ROTEIRO DA SEMANA

Exposições

Percorremos as melhores exposições da semana para indicar o que você não pode perder

Por: Rafael Teixeira - Atualizado em

ESTREIAS

LENA BERGSTEIN. Nesta individual são apresentadas quinze obras inéditas da artista. Sete delas são livros de aproximadamente 50 x 50 centímetros, as páginas pintadas de tinta acrílica, com inserções de alguns textos. Os livros podem ser manuseados pelo público. Completam o acervo telas, além de cadernos de anotações de Lena.

Museu de Arte Moderna. Avenida Infante Dom Henrique, 85, Parque do Flamengo, Centro, ☎ 3883-5600. → Terça a sexta, 12h às 18h; sábado, domingo e feriados, 12h às 19h.

R$ 12,00. A bilheteria fecha meia hora antes. Pessoas com mais de 60 anos pagam R$ 6,00. Grátis para amigos do MAM, crianças com menos de 12 anos e para todos na quarta, a partir das 15h. Aos domingos vigora o ingresso-família: pagam-se R$ 12,00 por grupo de até cinco pessoas. Estac. (R$ 5,00 para visitantes do museu). Até 11 de agosto. A partir de domingo (16).

UM OUTRO OLHAR: COLEÇÃO ROBERTO MARINHO. A coletiva reúne 202 obras da coleção do jornalista Roberto Marinho. Diversas técnicas marcam presença, criadas por nomes de relevo, a exemplo de Guignard, Djanira, Iberê Camargo, Di Cavalcanti, Volpi e Tarsila do Amaral.

Paço Imperial. Praça XV de Novembro, 48, Centro, ☎ 2215-2093. Terça a domingo, 12h às 18h. Grátis.

Até 11 de agosto. A partir de sexta (14). www.pacoimperial.com.br.

ÚLTIMA SEMANA

✪✪✪ ANTONIO BANDEIRA. Grande nome do abstracionismo informal no Brasil, o pintor cearense é celebrado na individual Da Razão à Sensibilidade. No acervo estão 69 obras, entre pinturas, aquarelas e desenhos que traçam um bom panorama da evolução do seu trabalho.

Centro Cultural Correios. Rua Visconde de Itaboraí, 20, Centro, ☎ 2253-1580. → Terça a domingo, 12h às 19h. Grátis. Até domingo (16). www.correios.com.br.

✪✪✪✪ FOTOLIVROS LATINO-AMERICANOS. A ótima mostra apresenta livros de fotografia da América Latina publicados desde os anos 1920. São 66 títulos, além de fotos e vídeos produzidos a partir das próprias publicações. Vale deter-se diante das obras de dois brasileiros: Miguel Rio Branco e José Medeiros.

Instituto Moreira Salles. Rua Marquês de São Vicente, 476, Gávea, ☎ 3284-7400. → Terça a domingo, 11h às 20h. Grátis. Estac. grátis. Visitas guiadas de terça a sexta, às 17h. Até domingo (16).

✪✪✪✪ RUI CHAFES. Em Carne Misteriosa, o artista português apresenta 87 esculturas que emprestam insuspeitada leveza a estruturas de ferro.

Museu de Arte Moderna. Avenida Infante Dom Henrique, 85, Parque do Flamengo, Centro, ☎ 3883-5600. → Terça a sexta, 12h às 18h; sábado, domingo e feriados, 12h às 19h. R$ 12,00. A bilheteria fecha meia hora antes. Pessoas com mais de 60 anos pagam R$ 6,00. Grátis para amigos do MAM, crianças com menos de 12 anos e para todos na quarta, a partir das 15h. Aos domingos vigora o ingresso-família: pagam-se R$ 12,00 por grupo de até cinco pessoas. Estac. (R$ 5,00 para visitantes do museu). Até domingo (16).

EM CARTAZ

✪✪✪ O ABRIGO E O TERRENO - ARTE E SOCIEDADE NO BRASIL I. Com a cidade como tema, o acervo de cerca de 100 criações inclui nomes como Miguel Rio Branco, Adriana Varejão, Waltercio Caldas, Hélio Oiticica e Ernesto Neto.

