COMER & BEBER

Melhor chope: Jobi

- Atualizado em

Apenas quatro endereços foram lembrados pelos jurados. No fim, falou mais alto a tradição deste porto seguro no Baixo Leblon, campeão pela segunda vez consecutiva na disputa que diz respeito a uma verdadeira paixão carioca. A vitória deve ser creditada ao conjunto da obra. Em termos técnicos, a serpentina coberta por camada de gelo garante a temperatura ideal da bebida, que é servida com três dedos de colarinho, como manda o figurino. A atmosfera local também deu sua contribuição para o triunfo. Democrática, frequentada por diversos tipos e gerações, a casa dos irmãos portugueses Manuel e Narciso Rocha tem sempre uma legião de pessoas às mesas, no balcão ou na fila de espera. Com todo esse movimento, o frescor do chope é garantido. Na caldeireta, ele custa R$ 5,00 e é pedida obrigatória para acompanhar elogiadas empadinhas de palmito (R$ 3,20), camarão ou frango (R$ 3,00 cada uma). Um painel do artista Nilton Bravo, apelidado de o "Michelangelo dos botequins", abençoa o salão, por onde circulam com suas bandejas Francisco Ximenes, Cecílio Araújo Costa e seu sobrinho Juninho, os dois últimos votados na eleição do melhor garçom da cidade.

Avenida Ataulfo de Paiva, 1166, loja B, Leblon, ? 2274-0547 (40 lugares). 9h/4h (sex. e sáb. até 5h). Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 1956.

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Fonte: VEJA RIO