ROTEIRO DA SEMANA

Shows

Por: Rafael Sento Sé - Atualizado em

BAIXADA JAZZ BIG BAND. Grande parte dos integrantes deste conjunto de dezesseis músicos é de Nova Iguaçu. Unida por causa do interesse pelo jazz, com o reforço do saxofonista franco-carioca Idriss Boudrioua, a big band apresenta standards do gênero. O repertório vai de Thad Jones a Henri Mancini. 18 anos. Santo Scenarium (120 lugares). Rua do Lavradio, 36, Centro, ☎ 3147-9007. Quarta (7), 20h. R$ 5,00. Cc: todos. Cd: todos. santoscenarium.blogspot.com.

BELO. Depois de abandonar uma apresentação em razão de problemas pessoais, o cantor retoma a turnê do DVD 10 Anos de Sucesso, gravado em setembro, na Bahia. 15 anos. Citibank Hall (6?576 pessoas). Avenida Ayrton Senna, 3000 (Shopping Via Parque), Barra. Informações, ☎ 0300 7896846 (9h/21h). Sábado (10), 23h. R$ 600,00 (pista) a R$ 140,00 (camarote e setor VIP). Bilheteria: 12h/20h (seg. a sex.); a partir das 12h (sáb.). Cc: todos. Cd: R e V. TM. Estac. (R$ 5,00). →

ELBA RAMALHO. Quem está habituado aos shows enérgicos da cantora deve se preparar para uma sessão mais intimista. Na companhia apenas de Marcos Arcanjo (violão e guitarra) e Mestrinho (sanfona), Elba envereda por sucessos como Gosto Demais, Ai que Saudade d?Ocê e Dia Branco. 14 anos. Teatro Municipal de Niterói (400 lugares). Rua XV de Novembro, 35, Centro, Niterói, ☎ 2620-1624. Sexta (9), 21h; sábado (10), 20h. R$ 60,00. Bilheteria: 10h/18h (ter. a qui.); a partir das 17h (sex. e sáb.).

ELZA SOARES. No espetáculo Deixa a Nega Gingar, a diva envereda por caminho que leva a Chove Chuva e Mas que Nada, de Jorge Ben Jor, e Meu Guri, de Chico Buarque. Elza sobe ao palco na companhia de JP Silva (violão de sete cordas), Gabriel Bubu (baixo) e Marcelo Callado (bateria). 16 anos. Casarão Ameno Resedá (250 pessoas). Rua Bento Lisboa, 4, Catete, ☎ 2556-2427. Domingo (11), 20h. R$ 120,00. Cc: todos. Cd: todos. IR.

OS EMBLEMÁTICOS. Com direção musical do saxofonista Henrique Band, o grupo conta com Rubinho Jacobina nos vocais, além de Adriano Souza (teclado), Pedro Aune (baixo), Cassius Theperson (bateria), Mafram do Maracanã (percussão), Diogo Gomes (trompete) e Everson Moraes (trombone). No repertório entram composições de Band e Jacobina, além de Moacir Santos, Orlandivo, Wilson Simonal e Jackson do Pandeiro. 16 anos. Casarão Ameno Resedá (250 pessoas). Rua Bento Lisboa, 4, Catete, ☎ 2556-2427. Sábado (10), 22h30. R$ 70,00 (pista) e R$ 90,00 (mesa). Cc: todos. Cd: todos. IR.

GRITO ROCK. Em sua sexta edição, o festival reúne nomes interessantes da cena independente. Os mais conhecidos são Fernando Anittelli, líder de O Teatro Mágico, que sobe ao palco para mostrar canções da carreira-solo à frente de um trio, e o baiano Maurício Baia, com seu folk de cores nordestinas. A lista se completa com os cariocas do Scracho e do Medulla e os curitibanos do Humanish. 18 anos. Circo Voador (2 000 pessoas). Arcos da Lapa, s/nº, Lapa, ☎ 2533-0354. → Sexta (9), 23h30. R$ 60,00. Bilheteria: 12h/19h (ter. a qui.); a partir das 12h (sex.). IC.

