DIVERSÃO

É primavera!

Não vai faltar o que fazer. Listamos 50 programas para curtir no Rio a estação mais florida do ano, que começa no dia 23 de setembro

Por: Daniela Pessoa, Ernesto Neves e Louise Peres - Atualizado em

11 - Por falar em flores, aproveitar a temporada de alcachofra. A melhor época para a colheita desta flor é de agosto a novembro. Portanto, este é o melhor momento para consumi-la também. No Oliva, a alcachofra entra em cena em pratos como o risotto picante de alcachofra, tagliatelli com alcachofra e mignon e até mesmo pizza de alcachofra. As pedidas estão no bufê, que custa 26,90 reais para as mulheres e 29,90 reais para os homens, de segunda a sexta, ou 31,90 reais e 34,90, respectivamente, no sábado e no domingo. Entre as novidades do cardápio da Enoteca Uno, a alcachofra acompanha o filé de cordeiro, carne mais adocicada como a primavera pede, temperada com molho de vinho tinto e hortelã, servido com tagliolini ao alho e óleo (R$ 49,00). Como entrada, são servidos no Restaurante Arab corações de alcachofra orgânica fresca recheados de carne e regados com coalhada fresca, acompanhados por snoobar (pinholi) e torradas (R$ 15,00). Escolha uma mesa na varanda coberta e aprecie a vista da praia. Clique aqui para conhecer outros 10 restaurantes com vista fascinante.

Oliva. Avenida das Américas, 4666, 2º piso, Nível Américas Expansão, BarraShopping, tel. 2431-9510.

Enoteca Uno. Avenida Rio Branco, 1, Centro Empresarial Internacional Rio (RB1), Centro, tel. 2223-0070 e 3213-1900.

Restaurante Arab. Avenida Atlântica, 1936, Copacabana, tel. 2235-1884.

12 - Passar uma manhã desbravando o CADEG. O Centro de Abastecimento do Estado da Guanabara, em Benfica, tem um dos maiores mercados de flores do Rio, onde grandes hotéis, restaurantes e cerimonialistas encontram espécies de todos os tipos para arranjos - e mais baratas, porque vêm direto do fornecedor. No gigantesco galpão são comercializados também frutas, legumes e verduras fresquinhos. Esta época é boa para comprar mamão, manga, morango, jabuticaba, goiaba, banana prata, beterraba, pimentão, chuchu, vagem, entre outros. Termine o passeio com um almoço farto em um dos restaurantes tradicionais do centro, como a Adega Cesari.

CADEG. Rua Capitão Felix, 110, Benfica, tel. 3890-0202 e 3526-5717.

Adega Cesari. Rua Capitão Félix, 110, Avenida Central, 71, CADEG, tel. 3890-2038 e 3396-7873.

13 - Visitar a Ilha Fiscal à tarde. Contemplar as lindas paisagens do Rio é uma ótima pedida para os dias da meia-estação, mais bonitos e de clima muito mais agradável. Melhor ainda quando uma bela construção histórica como o castelinho neogótico da Ilha Fiscal completa o cenário. Clique aqui para conhecer 10 motivos para visitar a ilha.

14 - Levar a criançada à exposição Os Gigantes da Era do Gelo. Réplicas de 11 animais que viveram na Era Glacial serão exibidas no BarraShopping e no New York City Center do dia 21 de setembro ao dia 12 de outubro. As reproduções têm até quatro metros de altura e incluem o tigre dentes-de-sabre e o mamute. O material foi trazido de Praga, na República Tcheca. Onde: Lounge da Portaria I do BarraShopping e Praça de Eventos do New York City Center.

15 - Saborear peixes frescos. Primavera é tempo de frutas, legumes e verduras, mas também de peixes. No ¡Venga! a novidade é o pescado del día, servido apenas no almoço. Em uma vitrine, são expostos os mais frescos do dia, como pargo, robalo, cherne e anchova. Após a escolha da peça, que pode ter entre 350 e 700 gramas, é possível acompanhar o processo de preparo até a primeira garfada. O peixe é servido com tomate confitado, legumes saltados (batatas, aspargos e cogumelos) e cebola roxa caramelizada. O preço varia de acordo com o quilo do pescado.

