ROTEIRO DA SEMANA

Shows

Por: Rafael Sento Sé - Atualizado em

CARLOS LYRA E NILZE CARVALHO. Recém-chegado da Europa, o cantor, compositor e violonista divide o palco com um talento do samba, a líder do grupo Sururu na Roda, na próxima edição da série A Bossa do Samba. Ao lado de Ricardo Costa (bateria e percussão), Dirceu Leite (sax, flauta e clarinete), Jorge Helder (contrabaixo) e Márcio Hulk (violão e cavaquinho), Lyra, pioneiro do banquinho e violão, abre os trabalhos com três canções próprias e recebe Nilze para outras três. Na parte final, dedicada ao samba, a dupla interpreta Zé Keti (1921-1999). 14 anos. Oi Futuro Ipanema (120 lugares). Rua Visconde de Pirajá, 54, Ipanema, ☎ 3201-3010, ? General Osório. Sexta (19) e sábado (20), 21h; domingo (21), 20h. R$ 15,00. www.oifuturo.org.br.

CARLOS PONTUAL. Ex-guitarrista da banda Os Infernais, que acompanha o cantor e compositor Nando Reis, Pontual mostra trabalho autoral que mistura rock com soul, jazz, funk e samba-jazz. Ele forma um power trio com Thiago di Sabbato (baixo) e Fernando Jacutinga (bateria). 18 anos. Santo Scenarium (120 lugares). Rua do Lavradio, 36, Centro, ☎ 3147-9007. Quinta (18), 18h30. R$ 10,00. Cc: todos. Cd: todos. santoscenarium.blogspot.com.

14 BIS. Os mineiros sobem ao palco para mostrar sua consagrada mistura de rock progressivo, música vocal e MPB, presente no CD e DVD 14 Bis ao Vivo. No programa, Caçador de Mim, Espanhola e Bola de Meia, Bola de Gude. 16 anos. Teatro Rival Petrobras (472 lugares). Rua Álvaro Alvim, 33, ? Cinelândia, ☎ 2240-4469, Cinelândia. Sexta (19) e sábado (20), 19h30. R$ 50,00 (setor B) e R$ 60,00 (setor A). Bilheteria: 15h/21h (seg. a qui.); a partir das 15h (sex. e sáb.). TT.

CLARICE MAGALHÃES E PEDRO HOLANDA. A pandeirista e o violonista lançaram no ano passado seus respectivos discos-solo de estreia ? os álbuns balizam o repertório da apresentação. Completam a formação Cassius Theperson, na bateria, Julio Florindo, no baixo, Alfredo Alves, na percussão, Denize Rodrigues, nos sopros, e Guilherme Lopes, no cavaquinho e no acordeão. 18 anos. Centro Cultural Carioca (200 lugares). Rua do Teatro, 37, Centro, ☎ 2252-6468, ? Carioca. Terça (16), 20h. R$ 15,00. Cd: R e V. www.centroculturalcarioca.com.br.

CLIFF KORMAN TRIO. Pupilo de Ron Carter, o pianista nova-iorquino radicado no Rio ganhou notoriedade por aqui depois de gravar Gafieira Jazz com o saxofonista Paulo Moura (1933-2010). Ao lado do baixista Jefferson Lescowich e do baterista Robertinho Silva, traz na bagagem De Ton Para Tom (Toninho Horta), Fall (Wayne Shorter), Driftin? (Herbie Hancock) e Corta-Jaca (Chiquinha Gonzaga). 18 anos. Santo Scenarium (120 lugares). Rua do Lavradio, 36, Centro, ☎ 3147-9007. Sexta (19), 20h30. R$ 10,00. Cc: todos. Cd: todos.