Museu de Arte do Rio. Praça Mauá, s/nº, Zona Portuária, ☎ 2203-1235. → Terça a domingo, 10h às 18h. R$ 8,00. Grátis às terças. Meia-entrada para estudantes de escolas particulares e universitários. De quarta a domingo, grátis para alunos da rede pública, crianças de até 5 anos, pessoas com mais de 60 anos e professores da rede pública. Até 14 de julho.

✪✪✪ CANTOS CUENTOS COLOMBIANOS. Dez nomes da arte contemporânea colombiana exibem 75 criações. No acervo há a recorrência de temas como a morte (presente no caixão de peças de Lego de Fernando Arias) e a memória (no vídeo de Oscar Muñoz, registro da tentativa de fixar um retrato pintado com água no chão).

Casa Daros. Rua General Severiano, 159, Botafogo, ☎ 2275-0246. → Quarta a sábado, 12h às 20h; domingo, 12h às 18h. R$ 12,00. Grátis para crianças de até 12 anos e às quartas. Meia-entrada para idosos e estudantes com mais de 12 anos. A bilheteria fecha meia hora antes do término do horário de visitação. Até 24 de agosto.

CARMELA GROSS. Escadas é o nome da obra que batiza a exposição: uma série de escadas com centenas de lâmpadas fluorescentes acopladas aos degraus e às traves. A mesma evocação ainda está presente em Escada de Emergência, trabalho exibido em uma das salas laterais, constituído de dois desenhos de escadas feitos com lâmpadas em forma de tubo, verdes e vermelhas, sobre tripés metálicos. Outros dois trabalhos completam o acervo.

Casa França-Brasil. Rua Visconde de Itaboraí, 78, Centro, ☎ 2332-5120. Terça a domingo, 10h às 20h. Grátis. Até 28 de julho.

✪✪✪ CHARLOTTE RAMPLING - ÁLBUNS SECRETOS. A atriz francesa é fotografada e fotógrafa nesta mostra organizada pela parisiense Maison Européenne de la Photographie. No primeiro caso, ela aparece em 26 poses, clicadas por nomes importantes como Helmut Newton e Cecil Beaton. Seu interesse pelo tema surge em uma série de fotos que ela própria tirou, em momentos de intimidade, reunidas em reproduções e quatro vídeos.

Centro Cultural Banco do Brasil. Rua Primeiro de Março, 66, Centro, ☎ 3808-2020. → Terça a domingo, 9h às 21h. Grátis. Até 21 de julho.

✪✪✪ O COLECIONADOR: ARTE BRASILEIRA E INTERNACIONAL NA COLEÇÃO BOGHICI. Romeno radicado no Brasil, Jean Boghici franqueou expressivo recorte de sua coleção. Em meio às 136 obras, é possível encontrar nomes do quilate de Tarsila do Amaral, Amedeo Modigliani e Auguste Rodin.

Museu de Arte do Rio. Praça Mauá, s/nº, Zona Portuária, ☎ 2203-1235. → Terça a domingo, 10h às 18h. R$ 8,00. Grátis às terças. Meia-entrada para estudantes de escolas particulares e universitários. De quarta a domingo, grátis para alunos da rede pública, crianças de até 5 anos, pessoas com mais de 60 anos e professores da rede pública. Até 1º de setembro.

✪✪✪ ELLES: MULHERES ARTISTAS NA COLEÇÃO DO CENTRO POMPIDOU. Concebida pela instituição francesa, a mostra reúne 115 trabalhos de mais de cinquenta mulheres, produzidos entre 1907 e 2010. O acervo traz nomes como Frida Kahlo, Nan Goldin, Lygia Pape e Louise Bourgeois.

Centro Cultural Banco do Brasil.

Rua Primeiro de Março, 66, Centro, ☎ 3808-2020. → Terça a domingo, 9h às 21h. Grátis. Até 14 de julho.

EXPO(R) GODARD - VIAGENS EM UTOPIA. Nome fundamental da nouvelle vague, o cineasta ­Jean-Luc Godard é homenageado nesta mostra, que conta com projeções, totens interativos e objetos pes­soais do diretor.

Oi Futuro Flamengo. Rua Dois de Dezembro, 63, Flamengo, ☎ 3131-3060, ? Largo do Machado. → Terça a domingo, 11h às 20h. Grátis. Até 7 de julho.