Os rolinhos de salmão fresco marinado no limão com recheio de aspargos (R$ 36,00), do Don Camillo, são outra boa aposta para a estação. Do deck, na calçada da Avenida Atlântica, é possível apreciar o mar de Copacabana e, à noite, curtir música italiana ao vivo. As tapas, pequenas porções na medida para manter a boa forma até o verão, também são bem-vindas. No bar e restaurante Entretapas, experimente o montadito de salmón de la teo (R$ 9,50), salmão defumado em conserva de azeite extra virgem, aromatizado com endro, sobre base de tomate temperado.

¡Venga! Leblon. Rua Dias Ferreira, 113, loja B, Leblon, tel. 2512-9826.

Don Camillo. Avenida Atlântica, 3056 , Copacabana, tel. 2549-9958.

Bar e Restaurante Entretapas. Rua Conde de Irajá, 115, Humaitá, tel. 2537-0673.

16 - Ou que tal frutos do mar? No Chapéu de Couro, acontece do dia 29 de setembro até o final de outubro, de terça a sábado, o primeiro Festival de Lagosta. São sete receitas à base dessa delícia dos mares. Entre elas, a lagosta tropical (R$ 99,90), um crustáceo inteiro ao molho de maçã e abacaxi, envolto em purê gratinado e acompanhado por arroz branco. No Otto Al Mare, a estrela da primavera é o mexilhão refogado em abundante caldo de vinho branco, azeite extra virgem, alho e ervas (R$ 26,00). No Albamar, curta a vista deslumbrante da Baía de Guanabara e arredores da Praça XV enquanto petisca o combinado com camarão, lula, polvo e bolinho de bacalhau (R$ 55,00).

Chapéu de Couro. Rua Pedro de Carvalho, 228, Loja B, Méier, tel. 2269-3646. Estrada de Jacarepaguá, 6290, loja A, Anil, tel. 2435-3294.

Otto Al Mare. Rua Uruguai, 380, Tijuca, tel. 2288-1266.

Albamar. Praça Marechal Âncora, 184, Centro, tel. 2240-8378 / 8428.

17 - Conhecer os Mini Cool Globes. A coletiva gratuita de apelo ecológico traz 35 globos terrestres pintados por artistas, designers e personalidades para sensibilizar o público sobre o aquecimento global. No acervo estão objetos com pinceladas dos presidentes Barack Obama, dos EUA, e Nicholas Sarkozy, da França, de atores como Tom Hanks e Robert Redford, além dos músicos BB King e Elvis Costello. Trata-se de uma mostra itinerante que desde 2006 vem percorrendo várias capitais do planeta como uma das ações do movimento Cool Globes: Hot Ideas for a Cooler Planet, criado em 2005 durante o encontro anual Clinton Global Initiative. Jardim Botânico - Centro de Visitantes. Rua Jardim Botânico, 1008, tel. 3874-1808. Segunda a domingo, das 8h às 17h. Até 9 de outubro. Grátis.

18 - Visitar o Centro Cultural dos Correios. De 29 de setembro a 13 de novembro, estará reunido por lá o acervo de grandes colecionadores, entre eles Roberto Marinho, Geneviève e Jean Boghici. Obras de Rodin, Kandinsky, Renoir, Chagall, Bosch, Delaunay, Braque e Modigliani farão parte da mostra Paixões Privadas - A Arte Europeia nas Coleções Particulares do Rio de Janeiro. São 70 obras de diferentes períodos e artistas, com técnicas e materiais diversos, como telas, desenhos, aquarelas, esculturas e tapeçarias. A visitação é gratuita. Rua Visconde de Itaboraí, 20/2º andar, Centro, tel. 2253-1580. De terça a domingo, das 12h às 19h. De 29 de setembro a 13 de novembro.