DUETOS DE JAZZ. Depois de sediar a primeira edição do Savassi Festival na cidade, o espaço em Copacabana volta a receber programação dedicada ao jazz. Parceiros do Arranco de Varsóvia, a cantora Andrea Dutra e o pianista Paulo Malaguti sobem ao palco na sexta (19). No sábado (20) e no domingo (21), as atrações são respectivamente os cantores Astrid Prange e Glauco Lourenço que, à frente de um quarteto, prestam tributo a Chet Baker, e os também cantores Taryn Szpilman e Claudio Pinheiro. Livre. Sala Baden Powell (508 lugares). Avenida Nossa Senhora de Copacabana, 360, Copacabana, ☎ 2255-1067, ? Cardeal Arcoverde. Sexta (19) a domingo (21), 20h. R$ 30,00. Bilheteria: 15h/18h (ter. a qui.); a partir das 15h (sex. a dom.). blogdabaden.blogspot.com.

EDUARDO POYARES. De voz grave, o cantor que já se dedicou a repertório de standards americanos apresenta as composições próprias do disco homônimo. 18 anos. Lapa Café (180 lugares). Avenida Gomes Freire, 457, Lapa, ☎ 3971-6812. Quinta (18), 21h. R$ 20,00. Cc: todos.

ELZA SOARES E FAROFA CARIOCA. A diva negra de voz rouca lidera o grupo que despontou no fim da década de 90 misturando samba e funk. No repertório estão sucessos da carreira de Elza e outros do grupo, a exemplo de Carolina e São Gonça, ambos assinados pelo ex-integrante Seu Jorge. 18 anos. Teatro Rival Petrobras (472 lugares). Rua Álvaro Alvim, 33, Cinelândia, ☎ 2240-4469, ? Cinelândia. Sábado (20), 23h30. R$ 50,00. Bilheteria: 15h/21h (seg. a sex.); a partir das 15h (sáb.). TT.

ESQUINAS. Influenciado por maracatu, reggae e rock, o trio integrado por Benê Maia (voz e e guitarra), Digão (baixo) e Herick Murad (bateria) mostra composições próprias como Beira de Rio, Viagem ao Centro da Terra e Invasão. 16 anos. Sesc Rio Casa da Gávea (80 lugares). Praça Santos Dumont, 116, Gávea, ☎ 2239-3511. Quarta (17), 21h. R$ 30,00.

GABI BUARQUE. Com participação de Marcos Sacramento, na sexta (19), e Alfredo Del-Penho, no sábado (20), a cantora de voz suave lança Deixo-me Acontecer, disco com temas próprios e obras de nomes consagrados como Vinicius de Moraes e Dorival Caymmi. Ela divide o palco com Miguel Martins (violão), Joana Queiroz (clarineta), Rodrigo Ferreira (baixo), Helbe Machado (bateria) e Anderson Balbueno (percussão). Livre. Centro Municipal de Referência de Música Carioca (156 lugares). Rua Conde de Bonfim, 824, Tijuca, ☎ 3238-3831. Sexta (19) e sábado (20), 19h. R$ 16,00. Bilheteria 10h/18h (ter. a qui.); a partir das 10h (sex. e sáb.).

GAFIEIRA NA SURDINA. Formado por instrumentistas egressos dos bancos das escolas de música da Uni-Rio e da UFRJ, o grupo prepara arranjos dançantes para Noel Rosa, Chico Buarque e Djavan. As versões podem ganhar toques de samba, maxixe, baião, jazz e choro. Além da cantora Roberta Lima, oito músicos integram o conjunto. Livre. Auditório do BNDES (300 lugares). Avenida Chile, 100, Centro, ☎ 2172-7757, ? Carioca. → Quinta (18), 19h. Grátis. Distribuição de senhas uma hora antes.

HERMANOS IRMÃOS. O universo pantaneiro serve de inspiração para o trio, atração da série Música do Brasil Central. Jerry Espíndola, Márcio de Camillo e Rodrigo Teixeira cantam e tocam violões e violas em temas próprios que flertam com o folk, o country e o rock rural. Abrem o espetáculo com Los Hermanos, clássico do argentino Atahualpa Yupanqui imortalizado pela voz de Mercedes Sosa. Livre. Teatro II do CCBB (155 lugares). Rua Primeiro de Março, 66, Centro, ☎ 3808-2020. Terça (16), 12h30 e 19h. R$ 6,00. Bilheteria: a partir de 9h (ter.). → www.bb.com.br/cultura.

