ROTEIRO DA SEMANA

Shows

Por: Rafael Sento Sé - Atualizado em

AFRICAN SALSA PAPE FALL. O ritmo latino ganha um toque africano na voz do cantor senegalês Pape Fall. Além das letras em wolof, sua língua materna, o quinteto liderado por ele inclui instrumentos como o sabar e o djembe, tambores típicos de sua terra. Livre. Oi Futuro Flamengo (100 lugares). Rua Dois de Dezembro, 63, Flamengo, ☎ 3131-3060, ? Largo do Machado. Terça (8) e quarta (9), 21h. R$ 30,00.

ALINE CALIXTO. Depois de um começo promissor ? seu disco de estreia foi eleito o melhor de 2009 pela Associação dos Críticos de Arte de São Paulo ? a cantora lança Flor Morena que já emplacou a faixa-título, de autoria de Zeca Pagodinho e Arlindo Cruz, na trilha de Fina Estampa, novela das 9 da Globo. O novo trabalho traz a contribuição de outros compositores consagrados, entre eles Martinho da Vila e Nei Lopes. A própria cantora assina Conversa Fiada. 18 anos. Clube dos Democráticos (600 pessoas). Rua do Riachuelo, 91, Lapa. Informações, ☎ 9781-2451. Sexta (11), 23h30. Mulher: R$ 25,00. Homem: R$ 30,00.

ANDREA AMORIM. Depois de lançar Em Outra Direção nos Estados Unidos e no Japão, a cantora e compositora inicia a turnê nacional com uma escala no Rio. O disco reúne dez faixas próprias, uma de Marcos Valle e uma parceria dela com Roberto Menescal, que participa dos shows. Livre. Teatro Café Pequeno (110 lugares). Avenida Ataulfo de Paiva, 269, Leblon, ☎ 2294-4480. Sexta (11) e sábado (12), 19h. R$ 30,00. Bilheteria: 16h/21h (ter. a qui.); a partir das 16h (sex. e sáb.). TT.

ARRANCO DE VARSÓVIA. Em espetáculo concebido para celebrar a obra de Martinho da Vila, Andrea Dutra, Cacala Carvalho, Elisa Queirós (vocais), Muri Costa (voz e violão) e Paulo Malaguti Pauleira (voz e piano) passeiam por grandes composições do sambista. Livre. Sala Funarte Sidney Miller (125 lugares). Rua da Imprensa, 16, térreo, Centro, ☎ 2279-8104, ? Cinelândia. Sexta (11), 18h30. R$ 10,00.

ÁUREA MARTINS. Revelada pelo programa Tribunal de Melodias, da Rádio Nacional, apresentado por Mário Lago e Paulo Gracindo, a intérprete de voz potente recebe as colegas Ana Costa e Elisa Addor e o grupo Chicas no projeto Encontro de Mulher Dá Samba, que agora acontece no bar anexo à Fundição Progresso. 18 anos. Parada da Lapa (1 000 pessoas). Rua dos Arcos, s/n, Lapa, ☎ 2524-2950. Sexta (11), 23h59. R$ 30,00.

CANDY DULFER. A bela saxofonista holandesa está em turnê com o 11º disco. Crazy traz mais da mistura de jazz e pop que conquistou público e colegas. O astro Prince, por exemplo, a convidou para tocar em canções como Partyman, Musicology e 3121. Já atuou também com Dave Stewart, Beyoncé, Pink Floyd e Aretha Franklin. Na apresentação não devem faltar músicas de Saxuality, indicado ao Grammy em 1990. 16 anos. Oi Casa Grande (926 lugares). Avenida Afrânio de Melo Franco, 290, Leblon, ☎ 2511-0800. Quarta (9), 21h. R$ 100,00. IC. Bilheteria: 15h/20h (seg. e ter.); a partir das 15h (qua.).

CARLOS LYRA. Apresentado pela primeira vez na boate Au Bon Gourmet e com arranjos de Radamés Gnattali, Pobre Menina Rica serve de base para a apresentação do violonista que compôs as onze faixas do disco com Vinicius de Moraes. Alguns dos clássicos surgidos aí foram Primavera, Sabe Você e Maria Moita. Lyra canta ao lado de Cris Delano. É bom correr para garantir ingresso. Livre. Instituto Moreira Salles (113 lugares). Rua Marques de São Vicente, 476. Gávea, ☎ 3284-7400. Terça (8), 19h30. Bilheteria: a partir de 13h (ter.).