19 - Se surpreender com a Praça Tiradentes. A região antes abandonada foi revitalizada e está cheia de atrações a qualquer hora do dia: vale desde uma visita a praça em si, que recebeu uma reforma no valor de 3 milhões de reais, com novo calçamento e 130 novos postes de luz, à badalação dos bares e casas noturnas abertos no entorno, como o Espaço Acústica. Clique aqui e conheça 10 motivos para visitar a praça.

20 - Conhecer mais sobre a diversidade cultural da Índia. A exposição Índia, que abre ao público no dia 12 de outubro, quando o Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) completa 22 anos, promete ser o maior evento do ano na casa. Em 18 salas e 380 peças, a riqueza e a diversidade da história cultural da Índia - país de 1,21 bilhões de habitantes, mais de 200 etnias, seis religiões e 20 línguas oficiais - são mostradas através de obras de arte, fotografia e recursos audiovisuais. As peças vêm do Museu de Arte Asiática de Berlim (Alemanha), do Museu Rietberg, de Zurique (Suíça), do Museu Volkenkunde, de Leiden (Holanda), e de coleções particulares. Elas estarão divididas em quatro grandes temas: homem, deuses, formação da Índia moderna e arte contemporânea. Rua Primeiro de Março, 66, Centro, tel. 3808-2020. De 12 de outubro a 29 de janeiro de 2012. Clique aqui para conhecer outros 10 bons motivos para visitar o CCBB.

21 - Garfar quitutes dos cardápios especiais de primavera. Inspirada nos perfumes da estação, a chef Carol Caldas, do Santa Satisfação, acaba de lançar pratos que ficam em cartaz até o final de outubro. Entre as sugestões, talharim maré e monti ao pesto de capim limão com mix de castanhas, tomate cereja assado e camarão grelhado (R$ 34,90), e medalhão ao molho de cebola dourada e perfumada com anis estrelado, palmito ao vinagrete, purê de baroa com alho poró e maçã verde, e farofa de castanha do Pará (R$ 40,90). Destaque, ainda, para a sobremesa criativa como a primavera pede: sopa de acerola perfumada com água de laranjeira, mousse de chocolate e macadâmia caramelizada com mel (R$ 15,90).

LEIA MAIS: 20 petiscos por menos de 20 reais.

O chef Zé Hugo Celidônio, que assina o cardápio do charmoso Clube Gourmet, no Centro, criou, por sua vez, três pratos deliciosos para a estação florida: o tartar de salmão servido em torrada de brioche, o guarnecido de maçã verde, salmão defumado, alcaparras e ovas de salmão, e a massa recheada com galinha d´angola ao molho de creme de manteiga, ameixas pretas e sálvia crocante. Todos eles incrementam o bufê da casa (R$ 88,80). Já o D'Amici fez uma seleção de pratos com harmonização de vinhos para cada dia da semana durante a primavera. Quinta-feira é dia de stinco de cordeiro (R$ 61,00) com o português Vinha Grande 2007 (R$ 162,00), da região do Douro.

Santa Satisfação. Avenida Ataulfo de Paiva, 1335, tel. 2529-2063. Rua Santa Clara, 36, tel. 2255-9349. Clube Gourmet. Rua Sete de Setembro, 63, Centro, tel. 3575-7458 / 7483.

D'Amici. Rua Antônio Vieira, 18, Leme, tel. 2541-4477 e 2543-1303.

22 - Prestigiar a música brasileira em shows nacionais. Ivete Sangalo faz show no HSBC Arena (26 de novembro), Alcione comemora 40 anos de carreira no palco do Vivo Rio (15 de outubro), Zélia Duncan lança CD e DVD no na mesma casa de show (21 de outubro), e o Rei Roberto Carlos faz quatro shows por aqui. Nos dias 8 e 9 de dezembro, no Citibank Hall, e 20 e 21 de dezembro, no Vivo Rio. Quem quiser também poderá se despedir do Exaltasamba (2 e 3 de dezembro no Citibank Hall) que encerra as atividades no próximo ano.