JAY VAQUER. Depois de protagonizar o musical Cazas de Cazuza (2000), o cantor e compositor lançou seu CD de estreia com a mistura de pop e rock que caracteriza sua carreira até hoje. Volta à cena para lançar Umbigobunker!?, quinto disco de estúdio, com participação de Maria Gadú. 16 anos. Vivo Rio (2 000 lugares). Avenida Infante Dom Henrique, 85, Aterro do Flamengo, ☎ 2272-2900. Sexta (19), 22h. R$ 80,00 (pista) a R$ 160,00 (camarote A). Estac. c/manobr. (R$ 20,00). IR. www.vivorio.com.br.

JEFF GARDNER. À frente de um trio de craques formado por Pedro Franco (violão de sete cordas), Sergio Krakowski (pandeiro) e Luis Barcelos (bandolim), o pianista americano apresenta choros e valsas. Livre. Centro Cultural Ibeu (110 lugares). Avenida Nossa Senhora de Copacabana, 690, 11º andar, Copacabana, ☎ 3816-9400, ? Siqueira Campos. Quinta (18), 19h. Grátis. Distribuição de senhas uma hora antes.

LEONI. Em formato voz e violão, o autor do hit romântico Garotos apresenta este e outros sucessos da carreira, sob a cúpula Carl Sagan, palco do projeto Astros em Cena. Estão garantidas algumas dos tempos de Kid Abelha e do Heróis da Resistência, além de novidades como Dá pra Rir e Dá pra Chorar e É Proibido Sofrer. 14 anos. Planetário (260 lugares). Rua Vice-Governador Rubens Berardo, 100, Gávea, ☎ 2274-0046. Sexta (19), 20h. Grátis. Distribuição de senhas duas horas antes.

LUIZ ROBERTO ZAMITH. Acompanhado por Roberto Ovalle (teclados), Paulo Teles (flauta), Ronaldo Diamante (baixo), Luisinho Sobral (bateria) e Luciana Zippinotti (vocal), o guitarrista mistura influências de música erudita, rock progressivo e jazz. No programa, composições próprias e de Steve Hackett. Livre. Sala Baden Powell (508 lugares). Avenida Nossa Senhora de Copacabana, 360, Copacabana, ☎ 2255-1067, ? Cardeal Arcoverde. Quarta (17), 20h. R$ 20,00. Bilheteria: 15h/18h (ter.); a partir das 15h (qua.). blogdabaden.blogspot.com.

MAÍRA FREITAS. Pianista de formação erudita, a moça é filha de Martinho da Vila e irmã mais nova de Mart?nália. Depois de gravar O Último Desejo num disco do pai em homenagem a Noel Rosa, a cantora foi convidada a lançar um disco de música popular e abraçou a chance. Lançado neste ano, o CD homônimo de estreia serve de base para a apresentação que, além da paterna Disritmia, tem Mambembe, de Chico Buarque, e Recado, de Gonzaguinha. Ao lado de Humberto Mirabelli (guitarra), Zé Luis Maia (baixo acústico), Joana Queiroz (sopros), André Siqueira (percussão) e Cassius Theperson (bateria), Maíra também apresenta três canções próprias. Com participação dos cantores Moyséis Marques e Qinho. Em cartaz às terças de agosto. 16 anos. Teatro Rival Petrobras (472 lugares). Rua Álvaro Alvim, 33, Cinelândia, ☎ 2240-4469, ? Cinelândia. Terça (16), 19h30. R$ 40,00. Bilheteria: 15h/21h (seg.); a partir das 15h (ter.). TT. www.rivalpetrobras.com.br.

MÁRIO SÈVE E DAVID GANC. Depois de estudar gravações antológicas do saxofonista Pixinguinha e do flautista Benedito Lacerda, a dupla recuperou as melodias originais de algumas pérolas do choro. O resultado está no segundo volume do CD e songbook de Sève e Ganc, com pérolas como Aguenta Seu Fulgêncio, André de Sapato Novo, Atraente, Cheguei, Cochichando, Displicente, Ele e Eu, Língua de Preto, Matuto, O Gato e o Canário, Só para Moer e Urubatã. Livre. Toca do Vinicius. Rua Vinicius de Moraes, 129, Ipanema, ☎ 2247-5227. Domingo (21), 19h. Grátis.

