ROTEIRO DA SEMANA

Shows

Confira os melhores shows e concertos que vão rolar na cidade nesta semana

Por: Rachel Sterman - Atualizado em

ALMIR SATER. O violeiro sul-matogrossense comemora trinta anos de carreira mostrando o repertório de seu último disco, 7 Sinais. Sater divide o palco com Rodrigo Sater (violão), Marcelus Anderson (acordeão), Guilherme Cruz (violão), Reginaldo Feliciano (baixo acústico) e Giselle Sater (backing vocal) num passeio por folk à brasileira, além da música de fronteira. 12 anos.

Theatro Net Rio ? Sala Tereza Rachel (704 lugares). Rua Siqueira Campos, 143 (Shopping dos Antiquários), sobreloja, ☎ 2147-8060 e 2148-8060. Terça (29), 21h. R$ 140,00 (balcão) e R$ 180,00 (plateia e frisas). Bilheteria: a partir das 10h (ter.). IR. www.theatronetrio.com.br.

ANDRÉ SAMPAIO E OS AFROMANDINGAS. Guitarrista da banda Ponto de Equilíbrio, Sampaio mostra seu trabalho-solo, Desaguou, ao lado do grupo Os Afromandingas. No repertório próprio, mistura referências do jazz americano, reggae jamaicano, ritmos brasileiros e batidas da música africana. 18 anos.

Studio RJ (300 pessoas). Avenida Vieira Souto, 110, 1º andar, Ipanema, ☎ 2523-1204, ? General Osório. Sexta (1º), 22h. R$ 40,00. Bilheteria: a partir das 21h (sex.). www.studiorj.org.

BEATRIZ AZEVEDO. Parceira de nomes como Tom Zé e Vinicius Cantuária, a poetisa, cantora e compositora apresenta pela primeira vez no Rio o AntroPOPhagia. Além de composições e arranjos próprios, o espetáculo, que estreou no Lincoln Center, em Nova York, conta com projeções e poemas. Livre.

Espaço Sesc ? Teatro de Arena (240 lugares). Rua Domingos Ferreira, 160, Copacabana, ☎ 2547-0156. Terça (29) e quarta (30), 20h30. R$ 20,00. Bilheteria: a partir das 15h (ter. e qua.). www.sescrio.org.br.

BRASÍLIA 6 POR 3. O projeto tem como principal objetivo mostrar em várias cidades brasileiras o trabalho de instrumentistas da capital federal. Entre quarta (30) e sexta (1º), duos como o Mandrágora, dos violonistas Daniel Sarkis e Jorge Brasil, além das formações de Oswaldo Amorim (baixo) e Paulo André (violão) e de Junior Ferreira (acordeão) e Vitor Angeleas (bandolim), apresentam, em meia hora cada um, seus repertórios autorais. Livre.

Sala Funarte Sidney Miller (197 lugares). Rua da Imprensa, 16 (Palácio Capanema), térreo, Centro, ☎ 2279-8104. Quarta (30) a sexta (1º), 18h30. Grátis. Distribuição de ingressos a partir das 15h (qua. a sex.).

BOSSACUCANOVA. Alex Moreira, Marcelinho da Lua e Marcio Menescal exibem Nossa Onda É Essa!, disco que marcou os quinze anos de estrada do grupo. Em uma interessante mistura de violão com acordes retirados de vinis sampleados, o trio mostra seu repertório de samba, maracatu, rock, funk e soul, além de receber os convidados Carlos Lyra, Marcos Valle, Roberto Menescal, Leo Gandelman e Wilson Simoninha. 16 anos.

Miranda (200 lugares). Avenida Borges de Medeiros, 1424 (2º piso), Lagoa, ☎ 2239-0305. Terça (29), 21h30. R$ 40,00 e R$ 80,00. Bilheteria: 12h/18h (dom. e seg.); a partir das 10h (ter.). IC. www.mirandabrasil.com.br.

OS CARIOCAS. O grupo vocal hoje formado pelo fundador, Severino Filho, além de Fábio Luna, Neil Teixeira e Eloi Vicente, lança Estamos Aí, septuagésimo registro em mais de sessenta anos de estrada. Entre as pérolas do repertório, o quarteto defende Madame Quer Sambar, de Joyce Moreno, Menescal e Carlos Lyra, e Eu e a Brisa, de Johnny Alf. 16 anos.

Teatro Rival Petrobras (400 lugares). Rua Álvaro Alvim, 33, Cinelândia, ☎ 2240-4469, ? Cinelândia. Sábado (2), 19h30. R$ 70,00. Bilheteria: 15h/21h (seg. a sex.); a partir das 15h (sáb.). IC. www.rivalpetrobras.com.br.