FOTORIO 2013. Individuais de doze fotógrafos estão reunidas no CCJF. São eles Alexandre Hypolito, Ana Stewart, Cláudia Jaguaribe, Kitty Paranaguá, Luciana Avellar, Marcos Bonisson, Peter Lucas, Renan Cepeda, Rodrigo Braga, Rogério Reis, Susana Dobal e Thomas Valentim.

Centro Cultural Justiça Federal. Avenida Rio Branco, 241, Centro, ☎ 3261-2550, ? Cinelândia. Terça a domingo, 12h às 19h. Grátis. Até 21 de julho.

✪✪✪ MARCOS CARDOSO. Em Arquitetura de Vidro, o carioca apresenta obras minuciosamente produzidas com tiras de chinelos de borracha e palitos de fósforo. Completam o acervo quatro xilogravuras.

Museu de Arte Moderna. Avenida Infante Dom Henrique, 85, Parque do Flamengo, Centro, ☎ 3883-5600. → Terça a sexta, 12h às 18h; sábado, domingo e feriados, 12h às 19h. R$ 12,00. A bilheteria fecha meia hora antes. Pessoas com mais de 60 anos pagam R$ 6,00. Grátis para amigos do MAM, menores de 12 anos e para todos na quarta, a partir das 15h. Aos domingos vigora o ingresso-família: pagam-se R$ 12,00 por grupo de até cinco pessoas. Estac. (R$ 5,00 para visitantes do museu). Até 14 de julho.

✪✪✪✪ NEWTON REZENDE. A retrospectiva reúne 93 trabalhos de Rezende (1912-1994), boa parte do auge da produção do artista, nas décadas de 60 e 70. Dotadas de notável riqueza cromática, na maioria com intervenções de colagem, as telas dividem espaço com desenhos.

Centro Municipal de Arte Hélio Oiticica. Rua Luís de Camões, 68, Centro, ☎ 2232-4213 e 2242-1012. Segunda a sexta, 12h às 20h; sábado, domingo e feriados, 11h às 17h. Grátis. Até 28 de julho.

✪✪✪✪ RIO DE IMAGENS: UMA PAISAGEM EM CONSTRUÇÃO. A alentada seleção aborda a evolução da cidade ao longo de quatro séculos através de 400 obras. Destacam-se trabalhos de grandes nomes do modernismo, a exemplo de Tarsila do Amaral, Lasar Segall e Di Cavalcanti.

Museu de Arte do Rio. Praça Mauá, s/nº, Zona Portuária, ☎ 2203-1235. → Terça a domingo, 10h às 18h. R$ 8,00. Grátis às terças. Meia-entrada para estudantes de escolas particulares e universitários. De quarta a domingo, grátis para alunos da rede pública, crianças de até 5 anos, pessoas com mais de 60 anos e professores da rede pública. Até 28 de julho.

ROSANA RICALDE. Dezesseis trabalhos, entre os quais pintura, escultura, objeto e instalação, sendo quatro inéditos, compõem a individual Poemas Pendurados. Todos evocam a ideia de texto e de livro.

Galeria Laura Alvim. Avenida Vieira Souto, 176, Ipanema, ☎ 2332-2017. Terça a domingo, 13h às 21h. Grátis. Até 11 de agosto.

✪✪✪✪ VONTADE CONSTRUTIVA NA COLEÇÃO FADEL. A mostra reúne cerca de 250 obras ? a maioria pertence ao colecionador Sérgio Fadel. Todas foram criadas por artistas brasileiros ligados ao concretismo, como Ivan Serpa, Willys de Castro e Hércules Barsotti.

Museu de Arte do Rio. Praça Mauá, s/nº, Zona Portuária, ☎ 2203-1235. → Terça a domingo, 10h às 18h. R$ 8,00. Grátis às terças. Meia-entrada para estudantes de escolas particulares e universitários. De quarta a domingo, grátis para alunos da rede pública, crianças de até 5 anos, pessoas com mais de 60 anos e professores da rede pública. Até 7 de julho.

✪✪✪ WORLD PRESS PHOTO. Leia em Veja Rio Recomenda.

Fonte: VEJA RIO