23 - Ir ao Festival do Rio. O grande evento de cinema começa dia 6 de outubro e tem novas produções de grande diretores, como La Piel que Habito, do espanhol Pedro Almodóvar. Outro grande diretor, Martin Scorcese tem dois documentários no festival: Public Speaking, sobre a escritora Fran Lebowitz, e George Harrison: Living in the Material World, com a história do ex-beatle.

24 - Conhecer o Centro Luiz Gonzaga de Tradições Nordestinas. Mais conhecido como Feira de São Cristóvão, o centro atrai 300 000 visitantes por mês. Turistas e cariocas vão atrás das 700 barracas de produtos típicos e os 35 restaurantes que servem as melhores iguarias regionais. Sons e cores também se misturam aos sabores e aromas neste pedacinho do Nordeste no Rio. Lojas de artesanato, de CDs, roupas e sapatos completam as atrações espalhadas nos 156 000 metros quadrados do pavilhão, onde há ruas e avenidas que levam o nome de estados nordestinos. Isso sem contar os dois grandes palcos de shows. Clique aqui para conhecer nossa seleção de melhores achados da feira e corre lá!

25 - Experimentar delícias asiáticas da estação. O prato especial de primavera do Benkei é inspirado nas flores. O sashimi em forma de flor com haddock e tilápia no azeite de alho é servido em cama de nabo com nirá, palmito e broto de feijão, regado no teriyaki e limão (R$ 39,00, válido somente para o jantar no Benkei Ipanema). No Bentô, tem temaki de manga com pepino, cani, salmão e cream cheese (R$ 7,00). Com uma vista privilegiada da Pedra da Gávea, Floresta da Tijuca e Lagoa de Marapendi, o japa contemporâneo Wasabi traz novidades no menu de frutos do mar. Entre as sugestões, ceviche wasabi, que são filés de peixe branco e salmão marinados em solução cítrica, acompanhados de tortilhas artesanais (R$ 40,00).

Benkei Sushi Ipanema. Rua Henrique Dumont, 71, lojas A e B, Ipanema, tel. 2540-4829.

Bentô. Rua Aníbal de Mendonça, 55, Ipanema, tel. 3322-3686.

Wasabi. Avenida Armando Lombardi, 350/316, Shopping Barra Point, Barra da Tijuca, tel. 2491-2920.

26 - Visitar o Arquivo Nacional durante a mostra Viagens Italianas ao Brasil. Dos navegadores do Renascimento aos viajantes dos séculos XIX e XX, os italianos estabeleceram rotas e destinos que envolveram todo o continente americano e marcaram parte da identidade brasileira, seja no direito, no pensamento político, na tradição religiosa ou na língua. No ano em que se comemoram os 150 anos da unificação italiana, o Arquivo Nacional selecionou em seu acervo documentos como originais de livros, obras raras, manuscritos, gravuras, litografias, fotografias, cartografia, filmes e gravações, além de 400 imagens que expressam a profunda relação entre as duas culturas. Praça da República, 173, Centro. A partir do dia De 19 de outubro.

27 - Conhecer a Fiocruz. O castelinho em estilo neomouro próximo à Avenida Brasil guarda um pouco da história da cidade. Inaugurado em 1918, abrigou pesquisadores como Oswaldo Cruz e hoje guarda importante acervo. Além disso, a Fundação tem 270 mil metros quadrados de área verdes, que podem ser percorridas a bordo de um trenzinho, e museus dedicados à ciência. Avenida Brasil, 4365, Manguinhos, tel. 2590-6747.

28 - Fazer um passeio de barco. As opções são muitas. Na Marina da Glória, há empresas que fazem o transporte em escunas até as ilhas Cagarras. E, por apenas R$ 10,00, é possível embarcar em um navio da Primeira Guerra Mundial e percorrer pontos históricos da Baía de Guanabara, além do aeroporto Santos Dumont e o Museu de Arte Contemporânea, em Niterói. O embarque é feito no Espaço Cultural da Marinha, na Praça XV. Quem desejar fazer algo mais inusitado pode ainda navegar nas águas tranquilas da Lagoa de Marapendi, na Barra, e conhecer uma região de manguezais preservada. Mas se você prefere as alturas, clique aqui e conheça passeios que mostram o Rio lá de cima.