LUIS MIGUEL. Com trinta anos de carreira, o cantor romântico mexicano é um dos artistas latinos que mais venderam discos na história. Hits como Amarte Es un Placer, La Barca e Voy a Apagar La Luz o levaram à marca de 60 milhões de cópias no mundo todo. Na atual turnê, apresenta sucessos e músicas do disco mais recente, batizado com seu próprio nome. 15 anos. Citibank Hall (3?093 lugares). Avenida Ayrton Senna, 3000 (Shopping Via Parque), Barra. Informações, ☎ 0300 7896846 (9h/21h). Domingo (11), 20h. R$ 350,00 (pista) a R$ 800,00 (camarote). Bilheteria: 12h/20h (seg. a sáb.); a partir das 12h (dom.). Cc: todos. Cd: R e V. TM. Estac. (R$ 5,00). → www.citibankhall.com.br.

MARCELO CAMELO. Leia em Veja Rio Recomenda. 18 anos. Circo Voador (2?000 pessoas). Arcos da Lapa, s/nº, Lapa, ☎ 2533-0354. → Sábado (10), 23h. R$ 80,00. Bilheteria: 12h/19h (ter. a sex.); a partir das 21h (sáb.). IC. www.circovoador.com.br.

MÔNICA SALMASO. Interpretações seguras e voz grave fizeram da cantora uma das mais aclamadas da atualidade. Escoltada por Teco Cardoso (sopros) e Nelson Ayres (piano), Mônica apresenta as faixas de Alma Lírica Brasileira, disco com obras de Villa-Lobos (Melodia Sentimental), Tom Jobim e Vinicius de Moraes (Derradeira Primavera) e J. Cascata e Leonel Azevedo (Lábios que Beijei). Livre. Espaço Cultural Eletrobras Furnas (192 lugares). Rua Real Grandeza, 219, Botafogo, ☎ 2528-4334. Sábado (10), 20h; domingo (11), 19h. Grátis. Distribuição de senhas uma hora antes.

MORRISSEY. Depois de constantes desentendimentos com o guitarrista Johnny Marr, o cantor abandonou o The Smiths em 1987 e trilhou bem-sucedida carreira-solo com seu rock melancólico. Seu disco mais recente é Years of Refusal, mas na apresentação ao vivo Morrissey deve incluir outros temas de seu repertório. Até hoje ele se recusa a resgatar material da época da banda. Aviso: os ingressos estão no fim. 18 anos. Fundição Progresso (1?500 pessoas). Rua dos Arcos, 24, Lapa, ☎ 2220-5070. Sexta (9), 0h. R$ 180,00. Bilheteria: 15h/18h (seg. a qui.); a partir das 15h (sex.). → www.fundicaoprogresso.com.br.

MULHERES DE HOLLANDA. Na estrada desde 2006, o grupo vocal recria canções de Chico Buarque com o auxílio apenas das vozes de Ana Cuba, Eliza Lacerda, Karla Boechat, Malu Von Krüger e Marcela Mangabeira. No show Imagina Ela, aparecem, entre outras, Roda Viva. 16 anos. Teatro Rival Petrobras (472 lugares). Rua Álvaro Alvim, 33, Cinelândia, ☎ 2240-4469, ? Cinelândia. Quinta (8), 19h30. R$ 40,00. Bilheteria: 15h/21h (seg. a qua.); a partir das 15h (qui.). TT.

NEXT GENERATION FEST. Outro festival que agita a lona da Lapa, é dedicado ao pop de bandas teen em ascensão no cenário mundial. Todas são americanas, sendo a mais antiga A Rocket to the Moon, que atualmente tem a chancela do mesmo selo do Paramore. Liderado pelo cantor e multi-instrumentista Jordan Witzigreuter, o The Ready Set tem um som com influência punk. O quinteto We Are The In Crowd fecha a seleção. 14 anos. Circo Voador (2?000 pessoas). Arcos da Lapa, s/nº, Lapa, ☎ 2533-0354. → Domingo (11), 18h. R$ 60,00. Bilheteria: 12h/19h (ter. a qui.); 12h/0h (sex.); 21h/0h (sáb.); a partir das 17h (dom.). IC.

QUARTETO PRIMO. Bela homenagem ao cantor e compositor Dorival Caymmi (1914-2008), o disco Dorival serve de base para a apresentação do grupo vocal formado por quatro integrantes da família Von Krüger: Rogério (tenor), Matheus (baixo), Malu (contralto) e Eliza Lacerda (soprano). Além de Quem Vem pra Beira do Mar e Vou Vê Juliana, ambas no CD, ao vivo entram Santa Clara Clareou e A Jangada Voltou Só. Tributo de Gilberto Gil ao conterrâneo, Buda Nagô abre os trabalhos. O maestro Muri Costa comanda o grupo e toca violão. Livre. Centro Cultural da Justiça Federal (140 lugares). Avenida Rio Branco, 241, Centro, ☎ 3261-2550, ? Cinelândia. Quarta (7), 19h. R$ 30,00. → www.ccjf.tfr2.gov.br.

