ROTEIRO DA SEMANA

Dança

Os espetáculos avaliados pela crítica de VEJA Rio

Por: Rafael Teixeira - Atualizado em

CELLO DANCE. Parte do festival de música Rio International Cello Encounter, o evento promove o encontro entre o violoncelo e a dança. Um dos destaques, no dia de abertura, quarta (8), a Márcia Milhazes Cia de Dança apresenta o espetáculo O Bosque, com David Chew (violoncelo) e Yuka Shimizu (piano) tocando Villa-Lobos. Na mesma sessão há mais três números com outros dançarinos e músicos, totalizando uma hora e meia de apresentação. Confira a programação completa em vejario.com.br. Livre. Caixa Cultural ? Teatro Nelson Rodrigues (388 lugares). Avenida República do Chile, 230, Centro, ☎ 2262-8152. ? Carioca. → Quarta (8), 19h. Grátis.

O HOMEM VERMELHO. Em seu primeiro espetáculo-solo, o bailarino Marcelo Braga dança música de Domenico Lancellotti em espaço sobre o qual é projetado um filme de Walter Carvalho. Direção de Marcelo Braga (50min). 14 anos. Espaço Sesc ? Mezanino (52 lugares). Rua Domingos Ferreira, 160, Copacabana, ☎ 2547-0156. Quinta a sábado, 21h30; domingo, 20h. R$ 20,00. Bilheteria: a partir das 15h (qui. a dom.). Até 2 de setembro. Estreia prometida para sexta (10).

JOGO SEM OBJETOS. Um quarteto defende a coreografia da Os Dois Companhia de Dança. O conceito é curioso: os bailarinos por vezes fazem o papel de objetos de cena, manipulados por aqueles que continuam se movimentando. Direção e coreografia de Giselda Fernandes (50min). 12 anos. Espaço Sesc (60 lugares). Rua Domingos Ferreira, 160, Copacabana, ☎ 2547-0156. Sexta e sábado, 20h; domingo, 18h. R$ 20,00. Bilheteria: 15h/19h (ter. a qui.); a partir das 15h (sex. a dom.). Até 26 de agosto.

ONEGIN. Obra-prima do coreógrafo sul-africano John Cranko (1927-1973), baseada no romance Eugene Onegin, do poeta russo Alexander Pushkin, com música de Tchaikovsky arranjada e orquestrada por Kurt-Heinz Stolze, o balé ganha apresentações no Municipal. Primeira bailarina da casa desde 1981, Ana Botafogo se despede aqui dos grandes papéis de repertório. No papel da romântica Tatiana, ela divide a cena com Thiago Soares, integrante do londrino Royal Ballet e dono do papel-título, nas sessões de quinta (9) e sábado (11). Ao longo da temporada, revezam-se com eles Márcia Jaqueline e Filipe Moreira, na terça (7); Cláudia Mota e Francisco Timbó, na quarta (8) e no domingo (12); e Bettina Dalcanale e Denis Vieira, na sexta (10). A direção artística é de Hélio Bejani. O maestro italiano Pier Carlo Orizio conduz a Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal (105min). Livre. Theatro Municipal (2?237 lugares). Praça Floriano, s/n°, Centro, ☎ 2299-1711, ? Cinelândia. Terça (7) a sexta (10), 20h; sábado (11) e domingo (12), 16h. R$ 25,00 (galeria) a R$ 504,00 (frisa e camarote, com seis lugares). Bilheteria: 10h/18h (seg.); a partir das 10h (ter. a dom.).

PIRACEMA. O espetáculo da Lia Rodrigues Companhia de Danças parte de solos dos onze bailarinos, que dividem o mesmo espaço, mas não se relacionam diretamente (60min). 12 anos. Espaço Cultural Sérgio Porto (80 lugares). Rua Humaitá, 163, Humaitá, ☎ 2535-3846. Sexta e sábado, 21h; domingo, 20h. Grátis.

Fonte: VEJA RIO