29 - Tomar café da manhã com toda a calma do mundo. Apesar de ser uma das refeições mais charmosas do dia, composta por aquele mesão farto de quitutes apetitosos, o café da manhã costuma passar batido. Na pressa, só dá tempo de tomar aquele cafezinho rápido, e olhe lá. Então pise no freio, relaxe e comece o dia bem gostoso saboreando um café da manhã digno de realeza. Clique aqui para saber onde são servidos 10 bons cafés da manhã.

30 - Relembrar, no teatro, a era de ouro do rádio. Até 11 de dezembro é possível conferir a trajetória de sucessos, a partir de 1949, de duas grandes damas dos tempos áureos da radiodifusão no país: a cantora carioca Emilinha Borba (1923-2005) e a rival paulistana Marlene, de 87 anos. Com mais de cinquenta canções executadas ao vivo, o espetáculo revisita os sucessos, as dificuldades e a vida pessoal das duas artistas, interpretadas por Vanessa Gerbelli e Solange Badin. O musical tem assinatura de Julio Fischer e Thereza Falcão, e está em cartaz no Teatro Maison de France. Avenida Presidente Antônio Carlos, 58, Centro.

31 - Visitar o orquidário do Jardim Botânico. Belíssimas espécies brasileiras são maioria entre as plantas da coleção de Orchidaceae, também composta de espécies exóticas e híbridos. Nos anos 30, a grande estufa que abriga o Orquidário foi refeita em estrutura de ferro e vidro, uma cópia das estufas inglesas e, na década de 50, foi construído o Ripado, que hoje acolhe os 3000 exemplares de cerca de 600 espécies diferentes que compõem a coleção. Flores tão lindas e variadas valem a visita. Coleções Vivas do Jardim Botânico do Rio de Janeiro. Rua Jardim Botânico, 1008, Jardim Botânico, tel. 3874-1808.

32 - Comer doces na Confeitaria Colombo. São 117 anos completados em setembro. Seja na filial tradicional, na rua Gonçalves Dias, no Centro, ou na do Forte de Copacabana, são servidos deliciosos quitutes. Os mais famosos são os deliciosos éclairs (bombas), e as tarteletes, além de doces portugueses. Entre os salgados, peça o camarão empanado. Rua Gonçalves Dias, 32, Centro, tel. 2505-1500. Praça Coronel Eugênio Franco, 1, Posto 6, Copacabana, tel. 3201-4049.

33 - Comer pastel na mureta do Bar Urca. Aberto em 1972 pelo português Armando Gomes, o bar ganhou naturalmente uma expansão para o outro lado da rua. Sentar na mureta que cerca aquele trecho da baía de Guanabara é privilégio dos mais ágeis, já que nos fim de tarde mais frescos é grande o número de fregueses que se apinha por ali para apreciar delícias como o pastel de camarão, a casquinha de siri e o famoso bolinho de bacalhau. Tudo acompanhado por uma bela cerveja gelada. Rua Cândido Gaffrée, 205, Urca, tel. 2295-8744.

34 - Praticar esportes radicais no Parque da Catacumba. Celebre o fim do inverno aproveitando os dias bonitos de primavera ao ar livre! Que tal praticar esportes radicais tendo a Lagoa como cenário e adiciona a eles uma boa dose de adrenalina? O circuito de arvorismo infantil do Parque da Catacumba é um ótimo programa para os pequenos. Montado a um metro do chão, tem 65 metros de comprimento, divididos por cinco estações. Há também uma tirolesa liberada para crianças a partir de 6 anos. Avenida Epitácio Pessoa, 3000, Lagoa, tel. 4105-0079. Das 9h30 às 16h30. Preço: R$ 20,00. www.lagoaaventuras.com.br