DANIELA SPIELMANN QUARTETO. Mais conhecida pelo trabalho à frente da banda do programa Altas Horas, a saxofonista e flautista é a atração da série Música no Jardim Botânico. Lidera um conjunto que tem ainda Domingos Teixeira (violão), Rodrigo Villa (contrabaixo acústico) e Xande Figueiredo (bateria e percussão). Participação do guitarrista Ricardo Silveira. Livre. Centro de Visitantes do Jardim Botânico (150 pessoas). Rua Jardim Botânico, 1008, Jardim Botânico, ☎ 2274-7012. Sábado (12), 17h. Grátis (Distribuição de senhas meia hora antes). →

DEAD FISH. Liderado pelo cantor Rodrigo Lima, o quarteto de hardcore está de volta à Lapa para gravar o DVD comemorativo dos vinte anos de carreira. As trinta músicas que compõem o repertório foram escolhidas pelos fãs. Abertura das bandas Plastic Fire e Zander. 18 anos. Circo Voa­dor (2?000 pessoas). Arcos da Lapa, s/nº, Lapa,

☎ 2533-0354. Sexta (11), 23h. R$ 50,00. Bilheteria: 12h/19h (ter. a qui.); a partir de 12h (sex.). IC. www.circovoador.com.br.

DELIA FISCHER. Depois de mais de uma década dedicada aos musicais, a cantora e pianista volta a investir na carreira solo. Em 2009, lançou Presente e, neste ano, Saudações Egberto, numa evidente celebração do ídolo, o craque Egberto Gismonti. O trabalho é um recorte da produção do homenageado nas décadas de 70 e 80. Sobe ao palco com Pedro Guedes (violão e baixo), Pedro Mibielli (violino, bandolim, guitarrinha e rabeca) e Naife Simões (bateria, flugelhorn e percussão vocal). Participação do violonista Alexandre Gismonti, filho de Egberto. 14 anos. Solar de Botafogo (160 lugares). Rua General Polidoro, 180, Botafogo, ☎ 2541-1941. Quarta (9), 21h30. R$ 40,00.

EU QUERO FESTIVAL! Mais uma realização do Queremos, o evento mistura revelações da cena indie com um nome consagrado. A atração mais aguardada é o Beady Eye, nova banda de Liam Gallagher que reúne quatro integrantes do Oasis. A influência da década de 60 continua forte na sonoridade desse novo grupo, que se apresenta na segunda (7). Alguns destaques do novo repertório são Four Letter World e The Roller. As revelações brasileiras Holger e Driving Music completam a escalação da noite. Na terça (8), entra em cena o rock dançante dos canadenses do Broken Social Scene, com fortes cores dos anos 80, o folk rock dos ingleses do Bombay Bicycle Club e o soul contemporâneo do cantor e produtor Chazwick Bundick, conhecido como Toro Y Moi. 18 anos. Circo Voador (2 000 pessoas). Arcos da Lapa, s/nº, Lapa, ☎ 2533-0354. Segunda (7), 19h. R$ 180,00. Terça (8), 19h. R$ 140,00. Bilheteria: a partir de 17h (seg.); a partir de 12h (ter.). IC.

FELIPE CATTO. Produzido por Paul Ralphes, Fôlego é o disco de estreia do cantor gaúcho de timbre de voz agudíssimo, porém afinado. Ao lado de Fabá Gimenez (guitarra), Adriano Grineberg (piano e teclados), Fábio Sá (baixo) e Peo Fiorin (bateria), Catto mostra as quinze faixas e releituras da inglesa PJ Harvey e do cubano La Lupe. 18 anos. Studio RJ (400 pessoas). Aveni­da Vieira Souto, 110, 1º andar, Ipanema, ☎ 2523-1204, ? General Osório. Quinta (10), 23h. R$ 30,00. www.studiorj.org.