MONARCO. Portelense de carteirinha, o cantor e compositor gravou seu primeiro disco de estúdio aos 43 anos, em 1976. É uma autoridade em histórias e causos do samba e autor de alguns clássicos gravados por Zeca Pagodinho, como Coração em Desalinho e Vai Vadiar. Monarco completa 75 anos na quarta (17), mas a comemoração no palco acontece no dia seguinte. 16 anos. Teatro Rival Petrobras (472 lugares). Rua Álvaro Alvim, 33, Cinelândia, ☎ 2240-4469, ? Cinelândia. Quinta (18), 19h30. R$ 50,00. Bilheteria: 15h/21h (seg. a qua.); a partir das 15h (qui.). TT.

NERVOSO E OS CALMANTES. A nova formação da banda conta com Gustavo Schroe­ter na bateria e volta ao palco após quase dois anos. No repertório, canções dos dois primeiros discos: Saudade das Minhas Lembranças (2004) e Eu que Não Estou Mais Aqui (2009). 14 anos. Solar de Botafogo (160 lugares). Rua General Polidoro, 180, Botafogo, ☎ 2541-1941. Quarta (17), 21h30. R$ 40,00.

ROBERTINHO SILVA. O requisitado baterista comemora 70 anos ao vivo, interpretando composições de Edu Lobo e Baden Powell, entre outros, na companhia de convidados como Wagner Tiso, João Donato, Nivaldo Ornelas e Mauro Senise. Livre. Sala Baden Powell (508 lugares). Avenida Nossa Senhora de Copacabana, 360, Copacabana, ☎ 2255-1067, ? Cardeal Arcoverde. Quinta (18), 19h. R$ 20,00. Bilheteria: 15h/18h (ter. e qua.); a partir das 15h (qui.). blogdabaden.blogspot.com.

SANTA MÚSICA ACONTECE. Inspirado no festival parisiense Fête de la Musique, o evento que estava previsto para acontecer em junho, com 100 atrações musicais ao longo do fim de semana, foi cancelado e ganha uma versão enxuta com três nomes: os grupos Mulheres de Chico, com releituras em ritmo de batucada para a obra de Chico Buarque; Eletrompete, que mistura jazz, música brasileira e ritmos eletrônicos; e Mohandas, marcado pelo apelo percussivo de sua formação. O DJ Lucio K também anima a festa. 18 anos. Fundição Progresso (4 000 pessoas). Rua dos Arcos, 24, Lapa, ☎ 2220-5070. Sábado (20), 23h59. R$ 50,00. Bilheteria: 10h/13h30 e 14h/18h (seg. a qui.); 14h/0h (sex.); a partir das 14h (sáb.). → www.fundicaoprogresso.com.br.

SARAU DO YAMANDU. Produzida pela atriz Vera Fajardo, a noite procura transportar para o espaço na Gávea a atmosfera animada das reuniões musicais que acontecem na casa do violonista gaúcho. Pode-se esperar muito improviso e músicas de seu disco novo, Mafuá. 16 anos. Sesc Rio Casa da Gávea (80 lugares). Praça Santos Dumont, 116, Gávea, ☎ 2239-3511. Quinta (18), 21h. Grátis.

TCHE. O único brasileiro do trio é a pianista Fernanda Canaud. Seus dois colegas são americanos: o contrabaixista Bruce Henri e o oboísta Harold Emert. Juntos, dedicam-se à obra de Radamés Gnattali e do próprio Emert, dentro do projeto Re-Tocando. A apresentação é precedida por uma curta palestra sobre as fronteiras entre o jazz, o erudito e o choro, marcada para 19h. Livre. Espaço Cultural Eletrobrás Furnas (192 lugares). Rua Real Grandeza, 219, Botafogo, ☎ 2528-4334. Sexta (19), 19h30. Grátis. Distribuição de senhas uma hora antes.