35 - Assistir, por R$ 1,00, a um musical sobre a vida e a obra do compositor Wilson Baptista. O Samba Carioca de Wilson Baptista é a atração teatral deste mês no projeto 7 em Ponto, iniciativa da Secretaria Municipal de Cultura criada para proporcionar o acesso popular a espetáculos de qualidade, com ingressos a R$ 1,00. Acompanhados por cinco músicos, Rodrigo Alzuguir e Cláudia Ventura sobem ao palco para reviver situações como as madrugadas criativas dos velhos tempos do Café Nice, na Cinelândia. Baptista defendia a teoria de que o samba não nasceu no morro, mas nos cafés, como diz sua canção Café Nice. No repertório estão mais de sessenta músicas que entremeiam esquetes encenados. Direção geral de Sidnei Cruz e direção musical de Roberto Gnattali. Teatro Carlos Gomes. Na terça (27), 19h. R$ 1,00.

36 - Fazer um piquenique ao ar livre. Cheio de parques, bosques e amplos espaços cercados de natureza, o Rio é o lugar perfeito para esticar a toalha, abrir a cesta e compartilhar muitos quitutes gostosos com os amigos, naquele climinha campestre. Que tal? Aqui você encontra 10 lugares perfeitos para esse programinha bem primaveril - e delicioso. Clique aqui para conhecer 10 lugares onde é possível fazer um pique-nique gostoso.

37 - Visitar o casarão do Parque Lage. Em meio ao verde do parque, a bucólica construção se destaca na paisagem. O palacete foi construído por volta dos anos 20 a pedido do então proprietário da chácara, o empresário Henrique Lage. Para agradar a esposa, a cantora lírica italiana Gabriela Besanzoni, ele manda construir uma réplica perfeita de um "palazzo romano", e reformula parte do projeto paisagístico do entorno. A mansão, projetada pelo arquiteto italiano Mario Vodrel, oferece uma vista incrível da Mata Atlântica que emoldura o parque, tendo o Cristo Redentor ao fundo. Para finalizar a visita, experimente o farto e apetitoso café da manhã servido no Dri Café ao redor da piscina que ocupa o pátio interno do casarão. Nos finais de semana, apresentações musicais acompanham a refeição matinal que inclui chá, chocolate ou café com leite, suco natural, pães artesanais, frutas frescas, queijo branco, ricota com ervas, geleia caseira, manteiga, bolo caseiro, minimisto no pão manteiga e iogurte com mel e granola (R$ 25,00). Rua Jardim Botânico, 414, Jardim Botânico, ? 2226-8125.

38 - Assistir O Patinho Feio. Adaptação de Maria Clara Machado para o clássico do dinamarquês Hans Christian Andersen, a peça tem cenário e figurinos caprichados e as músicas são do maestro John Neschiling. Teatro dos Quatro, Rua Marques de São Vicente, 52, Shopping da Gávea, Gávea, tel. 2540-6004; Sábado e domingo, às 17h. R$ 50,00.

39 - Apreciar a exposição gratuita Etnografia Singela Carioca. A artista plástica Patrícia Brasil desenvolve esta série de quadros desde 2004, retratando a irreverência e a maneira única de viver do carioca. Trinta pinturas em acrílica sobre madeira, super coloridas, estão reunidas na primeira mostra individual da artista. Elas revelam festas, crenças e atividades cotidianas. Além disso, seis manequins representam figuras típicas do Rio. Centro Cultural Municipal Laurinda Santos Lobo. Rua Monte Alegre, 306, Santa Teresa, tel. 2242-9741 e 2224-3331. De terça-feira a domingo, das 9h às 20h. Até 17 de outubro de 2011. Entrada franca.

40 - Conferir a peça Loja de Brinquedos. A procura de algum presente que ainda não tenha ganhado, a rica Menina, vivida por Yara Sardenberg, vive aventuras ao lado do Urso Feliz, do Robô e outros tipos inventados pelo Criador de Brinquedos. Teatro Vannucci. Rua Marquês de São Vicente, 52, Shopping da Gávea, Gávea, tel. 2274-7246. Sábado e domingo, 18h30. R$ 50,00.