QINHO. Autor de um pop melódico, o cantor e guitarrista lança O Tempo Soa, com dez faixas inéditas, exceto Morena, raridade do baú de Gonzaguinha (1945-1991) gravada com a participação da cantora Elba Ramalho. Também participaram do disco, o segundo solo de Qinho, Mart?nália, Amora Pêra e Fernanda Gonzaga. 18 anos. Studio RJ (300 pessoas). Avenida Vieira Souto, 110, 1º andar, Ipanema, ☎ 2523-1204, ? General Osório. Sábado (10), 22h30. R$ 50,00. www.studiorj.org.

QUINTETO VENTO EM MADEIRA. Formado por Tiago Costa (piano), Fernando Demarco (contrabaixo), Edu Ribeiro (bateria), Léa Freire (flauta) e Teco Cardoso (sax e flauta), o grupo paulistano traz pela primeira vez ao Rio o seu som instrumental com altas doses de improviso. Participação da cantora Mônica Salmaso. 18 anos. Studio RJ (170 lugares). Avenida Vieira Souto, 110, 1º andar, Ipanema, ☎ 2523-1204, ? General Osório. Terça (6), 21h30. R$ 60,00.

ROBERTA SÁ. Consagrada como a melhor cantora de MPB no último Prêmio da Música Brasileira, a intérprete de voz doce lança seu terceiro disco-solo. Segunda Pele tem uma pegada mais pop e arranjos assinados pelo maestro Mario Adnet e pelo produtor Rodrigo Campelo. Além de canções de companheiros de geração, há uma regravação de Deixa Sangrar. Roberta sobe ao palco ao lado de Antônia Adnet (violão de seis e sete cordas), Sacha Amback (teclados e programações), André Rodrigues (baixo), Paulino Dias (percussão), Edu Neves (flauta e sax), Élcio Cáfaro (bateria) e Moisés Alves (trompete e flugelhorn). 18 anos. Fundição Progresso (1?500 pessoas). Rua dos Arcos, 24, Lapa, ☎ 2220-5070. Sábado (10), 23h30. R$ 50,00. Bilheteria: 15h/18h (seg. a sex.); a partir das 15h (sáb.). → www.fundicaoprogresso.com.br.

RODRIGO SANTOS. O baixista do Barão Vermelho desenvolve sólido trabalho-solo. Seus dois primeiros álbuns têm belas canções próprias influenciadas pela sonoridade da década de 60, parte delas incluída no DVD Ao Vivo em Ipanema, gravado no Teatro Ipanema e no Arpoador. O lançamento do disco terá as participações de Leoni, Jerry Adriani, Roberto Menescal, Tico Santa Cruz e Miele. 16 anos. Teatro Rival Petrobras (472 lugares). Rua Álvaro Alvim, 33, Cinelândia, ☎ 2240-4469, ? Cinelândia. Quarta (7), 19h30. R$ 40,00. Bilheteria: 15h/21h (seg. e ter.); a partir das 15h (qua.). TT.

SEXTETO SOBRENATURAL E ANA COSTA. Com o sexteto, formado por Bebe Kramer (acordeão), Carlinhos 7 Cordas (violão), Edgar Araújo (bateria), Dirceu Leite (flauta), Gabriel Grossi (gaita) e Márcio Almeida (cavaquinho), a cantora faz o primeiro show aberto ao público da nova casa de espetáculos da cidade, no Catete. No repertório, releituras caprichadas de clássicos da música brasileira. 16 anos. Casarão Ameno Resedá (250 pessoas). Rua Bento Lisboa, 4, Catete, ☎ 2556-2427. Quinta (8), 20h. R$ 60,00 (pista) e R$ 80,00 (mesa). Cc: todos. Cd: todos. IR.

SILVA SOUL. Formada por Beto Grizendi (guitarra e vocais), Marcelo Castro (baixo), Fábio Ramiro (teclado), Ângelo Goulart (bateria) e Anderson Fofão (percussão e pickups), a banda mineira dedica-se ao soul e ao samba. Além de canções próprias, reverencia o misticismo do disco Racional, de Tim Maia. Antes e depois o DJ Sirdema põe a galera para dançar. 18 anos. Studio RJ (300 pessoas). Avenida Vieira Souto, 110, 1º andar, Ipanema, ☎ 2523-1204, ? General Osório. Quarta (7), 21h30. R$ 40,00. www.studiorj.org.