CARLOS DAFÉ. No espetáculo Bem-vindo ao Baile, o soulman convida Gerson King Combo, Roberta Espinosa e Marquinho, o Sócio (do programa The Voice), para comemorar seus 66 anos. 16 anos.

Teatro Rival Petrobras (400 lugares).

Rua Álvaro Alvim, 33, Cinelândia,

☎ 2240-4469, ? Cinelândia. Terça (29), 19h30. R$ 50,00. Bilheteria: 15h/21h (seg.); a partir das 15h (ter.). IC. www.rival­petrobras.com.br.

CASUARINA E ROBERTA SÁ. Daniel Montes (violão de sete cordas e arranjos), Gabriel Azevedo (voz e pandeiro), João Cavalcanti (voz e percussão), João Fernando (bandolim, vocais e arranjos) e Rafael Freire (cavaquinho e vocais) apresentam o disco 10 Anos de Lapa, com repertório que vai de gafieira a samba de roda. Na mesma noite, Roberta Sá reúne canções de seu quinto CD, Segunda Pele, do show O Baile da Rosa, que estrelou no Carnaval, e de álbuns anteriores. 18 anos.

Fundição Progresso (4?000 pessoas).

Rua dos Arcos, 24, Lapa, ☎ 2220-5070. → Sexta (1º), 0h. R$ 60,00 (1º lote). Bilheteria: 15h/18h (seg. a qui.); a partir das 15h (sex.). www.fundicaoprogresso.com.br.

COPAFEST 2013. Leia em Veja Rio Recomenda.

MACAU. Cria dos anos 70, como integrante da banda Paulo Bagunça e a Tropa Maldita, o cantor e compositor comemora o mês do Orgulho Negro apresentando Macau, Do Jeito que Sua Alma Entende, seu mais recente disco. Além de temas mais recentes, ele defende sucessos próprios, a exemplo de Olhos Coloridos (Sarará Crioulo), conhecido na voz de Sandra de Sá. 18 anos.

Studio RJ (300 pessoas). Avenida Vieira Souto, 110, 1º andar, Ipanema, ☎ 2523-1204, ? General Osório. Quinta (31), 21h. R$ 40,00. Bilheteria: a partir das 20h (qui.). www.studiorj.org.

MARÍLIA BESSY E NEY MATOGROSSO. A bem-sucedida parceria virou o CD/DVD Infernynho. No espetáculo homônimo, que deu origem ao trabalho, a dupla mostra afinidades em repertório dançante e sexy, com as canções Doce Devassa e Vela, do álbum da cantora, além de sucessos da MPB. Estão na lista temas que Ney não canta há muitos anos, a exemplo de Amor Objeto, Por Debaixo dos Panos e Açúcar Candy. Juntos, eles entoam O Meu Sangue Ferve por Você. 12 anos.

Theatro Net Rio ? Sala Tereza Rachel (704 lugares). Rua Siqueira Campos, 143 (Shopping dos Antiquários), sobreloja, ☎ 2147-8060 e 2148-8060. Quarta (30), 21h. R$ 100,00 (balcão) e R$ 150,00 (plateia e frisas). Bilheteria: 10h/22h (seg. e ter.); a partir das 10h (qua.). IR. www.theatronetrio.com.br.

NAYAH. Siga o Vento, disponível para download em sitenayah.com.br, é o novo álbum da banda de pop-reggae carioca, produzido por Artur Maia, baixista de Gilberto Gil. O grupo defende, entre outras, o primeiro single de trabalho: A Vida Não Pode Ser pela Metade. 18 anos.

Studio RJ (300 pessoas). Avenida Vieira Souto, 110, 1º andar, Ipanema, ☎ 2523-1204, ? General Osório. Sexta (1º), 22h. R$ 40,00. Bilheteria: a partir das 21h (sex.). www.studiorj.org.

NOVÍSSIMOS COPAFEST. O CopaFest, que começa na quinta (31), no Copacabana Palace, promoveu nesta edição um concurso para eleger os melhor grupos instrumentais do Brasil. O vencedor se apresenta no festival, enquanto três dos finalistas ganharam espaço na noite Jazzmania do Studio RJ. São eles: Quarteto Coda, Quarteto Thaigo Carreri e Brasilidade Geral. 18 anos.

Studio RJ (300 pessoas). Avenida Vieira Souto, 110, 1º andar, Ipanema, ☎ 2523-1204, ? General Osório. Terça (29), 21h30. R$ 40,00. Bilheteria: a partir das 20h30 (ter.). www.studiorj.org.