41 - Experimentar sabores frutados de cerveja. Para quem não dispensa uma cervejinha, no Delirium Café ganham destaque as produzidas pelo método champenoise, o mesmo usado para fabricar champanhe. O resultado é uma bebida parecida com o espumante, bastante carbonada, doce e com aromas cítricos e florais. Uma boa pedida é a belga Deus Brut des Flandres (R$ 249,90) ou a brasileira Lust (R$ 179,00). Rua Barão da Torre, 183, Ipanema, tel. 2502-0029.

42 - Deliciar pratos mais saudáveis na estação que simboliza a vida. No Gula Gula, passa a fazer parte do cardápio, entre outras delícias, o penne sem glúten servido ao molho de tomate e manjericão (R$ 25,00). Já a chef Teresa Corção, do restaurante O Navegador, servirá durante a primavera, às terças-feiras, o cozido orgânico (R$48,00). Vegetais da estação como abóbora, chuchu, batata baroa, alcachofra e brócolis serão trazidos pelos produtores de feiras orgânicas do município do Rio de Janeiro. A tradicional feijoada de sexta-feira (R$ 48,00) será preparada com o feijão da época, couve orgânica e laranja da terra. Outra opção ainda mais light e tão saborosa quanto é a salada verde ao vinagrete balsâmico, com flores comestíveis como nastúrcio, rosa, begônia e calêndula, do Vigilantes do Peso. Clique aqui para ver esta receita que tem apenas 108 calorias.

Gula Gula. Rua Henrique Dumont, 57, Ipanema, tel. 2259-3084. Avenida das Américas, 4666, loja 106 / P43, Barra da Tijuca, tel. 2431-9180. Avenida Alexandre Ferreira, 220, loja A, Jardim Botânico, tel. 2537-8906.

O Navegador. Avenida Rio Branco, 180, 6º andar, Clube Naval, Centro, tel. 2262-6037.

43 - Conhecer o Baukurs Cultural e apreciar duas mostras gratuitas. Na exposição Santa Marta dos Anjos, o fotógrafo Marco Terranova apresenta fotografias de moradores e da arquitetura da comunidade Santa Marta, localizada no morro Dona Marta, em Botafogo. Já a exposição Xilogravuras de Zavén Parè, do pintor, gravurista e artista plástico formado pela Universidade de Paris VIII, mostra a técnica de origem chinesa em que se utiliza a madeira como matriz para reprodução de imagens gravadas sobre papel, mecanismo como o de um carimbo. São 88 xilogravuras sobre papel tibetano de 10 cm x 10 cm, em preto e branco. Rua Goethe, 15, Botafogo, tel. 2530-4847. De segunda a sábado, das 13h às 19h. Até 22 de outubro.

44 - Tomar banho na cachoeira do Horto. Quanto mais próximo do verão, mais quente. Mas dá para se refrescar sem enfrentar praias lotadas. Ao final da Rua Pacheco Leão há trilhas simples para as cachoeiras do Horto. Quem não quiser ir de carro ainda tem a opção da linha de ônibus 409, que sai da Saes Peña e tem ponto final próximo às quedas d'água.

45 - Ir ao cinema. O que não faltam na temporada são boas estreias. Listamos as melhores para você se programar:

Amizade Colorida: comédia romântica com Emma Stone, Mila Kunis e Justin Timberlake. Estreia 30 de setembro.

A Hora do Espanto: remake do famoso longa de terror lançado nos anos 80, tem Collin Farrell como protagonista. Chega ao Brasil dia 7 de outubro.

Uma Professora Muito Maluquinha: Paola Oliveira dá vida à personagem criada por Ziraldo. No elenco estão ainda Chico Anysio e Suely Franco. Estreia em 7 de outubro.

Os Três Mosqueteiros: Athos, Porthos e Aramis voltam as telas na refilmagem do clássico, que ganhou também uma versão 3d. Integram o elenco Mila Jovovich, Orlando Bloom, e Christoph WaltzD. Estreia em 14 de outubro.

