EDIÇÃO DA SEMANA

Noite

Confira as festas que são destaque na programação noturna desta semana

Por: Rafael Cavalieri

Baile da Favorita

O badalado baile funk organizado pela promoter Carol Sampaio, queridinha de inúmeros artistas que, por sinal, costumam marcar presença no evento, promete mais uma vez agitar a quadra da Acadêmicos da Rocinha. Entre as atrações, MC Andinho e Bonde do Tigrão, além do DJ Tubarão.

Acadêmicos da Rocinha. Rua Bertha Luz, 80, São Conrado, ☎ 3205-3318. Sexta (16), 22h. R$ 160,00 (mulheres, 2º lote) e R$ 180,00 (homens, 2º lote). www.ingressocerto.com.

Errejota

Um novo endereço abriga a festa que exalta o Rio até no nome: o Círculo Militar, na Urca, com vista privilegiada para o Pão de Açúcar e a Praia Vermelha. Serão montadas duas pistas dedicadas a estilos musicais variados. Na escalação dos DJs entram Marcelo Janot, encarregado da MPB, Bernardo Malta, munido de sucessos do funk carioca, e Shark, de pegada hip-hop.

Circulo Militar da Praia Vermelha. Praça General Tibúrcio, s/nº, Urca. Sexta (16), 23h. R$ 70,00 (mulheres, 3º lote) e R$ 80,00 (homens, 3º lote). www.ingressocerto.com.

Fofoca

Sucesso na noite carioca, o agito ganha mais uma edição no espaço voltado para a Enseada de Botafogo. Com dois DJs no line-up, Tito Figueiredo e Dodô Azevedo, a noite promete ser animada. Fazem parte do programa os passeios de barco, ao custo de R$ 5,00 por pessoa.

Espaço Rampa. Avenida Repórter Nestor Moreira, 42, Botafogo. Sábado (17), 23h30. R$ 100,00 (1° lote). www.ingressocerto.com.

The Red Cup Party Brasil

A mais nova edição da festa volta em clima de comemoração. Perto de completar um ano, o evento vai ser animado por uma apresentação ao vivo, da banda Sent U Feelin, além de três DJs. A bebida será servida em sistema de open bar a noite toda, nos tradicionais copos vermelhos, famosos nas universidades americanas.

Clube Santa Luzia. Avenida Almirante Silvio de Noronha, 300, Centro. Sábado (17), 23h. R$ 160,00 (mulheres, 1º lote) e R$ 280,00 (homens, 2º lote). www.ingressocerto.com.

Fonte: VEJA RIO