THE BALCONY PLAYERS. Com integrantes da Holanda, da Bélgica, do Peru e dos Estados Unidos, o grupo de música cigana comanda um animado espetáculo que conta com temas próprios, além de uma composição brasileira: Pagode Russo (Luiz Gonzaga), com direito a sotaque carregadíssimo. 18 anos. Santo Scenarium (120 lugares). Rua do Lavradio, 36, Centro, ☎ 3147-9007. Sábado (10), 21h30. R$ 10,00. Cc: todos. Cd: todos.

VICTOR E LÉO. Fenômeno de venda no Brasil, a dupla de cantores galãs é considerada a precursora do sertanejo universitário, mas escapa ao rótulo e apresenta repertório autoral que, por vezes, flerta com as modas de viola de Sérgio Reis, Renato Teixeira e Almir Sater. Em outros momentos, lembra mais o country americano. No repertório entram sucessos da carreira, entre eles Boa Sorte pra Você. 15 anos. Citibank Hall (3?336 pessoas). Avenida Ayrton Senna, 3000 (Shopping Via Parque), Barra, ☎ 4003-6464. Sexta (9), 22h. R$ 70,00 (mesa lateral) a R$ 250,00 (camarote e mesa vip). Bilheteria: 12h/20h (seg. a qui.); a partir das 12h (sex.). Cc: todos. Cd: R e V. TM. →

ZÉLIA DUNCAN. Gravados no belo Theatro Municipal de Niterói, o CD e DVD Pelo Sabor do Gesto ? Em Cena é o registro ao vivo do último disco da cantora, lançado em 2009. No repertório cabem novidades, a exemplo de Tom do Amor, composta a quatro mãos com Paulinho Moska, e Borboleta, parceria com Alice Ruiz e Arnaldo Antunes. 16 anos. Teatro Rival Petrobras (472 lugares). Rua Álvaro Alvim, 33, Cinelândia, ☎ 2240-4469, ? Cinelândia. Sexta (9) e sábado (10), 19h30. R$ 60,00 (setor B) e R$ 70,00 (setor A). Bilheteria: 15h/21h (seg. a qui.); a partir das 15h (sex. e sáb.). TT.

EM CARTAZ

BOSSA JAZZ E MUITO MAIS. Um dos idealizadores do evento que agita o restaurante do Hotel Marina Palace, o contrabaixista Reinaldo, do Casseta & Planeta, é a atração de sábado (10), ao lado de Sergio Fayne (piano), Fernando Clark (guitarra) e Chico Pessanha (bateria), seus colegas na Companhia Estadual de Jazz. Na quinta (8), as compositoras e instrumentistas Ana Luiza Cavalcanti e Sonia Bessa misturam ritmos brasileiros com batidas eletrônicas e, na sexta (9), é a vez de o grupo Tutti conferir ares de jazz a repertório de música clássica. 18 anos. Vizta (80 lugares). Avenida Delfim Moreira, 630, Leblon (Hotel Marina Palace), ☎ 2172-1089. Quinta (8), 21h15. R$ 30,00. Sexta (9) e sábado (10), 21h15. R$ 40,00.

A FEBRE DO SAMBA. Dividido em duas partes, uma na terça e a outra na quinta, o espetáculo resgata a história dos sambas-enredo. O primeiro ato é aberto com Ando Sofrendo, que a Deixa Falar, considerada a primeira escola de samba da cidade, desfilou em 1929, e segue até 1976, com Sonhar com Rei Dá Leão, da Beija-Flor. No outro dia, o grupo chega a 1999, com O Dono da Terra, da Unidos da Tijuca, e Araxá, Lugar Alto Onde Primeiro Se Avista o Sol, da Beija-Flor. A direção musical é de Guilherme Gonçalves. Pelo palco desfilam treze percussionistas, cantores e passistas. 16 anos. Teatro Sesi (350 lugares). Avenida Graça Aranha, 1, Centro, ☎ 2563-4163, ? Cinelândia. Terça (6) e quinta (8), 19h. R$ 5,00. Bilheteria: a partir das 12h (ter. e qui.).

Fonte: VEJA RIO