Rock Brasília: o documentário narra a explosão do rock nacional em Brasília no início da década de 80. A história mostra o surgimento do Capital Inicial, da Legião Urbana e de outras bandas que mobilizaram multidões. Estreia em 21 de outubro.

Moneyball: na trama baseada em fatos reais, Brad Pitt vive o personagem Billy Beane. Empresário de um time de beisebol, ele tenta montar uma equipe perfeita com um orçamento enxuto. Lançamento em 18 de novembro.

A saga Crepúsculo: Amanhecer - Parte 1: primeira parte do último capítulo da saga de Bella e Edward, vividos, respectivamente, por Kristen Stewart e Robert Pattinson. Traz a esperada lua-de-mel do casal, gravada em 2010, no Rio. Estreia em 18 de novembro.

Footloose: a história do rapaz que se muda para uma conservadora cidade do interior embalou muita gente quando lançada, em 1984.Agora, o remake tenta o mesmo sucesso com o novato Kenny Wormold e Dennis Quaid. Estreia em 25 de novembro.

Os Muppets: outro hit dos 80, volta ao circuito. Dessa vez, o personagem Gonzo tenta dirigir um filme com a presença dos amigos Caco e Pig, entre outros. Estreia em 2 de dezembro.

46 - Se divertir na festa Noon. A segunda edição do evento after beach acontece no dia 8 de outubro, e promete mostrar aos cariocas o que um sábado à tarde pode significar. House music com pitadas de disco, jazz e soul agitam a tarde sabática. A inspiração vem de festas que movimentam o circuito off-eletrônico mundial, como Off Sonar (Barcelona), Off WMC (Miami), e ainda day parties no MIS (São Paulo). Tudo acontece na área externa do 00, que acopla um belíssimo jardim ao ar livre a um sofisticado restaurante de cozinha contemporânea, com cardápio especialmente elaborado para a festa. Avenida Padre Leonel Franca, 240, Gávea, Planetário, tel. 2540-8041.

47 - (Re) visitar a ilha de Paquetá. Uma volta ao Rio de Janeiro do início do século XIX: assim pode ser descrita a viagem até lá, a uma distância de apenas uma hora do Centro do Rio. São 455 anos de história desde que a ilha foi refúgio de Dom João VI e abrigou o patriarca da independência, José Bonifácio. Com seu casario centenário, suas ruas de terra e pouquíssimos veículos motorizados, o bairro mais bucólico da cidade investe em atrações culturais para atrair visitantes, sem deixar de lado o clima de cidade do interior. Clique aqui para conhecer 10 motivos para dar um pulinho em Paquetá.

48 - Comprar livros, CDs e DVDs em promoção. Na Livraria Cultura, recém-inaugurada no shopping Fashion Mall, a promoção Mais Cultura Por Menos traz itens com 50% de desconto até o dia 31 de outubro. Tem CD do Chico Buarque, Carioca, por R$ 10,00; Falls, da Norah Jones, por R$ 18,90; DVD do filme O Leitor por R$ 15,90; livro Breves Encontros com o Dalai-Lama por R$ 13,75, entre outras pechinchas. Clique aqui e conheça outros 10 bons motivos para visitar a filial carioca da Livraria Cultura.

49 - Renovar o guarda-roupa gastando quase nada. VEJA Rio selecionou os 15 brechós mais badalados da cidade para você viajar no tempo, garimpar tesouros, renovar o guarda-roupa, e o melhor: gastando pouco. Clique aqui para ver a lista de lojas.

50 - Nos dias mais frescos, beber um saboroso chá. Criado na Inglaterra para aplacar a fome entre o horário do almoço e do jantar, o chá da tarde uniu a bebida oriental e toda sorte de guloseimas doces e salgadas em uma mesma mesa. Clique aqui para ver quinze endereços onde curtir as tardes bem acompanhado por um bule quentinho e quitutes deliciosos.

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Fonte: VEJA RIO