbvios. Direção do autor e de Carlos Arthur Thiré (60min). Livre. Estreou em 5/2/2011. Teatro Vannucci (400 lugares). Rua Marquês de São Vicente, 52 (Shopping da Gávea), Gávea, ☎ 2274-7246. → Sábado e domingo, 18h30. R$ 50,00. Bilheteria: 18h/22h (ter.); 14h30/22h (qua. a sex.); a partir das 14h30 (sáb. e dom.). IC. Estac. (R$ 6,00 por duas horas). Até 18 de dezembro.

O MÁGICO DE NÓS, de César Gouvêa e Cláudio Thebas. Idealizado pelos paulistanos da Companhia do Quintal, o espetáculo propõe a participação da plateia na condução dos rumos da ação. Na base da montagem está o clássico O Mágico de Oz, de L. Frank Baum. Na história, a menina Dorothy (Paola Musatti) vai parar no mundo encantado de Oz. Tentando voltar para casa, ela encontra o Leão (César Gouvêa), o Homem de Lata (Eugênio La Salvia) e o Espantalho (Ernani Sanchez), mas a ajuda deles não é suficiente ? aí entra o público, que sobe ao palco para dar uma força. Direção de César Gouvêa (80min). Livre. Estreou em 3/9/2011. Teatro Fashion Mall ? Sala 1 (470 lugares). Estrada da Gávea, 899, São Conrado, ☎ 2422-9800. → Sábado e domingo, 17h. R$ 40,00. Bilheteria: a partir das 15h (sáb. e dom.). Cc: M e V. Cd: M e V. Estac. (R$ 5,00 por duas horas). Até dia 25.

O MENINO DETRÁS DAS NUVENS, adaptação de Maria Clara Wermelinger. Baseada no livro homônimo de Carlos Augusto Nazareth e no premiado espetáculo de 1997, do mesmo autor, a peça apresenta Zezinho (Wladimir Pinheiro), criança com o enorme desejo de conhecer o mundo. A perda de um amigo, no entanto, abala esse interesse. Apenas a chegada de um circo à cidade é capaz de resgatar sua alegria ? e, de quebra, fazê-lo se descobrir um artista e encontrar seu primeiro amor. Outros quatro atores completam o elenco, que canta e toca instrumentos como piano, violino, flauta, acordeão e peças de percussão. Direção da autora (50min). Livre. Estreou em 3/9/2011. Centro Cultural Justiça Federal (142 lugares). Avenida Rio Branco, 241, Centro, ☎ 3261-2550, ? Cinelândia. → Sábado e domingo, 16h. R$ 30,00. Bilheteria: 16h/19h (qua. a sex.); a partir das 15h (sáb. e dom.). Até 4 de dezembro.

MOSTRA COMPANHIA DE TEATRO MEDIEVAL: 20 ANOS. A premiada trupe celebra duas décadas com um festival em que apresenta três espetáculos do seu repertório, sempre no fim de semana. O próximo, no sábado (17) e no domingo (18), é Enganado, Surrado e Contente, baseado no conto 77 do Decamerão, de Giovanni Boccaccio. Centro Cultural Banco do Brasil ? Teatro II (155 lugares). Rua Primeiro de Março, 66, Centro, ☎ 3808-2020. Sábado e domingo, 16h. Grátis. Senhas distribuídas uma hora antes. Até 2 de outubro.

✪✪✪✪ NA COLA DO SAPATEADO. de Gisele Saldanha, Mabel Tude, Maria Dulce Saldanha e Tânia Nardini. Bem-sucedida, a montagem estreou em 1987, misturando passos do sapateado com gêneros brasileiros como samba, frevo e choro. Diante da ameaça de um teste-surpresa de geografia, sete alunas bolam um plano. Como apenas uma delas (Maria Dulce Saldanha) domina a matéria, a turma resolve tentar colar com um código desenvolvido através de passos de sapateado. Direção de Tony Nardini (60min). Rec. a partir de 2 anos. Reestreou em 8/1/2011. Teatro do Leblon ? Sala Marília Pêra (462 lugares). Rua Conde Bernadotte, 26, Leblon, ☎ 2529-7700. Sábado e domingo, 17h. R$ 40,00. Bilheteria: 15h/21h (ter. a dom.). Cc: D, M e V. Cd: todos. IC. Até dia 25.

PORQUINHOS ? O MUSICAL, de Dharck Tavares. No palco, os suínos Cícero, Heitor e Prático dão lugar a duas porquinhas (Rosa, vivida por Evelyn Castro, e Kika, por Érika Thomas) e um porquinho (Pietro, interpretado por Rodrigo Fernando). Como na história original, os bichos se veem às voltas com o Lobo Mau (Raí Valadão) depois de construir suas casas na floresta. A trama, porém, se permite liberdades como a presença de Chapeuzinho Vermelho (Rayssa Bentes). A montagem privilegia a música, passeando por jazz, blues, pop e rock. Direção de Luis Fernando Bruno e Leandro Bispo (50min). Livre. Estreou em 11/6/2011. Teatro Vannucci (400 lugares). Rua Marquês de São Vicente, 52 (Shopping da Gávea), Gávea, ☎ 2274-7246. → Sábado e domingo, 16h. R$ 50,00. Bilheteria: 18h/22h (ter.); 14h30/22h (qua. a sex.); a partir das 14h30 (sáb. e dom.). IC. Estac. (R$ 6,00 por duas horas). Até 18 de dezembro.

TAPETES CONTADORES DE HISTÓRIAS. O prestigiado grupo se vale da técnica de narrar histórias utilizando tapetes nos quais são costurados cenários e personagens. Para celebrar treze anos de existência, a companhia faz uma retrospectiva do seu repertório. No sábado (17) e no domingo (18), o espetáculo Cabe na Mala? reúne histórias de Ana Maria Machado e Jutta Bauer. Teatro Ziembinski (132 lugares). Rua Heitor Beltrão, s/nº, Tijuca, ☎ 2254-5399. Sábado e domingo, 16h. R$ 20,00. Bilheteria: 15h/20h (ter. a sex.); a partir das 9h (sáb. e dom.). R$ 20,00. Até dia 25.

TRIANGULINHA, de Mônica Alvarenga. Dança, música e artes do picadeiro dão o tom da história sobre rejeição. A bailarina Kayo Miller é Triangulinha, figura singular em um mundo de seres redondos ? que, por isso, sofre todo tipo de preconceito. Sem falas e toda coreografada, ora com movimentos circenses, ora com passos de dança contemporânea, a peça mistura linguagens, como animação e teatro gestual. A trilha sonora é do músico Mu Carvalho e a iluminação, de Virgílio D?Ângelo, colaborador do Grupo Corpo. Direção da autora (45min). Livre. Reestreou em 10/9/2011. Teatro Laura Alvim (245 lugares). Avenida Vieira Souto, 176, Ipanema, ☎ 2332-2015, ? General Osório. Sábado e domingo, 17h. R$ 30,00. Bilheteria: a partir das 15h (sáb. e dom.). Até 30 de outubro.

Fonte: VEJA RIO