GLOOM E AUTORAMAS. As duas atrações participam do projeto Cedo e Sentado, que traz revelações da cena alternativa brasileira em shows gratuitos. De Goiás vem o quinteto de ska-punk Gloom, formado por Niela (voz e guitarra), Goiaba (baixo e voz), Lucas Tomé (bateria), Yuri Guminiak (trompete e flugelhorn) e Antônio Afonso (saxofone). Velhos conhecidos por aqui, o Autoramas, de Gabriel Thomaz (voz e guitarra), Bacalhau (bateria) e Flavia Couri (baixo e voz), mostra as canções do recém-lançado Música Crocante. 18 anos. Studio RJ (400 pessoas). Avenida Vieira Souto, 110, 1º andar, Ipanema, ☎ 2523-1204, ? General Osório. Quarta (9), 21h30. Grátis.

ITHAMARA KOORAX. Considerada uma das principais vozes brasileiras da atualidade, a intérprete inicia temporada aos sábados de novembro. No repertório, clássicos de jazz ganham a companhia de composições de Vinicius de Moraes, Dorival Caymmi e João Gilberto. 18 anos. Horse?s Neck (65 lugares) Avenida Atlântica, 4240, nível E (Hotel Sofitel Rio), Copacabana, ☎ 2525-1232. Sábado (12), 21h. R$ 20,00.

JOYCE CÂNDIDO. Não confundir com Joyce Moreno, compositora de Clareana. A cantora paulista de voz doce, que já participou dos musicais A Pequena Sereia e Noviça Rebelde, milita na seara do samba. Vem à cidade lançar O Bom e Velho Samba Novo, com canções inéditas de Luiz Carlos da Vila, Hermínio Bello de Carvalho, Ana Costa e Xande de Pilares. 16 anos. Teatro Rival Petrobras (472 lugares). Rua Álvaro Alvim, 33, Cinelândia, ☎ 2240-4469, ? Cinelândia. Terça (10), 19h30. R$ 40,00. Bilheteria: 15h/21h (seg.); a partir de 15h (ter.). TT.

JORGE BEN JOR. Os shows do mestre do sambalanço são garantia de diversão do início ao fim. Taj Mahal, Fio Maravilha, País Tropical, Mas que Nada e alguns outros grandes sucessos animam a inauguração da nova casa de espetáculo da cidade. 18 anos. BarraMusic (6?500 lugares). Avenida Ayrton Senna, 5 850, Barra, 3303-1000. Quarta (9), 23h. R$ 50,00 (pista) a R$ 100,00 (camarotes). Bilheteria: a partir de 22h (qua.). www.barramusicart.com.br.

JORGINHO DO IMPÉRIO. Filho de uma lenda do samba, Mano Décio da Viola (1909-1984), o cantor relembra sambas-enredo do Império Serrano e outros temas que marcaram época. Livre. Centro Cultural Light (182 lugares). Avenida Marechal Floriano, 168, Centro, ☎ 2211-7295. → Quarta (9), 12h30. Grátis (Distribuição de senhas uma hora antes).

LULU SANTOS. De volta ao formato acústico, o astro pop brasileiro caprichou na produção do espetáculo que tem cenário de inspirações africanas assinado por Claudio Amaral Peixoto e Karen Araújo. Assim Caminha a Humanidade, Último Romântico e outros hits estão no roteiro que tem também algumas menos conhecidas. Casos de Dinossauros do Rock, Minha Vida e Brumário. 18 anos. Citibank Hall (3?337 lugares). Avenida Ayrton Senna, 3000 (Shopping Via Parque), Barra. Informações, ☎ 0300 7896846 (9h/21h). Sábado (12), 22h. R$ 60,00 (setor lateral) a R$ 180,00 (setor VIP). Bilheteria: 12h/20h (seg. a sex.); a partir das 12h (sáb.). Cc: todos. Cd: R e V. TM. Estac. (R$ 5,00). www.citibankhall.com.br.

MARIA RITA. Depois do flerte com o samba, a cantora volta a canções mais cadenciadas em Elo. No lançamento terá a companhia de Thiago Costa (piano), Sylvinho Mazzucca (baixo acústico) e Cuca Teixeira (bateria). A lista de compositores que contribuíram para o novo trabalho inclui Lula Queiroga (Conceição dos Coqueiros) e Marcelo Camelo (A Outra). Um dos momentos mais agitados e que destoa um pouco do conjunto é Coração em Desalinho, de Monarco, tema de abertura da novela Insensato Coração. 18 anos. Citibank Hall (3?337 lugares). Avenida Ayrton Senna, 3000 (Shopping Via Parque), Barra. Informações, ☎ 0300 7896846 (9h/21h). Sexta (11), 22h. R$ 70,00 (setor lateral) a R$ 140,00 (camarote e setor VIP). Bilheteria: 12h/20h (seg. a qui.); a partir das 12h (sex.). Cc: todos. Cd: R e V. TM. Estac. (R$ 5,00). www.citibankhall.com.br.