TRIBUTO AO JAPÃO. Idealizado pelo cantor e compositor Pierre Aderne, o evento reúne feras da música brasileira para um concerto beneficente com renda revertida para a Cruz Vermelha do Japão. Além de Aderne, sobem ao palco Joyce, João Donato, Roberto Menescal, Wanda Sá, Wagner Tiso, Zé Renato, Pedro Luís, Edu Krieger, Moyseis Marques, Philippe Baden Powell, Marcos Suzano, Domenico Lancellotti, Kassin, Qinho e Jorge Helder. Livre. Teatro João Caetano (1?222 lugares). Praça Tiradentes, s/nº, Centro, ☎ 2332-9257. Terça (16), 20h. R$ 50,00. Bilheteria: a partir das 14h (ter.). IC.

TUC TUC. Folk e rock underground são os ingredientes de Every Loss Is Nothing, disco de estreia da banda formada pelos cariocas Cainã Bomilcar (percussão e bateria), André Jungs­tedt (vocal e baixo) e Guilherme Jungstedt (vocal e guitarra). Livre. Teatro Café Pequeno (110 lugares). Avenida Ataulfo de Paiva, 269, Leblon, ☎ 2294-4480. Quinta (18), 19h.

R$ 20,00. Bilheteria: 16h/21h (ter. e qua.); a partir das 16h (qui.). TT.

EM CARTAZ

ALL THAT JAZZ BAND. Assistir ao músico mineiro Alexis Andrade, de 87 anos, tocando com desenvoltura o trompete já vale o ingresso: Andrade acompanhou o papa Louis Armstrong (1901-1971) no Theatro Municipal. A partir daí tomou gosto pelo som vibrante do dixieland, vertente do jazz à qual se dedica ao lado do septeto. 18 anos. Santo Scenarium (120 lugares). Rua do Lavradio, 36, Centro, ☎ 3147-9007. Sábado (20), 21h30. R$ 10,00. Cc: todos. Cd: todos. santoscenarium.blogspot.com.

BOSSA JAZZ E MUITO MAIS. Idealizado por três amantes do jazz, entre eles o humorista e contrabaixista Reinaldo, do Casseta & Planeta, o evento traz a cantora Barbara Mendes e o grupo Bigorna Quarteto, na sexta (19), com repertório dedicado a Tom Jobim, Chico Buarque, Dorival Caymmi, Moacir Santos e Carlos Lyra. No sábado (20), é a vez do baixista, cantor e compositor Dadi Carvalho com sucessos da carreira solo e do grupo A Cor do Som. Ele ganha a companhia de Domenico Lancellotti (bateria) e Alberto Continentino (baixo). 18 anos. Vizta (80 lugares). Avenida Delfim Moreira, 630, Leblon (Hotel Marina Palace), ☎ 2172-1089. Sexta (19) e sábado (20), 21h30. R$ 30,00.

MOINHO. Trio de baianos radicados no Rio, Emanuelle Araújo, Lan Lan e Toni Costa mostram o pop solar do DVD Moinho Ao Vivo, gravado no Circo Voador. Entre seus sucessos estão Esnoba e Doida de Varrer, além de versões para Caetano Veloso, Dorival Caymmi e Novos Baianos. 18 anos. Lapa 40° (2?000 pessoas). Rua Riachuelo, 97, Lapa, ☎ 3970-1329/1334/1338. → Sexta (19), 23h59. Mulheres: R$ 40,00. Homens: R$ 50,00. Cc: V e M. www.lapa40graus.com.br.

PEDRO LUÍS E A PAREDE. Revelado no encontro de poesia e congêneres CEP 20?000, o grupo formado por Pedro Luís (voz, guitarra e violão), C.A. Ferrari (bateria e percussão), Celso Alvim (bateria e percussão), Mário Moura (baixo) e Sidon Silva (bateria e percussão) retorna ao palco onde tudo começou para comemorar 15 anos de carreira. Em temporada nas quintas de agosto, eles recebem um convidado a cada edição. O próximo é o pessoal da Orquestra Voadora. No repertório entram canções de Navilouca Ao Vivo (2008). 18 anos. Espaço Cultural Sérgio Porto (250 lugares). Rua Humaitá, 163, Humaitá, ☎ 2266-0896. Quinta (18), 20h. R$ 30,00.

Fonte: VEJA RIO