PÉRICLES. Em seu novo CD e DVD, Os Arcos da Lapa, o ex-vocalista do Exaltasamba homenageia o pagode dos anos 90 e o Rio. Além de sucessos do grupo, aparecem no programa canções de seu primeiro DVD, Sensações, e catorze faixas inéditas, a exemplo de Se Eu Largar o Freio. 15 anos.

Citibank Hall (2?880 lugares). Avenida Ayrton Senna, 3000 (Shopping Via Parque), Barra. Informações, ☎ 0300 7896846 (9h/21h). Sábado (2), 23h.

R$ 90,00 (poltrona) a R$ 180,00 (camarote e mesa setor vip). Bilheteria: 12h/20h (seg. a sex.); a partir das 12h (sáb.). Estac.

(R$ 8,00). → www.ticketsforfun.com.br. www.citibankhall.com.br.

ROBERTO MENESCAL, MARCOS VALLE, WANDA SÁ E PATRICIA ALVI. No encerramento da série Rio Bossa Nova Festival, o anfitrião Roberto Menescal reúne colegas para interpretar composições como Vagamente, Telefone, Rio e O Barquinho. 16 anos.

Miranda (350 lugares). Avenida Borges de Medeiros, 1424 (2º piso), Lagoa, ☎ 2239-0305. Sábado (2), 21h. R$ 100,00. Bilheteria: 12h/18h (dom. e seg.); 10h/21h (ter. a sex.); a partir das 10h (sáb.). IC. www.mirandabrasil.com.br.

SAMBA EM 4 TEMPOS. No projeto, quatro grupos se revezam no palco para dar conta da história da batucada, representada por vários de seus clássicos, das origens aos dias de hoje. Seguem responsáveis pelos primórdios do samba os integrantes do Anjos da Lua, que relembra Pelo Telefone, marco zero de Donga e Mauro Almeida registrado em 1917. Liderado por Nilze Carvalho (voz, cavaquinho e bandolim), o Sururu na Roda passeia pelo pe­río­do das décadas de 40 a 70. Para relembrar os anos 80 e 90, o Batuque na Cozinha defende sucessos de João Nogueira. No encerramento, o sexteto Galocantô interpreta a safra mais recente das rodas de samba.

Circo Voador (2?000 lugares). Arcos da Lapa, s/nº, Lapa, ☎ 2533-0354. Sábado (2), 23h. R$ 60,00. Bilheteria: 12h/19h (ter. a qui.); 12h/0h (sex.); a partir das 14h (sáb.). IC. www.circovoador.com.br.

CONCERTOS

GRAVÍSSIMO BASS ENSEMBLE. Formado por quatro contrabaixistas, além de uma pianista e um baterista, o grupo faz apresentação gratuita para lançar seu CD de estreia. O disco reúne interpretações para temas consagrados, como Eleonor Rigby (Lennon & McCartney) e Witchcraft (Cy Coleman), além de trabalhos autorais, a exemplo de Bass Blue, de Lipe Portinho.

Forte Copacabana (200 lugares). Praça Cel. Eugenio Franco, 1, Copacabana, ☎ 2274-5917. Terça (29), 18h. Grátis.

OSB ÓPERA & REPERTÓRIO. Guiado pelo maestro Abel Rocha, o conjunto visita os repertórios das óperas Trouble in Tahiti, de Leonard Bernstein, e O Segredo de Susana, do italiano Ermanno Wolf-Ferrari.

Theatro Municipal (2?244 lugares). Praça Marechal Floriano, s/nº, Centro, ☎ 2332-9191, ? Cinelândia. Quinta (31), 20h. R$ 20,00 (galeria) a R$ 140,00 (balcão nobre). Bilheteria: 10h/18h (seg. a qua.); a partir das 10h (qui. a dom.).

PACO DE LUCÍA. Leia em Veja Rio Recomenda.

VI FESTIVAL INTERNACIONAL DE SOPROS. Concebido para celebrar os 16 anos do projeto Música no Museu, o festival leva, de graça, 32 concertos a diferentes palcos da cidade. Protagonizada por instrumentos como o oboé, o fagote, a clarineta e a flauta, a programação será aberta pela Orquestra da Providência, no Centro Cultural Light. Sob regência de Anderson Alves, o grupo apresenta obras de Schumann (Kinderszenen) e Handel (The Arrival of the Queen of Sheba), entre outros.

Centro Cultural Light (182 lugares). Rua Marechal Floriano, 168, Centro, ☎ 2211-4515. Sexta (1º), 12h30. Grátis. Senhas distribuídas meia hora antes. Veja a programação completa em www.musicanomuseu.com.br.

Fonte: VEJA RIO