MAURO SENISE E GILSON PERANZZETTA. Próxima atração da noite de jazz da casa de Ipanema, o pianista e o saxofonista cultivam uma parceria de mais de vinte anos. No repertório estão João Bosco, Dorival Caymmi e três sucessos de Noel Rosa: Com que Roupa, Três Apitos e Palpite Infeliz. 18 anos. Studio RJ (400 pessoas). Avenida Vieira Souto, 110, 1º andar, Ipanema,

☎ 2523-1204, ? General Osório. Terça (8), 21h30. R$ 50,00.

MONOBLOCO. Fundado pelo cantor Pedro Luís e seus colegas do grupo A Parede, o bloco levanta o público com suas versões batuqueiras para sucessos da música brasileira. Até Heitor Villa-Lobos já ganhou uma versão bem pouco convencional. A abertura é da Orquestra Voadora, revelação do carnaval de 2008. 18 anos. Fundição Progresso (4 000 pessoas). Rua dos Arcos, 24, Lapa, ☎ 2220-5070. Sexta (11), 23h. R$ 60,00 (2º lote) a R$ 80,00 (4º lote). Bilheteria: 15h/18h (seg. a qui.); a partir de 15h (sex.). → www.fundicaoprogresso.com.br.

ORQUESTRA VOADORA. Rock, pop, funk, afrobeat, frevo, maracatu e música do Leste Europeu entram no variado repertório do bloco, que reúne naipes de percussão e metal. Apresenta-se em sua versão mais compacta, mas não menos animada. 18 anos. Studio RJ (400 pessoas). Avenida Vieira Souto, 110, 1º andar, Ipanema, ☎ 2523-1204, ? General Osório. Sábado (12), 23h. R$ 30,00.

RITA RIBEIRO. A cantora maranhense volta ao palco da Cinelândia para mostrar a curiosa mistura de ritmos eletrônicos com ponto de macumba e outros gêneros afros. 16 anos. Teatro Rival Petrobras (472 lugares). Rua Álvaro Alvim, 33, Cinelândia, ☎ 2240-4469, ? Cinelândia. Sexta (11) e sábado (12), 19h30. R$ 60,00. Bilheteria: 15h/21h (seg.); a partir de 15h (ter.). TT.

ROUPA NOVA E LEONI. Sucesso estrondoso nos anos 80, a banda formada por Ricardo Feghali (teclados e violão), Nando (baixos e violão), Paulinho (percussão), Cleberson Horsth (piano), Kiko (guitarra e violão) e Serginho Herval (bateria), todos também cantores, não vive apenas de antigos hits. Lançado há dois anos e gravado no lendário estúdio de Abbey Road, Roupa Nova em Londres trouxe material inédito. Na abertura, o cantor Leoni, que ganhou certa fama por integrar a formação original do Kid Abelha, dá o tom de nostalgia. 18 anos. Fundição Progresso (4?000 pessoas). Rua dos Arcos, 24, Lapa, ☎ 2220-5070. Sábado (12), 23h. R$ 60,00 (2º lote) a R$ 80,00 (4º lote). Bilheteria: 15h/18h (seg. a sex.); a partir de 15h (sáb.). → www.fundicaoprogresso.com.br.

SAMBA DE FATO. Formado por Alfredo Del-Penho (violão e voz), Pedro Amorim (bandolim e voz), Pedro Miranda (voz e percussão) e Paulino Francisco Dias (percussão e voz), o grupo comanda a série MPB na ABL, com repertório que engloba Pixinguinha e Geraldo Pereira, entre outros autores de primeira linha. Livre. Teatro R. Magalhães Jr. (280 lugares). Avenida Presidente Wilson, 210, Centro (Academia Brasileira de Letras), ☎ 3974- 2500, ? Cinelândia. Quarta (9), 12h30. Grátis.

SERJÃO LOROZA. Desde a saída do Monobloco, o cantor de voz potente segue em carreira-solo dedicada à black music. Sobe ao palco com Bruno Migliari (baixo), MacWilliam (bateria) e Fernando Vidal (guitarras). 18 anos. Studio RJ (400 pessoas). Avenida Vieira Souto, 110, 1º andar, Ipanema, ☎ 2523-1204, ? General Osório. Sexta (11), 23h. R$ 30,00.

SERGINHO PROCÓPIO. O cavaquinista transforma a casa na Cinelândia em terreiro de samba com uma roda que terá participação de Toninho Gerais. 16 anos. Teatro Rival Petrobras (472 lugares). Rua Álvaro Alvim, 33, Cinelândia, ☎ 2240-4469, ? Cinelândia. Terça (8), 19h30. R$ 40,00. Bilheteria: 15h/21h (seg. e ter.); a partir de 15h (qua.). TT. www.rivalpetrobras.com.br.

SEU CUCA. Formado por James Lima (voz e guitarra), Bruno Lima (guitarra), Sol (baixo) e Daniel BZ (bateria), a banda volta à estrada para lançar Água Viva. Além das canções novas, tocam também Já que Você Não Me Quer Mais, O Seu Lugar e Onde Você Estiver. 18 anos. Lapa 40° (2?000 pessoas). Rua do Riachuelo, 97, Lapa, ☎ 3970-1329/ 1334/ 1338. → Sexta (11), 23h59. Mulher: R$ 20,00. Homem: R$ 30,00. Cc: V e M. → www.lapa40graus.com.br.

TIÃOZINHO DA MOCIDADE. Depois de ganhar três carnavais com a Mocidade, em 1985, 1990 e 1991, fez carreira no exterior como compositor da escolas de samba escandinavas, a exemplo da finlandesa Unidos da Roseira e da sueca Unidos de Ludivika. Canta faixas do disco Mulekê Tião. Livre. Teatro Sesi (350 lugares). Avenida Graça Aranha, 1, Centro, ☎ 2563-4163, ? Cinelândia. Sexta (11), 12h30. Grátis (Distribuição de senhas uma hora antes).

TOQUINHO. Parceiro de Vinicius de Moraes em canções memoráveis, o cantor e compositor paulista faz um acústico de voz e violão, na companhia da cantora Verônica Ferriani, que se reveza em outro violão e no pandeiro. A expectativa é de que ele inclua no repertório Romeu e Julieta, gravada apenas no recém-lançado Toquinho e Paulo Ricardo Cantam Vinicius. 16 anos. Vivo Rio (2?000 lugares). Avenida Infante Dom Henrique, 85, Aterro do Flamengo,

☎ 2272-2900. Sexta (11), 22h. R$ 70,00 (setor 3) a R$ 150,00 (camarote A). Bilheteria: 12h/21h (seg.); a partir de 12h (ter.). Estac. c/manobr. (R$ 20,00). IR. www.vivorio.com.br.

EM CARTAZ

ANGELA RO RO. Pensado como um programa de rádio para seu site, Nas Ondas da Ro Ro virou um show que está em temporada na Cinelândia. Ela recebe dois convidados por noite. Na próxima edição é a vez da cantora Joyce e do grupo Mulheres de Hollanda. 16 anos. Teatro Rival Petrobras (472 lugares). Rua Álvaro Alvim, 33, Cinelândia, ☎ 2240-4469, ? Cinelândia. Quarta (9), 19h30. R$ 40,00 (setor B) e R$ 50,00 (setor A). Bilheteria: 15h/21h (seg. e ter.); a partir de 15h (qua.). TT. www.rivalpetrobras.com.br.

BOSSA JAZZ E MUITO MAIS. Gravada por Norah Jones, Don?t Know Why tirou o cantor Jesse Harris do anonimato e lhe valeu um Grammy. Ele veio ao nosso país pela primeira vez numa turnê de Norah e caiu de amores pelo Rio e pela música brasileira. Esse cantor e ótimo compositor está de volta para três noites no bar do Hotel Marina Palace. Na quinta (10), canta na companhia de Maria Gadú; na sexta (11), de Antonio Villeroy; e no sábado (12), de Vinicius Cantuária. 18 anos. Vizta (80 lugares). Avenida Delfim Moreira, 630, Leblon (Hotel Marina Palace), ☎ 2172-1089. Quinta (10) a sábado (12), 21h30. R$ 40,00. →

Fonte: VEJA RIO